O DIA EM QUE JOÃO MARIA SCARLETT DEIXOU DE SER TIETE DO GLADIADOR!

Oi, gente! Lembram-se de mim? Eu sou o João Maria Scarlett.

Para quem não me conhece, quero relembrar a origem do meu nome. Scarlett é um sobrenome que herdei da minha avó inglesa e João é um nome herdado do meu pai. Maria era só o apelido dele, mas ele gostava tanto que decidiu transformá-lo em nome para mim! Ficou lindo, não ficou? Um nome ma-ra-vi-lho-sa-men-te pomposo! Um lorde inglês!

A-DO-REI!

Como vocês já devem ter percebido, eu sou um cruzeirense fanático. Eu sou quase um xiita fundamentalista de tão cruzeirense que eu sou. Só não vou ao campo porque não suporto cheiro de suor. Aquele monte de homens pulando e berrando são um horror. Argh! Gosto de homem perfumadinho e limpinho, recém-saído de uma banheira de espuma e sais minerais. Ui, é bom parar com essa conversa que já estou ficando todo arrepiado.

Sabem por que hoje eu venho aqui? Porque estou muito triste e se não desabafar, eu vou explodir em mil pedacinhos, igual a uma chuva de serpentinas. Tudo porque nós amamos o Gladiador e ele nos magoou profundamente. Traiu-nos de forma descarada. Tem até fotos provando toda a sua safadeza lá em São Paulo com a torcida do porco. Gente, só de lembrar me dá vontade de chorar, juro!

A minha dor é infinita. O meu coração está apertado de tanta infelicidade. Fizemos de tudo por ele aqui. Tudo. Demos o melhor salário, entendemos os seus pitis dentro de campo, as suas expulsões, os seus destemperos verbais e a sua braveza.
Até aqueles sonhos malucos nós relevamos. Hoje ele sonhava que era um jogador de seleção, amanhã já sonhava que era campeão da Libertadores…

Enquanto ele sonhava feliz, nós tínhamos pesadelos de arrancar a raiz dos cabelos. Nenhum dos seus sonhos deu certo e nós é que ficamos chupando o dedo que nem bocós, servindo de chacota pra todo mundo. Que vergonha!

E a troco de quê, meu Deus? A troco de quê? Ai, eu choro tanto.

E para confirmar aquele ditado de que tragédia pouca é bobagem, ele colocou uma pedra definitiva no nosso relacionamento tão gostoso e profícuo.
Cometeu o maior dos pecados: decidiu se declarar arrependido por ter magoado uma torcida grande e fanática de Belo Horizonte ao imitar um galo! É o cúmulo da traição!

Gente, vocês não entendem a dimensão desta ofensa? Ele teve a petulância de reconhecer em cadeia nacional que a torcida do Atlético é muito grande e é fanática. E o pior: que nós o deixamos sozinho numa fria. Ora, foi ele quem fez a merda, não fomos nós. Ele que agüentasse sozinho a reação deles! Sou fanático, mas não sou burro, ora bolas!

Olha, Gladiador, você conseguiu machucar até o âmago do meu ser, viu! Estou magoado demais. Chamar a torcida do Atlético de fanática? Ah, tenha a santa paciência! Fanático sou eu que só lhe dei amor, seu safado de uma figa! Você pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão, viu? Não quero mais saber de você. Não quero, não quero e não quero. Pronto. Eu sou igual a um marimbondo. Mexeu comigo, tá ferrado! Vá pro Palmeiras, seu ingrato.

Ui, desabafei. Agora tô novo que nem um côco. Oh, tenho de deixá-los, lindos. Tá na hora de passar base nas unhas. O salão me espera. Tchau, meninas e meninos. FUI.
Anúncios

12 comentários sobre “O DIA EM QUE JOÃO MARIA SCARLETT DEIXOU DE SER TIETE DO GLADIADOR!

  1. UUUUUUUUUIIIIIIIIIIIIIII!!!!!Ficou ofendidinha, 'e??? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsCHOOOOORA MARIAAAAAAAAAA!!!!!!

  2. Vcs. estão colhendo o que plantaram. Bem feito!!Foram defender mal elemento…O Kléber jogou todo o Brasil contra o juiz no dia em que ele pisou o pé do goleiro do Inter. Maluf pagou mico ao defendê-lo publicamente na mídia nacional.Dia seguinte as câmeras da TV Alterosa mostraram o pisão. Mesmo assim, vcs – meninas azuis de belô – o defenderam.Agora aguuuueeeentamm!!

  3. Muito bom o texto! hashusahuas O interessante é que isso acontece mesmo! Há vários trechos que batem exatamente com o que é a torcida SMURF! Muito bom!

  4. Escrevi no twitter mas quero registrar aqui.Zezé falando do Kleber: "Há sessenta dias, ele jurava amor eterno ao Cruzeiro. Está muito efêmero este amor." NÃO HÁ AMOR. SÓ SIMPATIA!Ouvi dizer que o Mineirão todo vaiou o Kleber. Zezé confirma: "porque meia dúzia vaiou ele" – disse.Eita novelinha mexicana…Abraços, amigo!

  5. isso não é bigamia… é visitar a zona… usar a profissinal do séquiçu e abandoná-lasrsr

  6. Muito bom o texto RobertoEu vi, com nojo, um cruzeirense recitando isso.

  7. Só gostei, do problema do Kleber, dele ter pedido, desculpas por ter ofendido o Galo e sua torcida, mas quero que o lado de lá pegue fôgo e que nem bombeiro consiga apagar, que o anão de jardim, seja preso pela PF ( uma hora vai aparecer um delegado,delegado,que honre o seu cargo) e assim cumpre o seu dever, porque até os mais leigos sabem que o cara é philantra mesmo, onde tem fumaça tem fogo, e já é declarado, o cara é meliante mesmo. Roberto e turma, estaremos no mkineirão amanhã a partir de 15 hs para tomar uma cervejinha no capricho e trocar idéias com a turma.

  8. Renata, hehehe. Obrigado pela visita.Anônimo, boaboa. É só pra deixarem de serem bestas. Da próxima, deixe seu nome.Athos, é isso mesmo. hehehehe.Christian, e, como toda novela mexicana, este caso do Kleber também é insuportável. E o amor dele é amor de p..ta. hehehehe. Fael, ehehehe.Gabriel, elas choram, choram…Guerra, amor de p… fica. Ele não esquece o Palmeiras, logo…Gabriel, obrigado. Jota, eu também. hehehehe.Fabrício, obrigado, meu camarada.Abraços a todos.

  9. hahahahaha Roberto, você me surpreende, viu?! Pessoal aqui na sala, no meu trabaho, não estão entendendo nada, de tanta risada. "Até aqueles sonhos malucos nós relevamos. Hoje ele sonhava que era um jogador de seleção, amanhã já sonhava que era campeão da Libertadores…" hahahahhahahEssas gazelas vão se ferrar ainda mais com esse gaydiador de merda!Boa Robertão!Abraços.

Os comentários estão desativados.