SOMOS CHATOS MESMO… FAZER O QUE?


Fim de ano. Mais uma fase da história alvinegra se encerra melancolicamente, enquanto outras perspectivas surgem para nos fazer acreditar novamente.
Tudo bem que, nos últimos anos, isso se tornou rotina: No ano que vem vamos ganhar, no ano que vem, no ano que vem…Nunca o agora, o presente. Na hora da onça beber água, deixamos para amanhã o que podemos fazer hoje.

Mas não há como corrigir o passado. Temos de tocar em frente, pois assim é a vida. Ao invés de lamentações pelas chances perdidas, temos de aprender com as falhas e deixar para trás, de uma vez por todas, esse amarelão que acomete o nosso time sempre que o chumbo da responsabilidade faz mais peso sobre os ombros.

A pronta reação de nosso comandante-em-chefe Kalil na demissão de Celso Roth _ quando ninguém, em sã consciência, visualizava isso _ e, logo a seguir, a contratação de Luxemburgo, por toda ambição que representa, nos deu um fôlego novo para encarar um Natal que seria triste demais, se fosse sem esperanças.

Mas não. Para a imensa nação atleticana, este será um bom Natal, por mais inacreditável que possa parecer aos olhos de quem não tem o Galo no coração.

Pois nós renascemos das cinzas todos os dias.

Nós sobrevivemos como os tuaregues (nômades do deserto), que abdicam do conforto dos oásis e zombam das terríveis tempestades de areia.

Nós não sucumbimos a nada, nem a ventos, nem a tormentas. Não há força neste mundo capaz de vergar a nossa paixão sequer um milímetro.

Se um jejum de títulos tão grande acontecesse do lado assoreado da lagoa, hoje eles teriam uma torcida menor que a do América ou do Villa Nova. Pois apenas a simpatia por determinado time não é capaz de garantir fidelidade alguma.

O que garante fidelidade é paixão, amor e compromisso. É sangue preto e branco estufando veias, artérias e tudo o mais que encontra pela frente.

E que ninguém ouse dizer que somos fanáticos. É redundância e agressão ao português. Nós somos atleticanos e só isso já diz tudo. Fanatismo é igual a atleticanismo. As duas palavras juntas soam como “um vermelho avermelhado” ou “eu vou entrar para dentro”. Machado de Assis daria um piti no túmulo.

Nós não desistimos jamais. Se esse ano passou sem títulos e sem vaga na Libertadores, no ano que vem estaremos, DE NOVO, perseguindo aguerridamente a glória. Se somos imperecíveis hoje, amanhã o seremos muito mais.

POIS NÓS SOMOS A MAIOR NAÇÃO DE CHATOS DO MUNDO. Até o nosso presidente é um chato jurado e sacramentado.

E temos muito orgulho dele, dentre outras virtudes, por ser um chato de galocha. Independente de como se expressa, às vezes, de forma meio exagerada. Mas já falou, fazer o quê? Quem nunca errou, que atire a primeira pedra.

Enfim, em 2010, estaremos todos juntos na mesma balada, enlevados pelo mesmo tsunami… persistentemente atleticanos.

Se já lotamos o Mineirão muitas vezes para torcermos por times horrorosos só porque vestiam o manto sagrado, imaginem no ano que vem, quando certamente teremos um time forte e equilibrado em todas as suas linhas.

Aos que ficam pasmos com tanta paixão por um clube de futebol, eu digo: Não se surpreendam. FORMAMOS A NAÇÃO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO.

(Obs: Na primeira foto, uma confraternização de alvinegros, o Guerra com seu netinho atleticano, eu, Ana Cristina, Elen CAMpos, Vanessa Linda e o Junior. Na segunda foto, outra reunião de atleticanos: Anderson, Christian Munaier, Vanessa Linda e eu. Uma turma de chatos!!).

Anúncios

13 comentários sobre “SOMOS CHATOS MESMO… FAZER O QUE?

  1. Eu não acho que atleticano é chato não! Nós fasemos a diferença enquanto torcida!

  2. Cara Rita, o termo "chato" a que me refiro é no bom sentido. Aquele chato persistente, insistente, que nunca desiste. Abraços, amiga.

  3. já disse aki, e repito, somos chatos mesmo. Alegro-me em ser atleticano,e ter tal conotação. Nunca desistimos, nunca paramos, nunca desanimamos….mesmo quando tudo vem por agua abaixo nos alegramos apenas por termos melhores perspectivas, somos assim…Q no proximo ano nossa Tsunami alvinegra, possa ainda mais chatear os adversarios, com os gritos de Gol e enfim de é campeão… 2010 aguarde, os chatos estão chegando… Galo…

  4. Roberto,obrigado mais uma vez ,não somos chatos, somos ATLETICANOS,vencemos mais uma etapa de lutas e dificuldades,sem perdermos a Fé,semesgotarmos a confiança na proteção Divina e em nosso Presidente,vamos aproveitar positivamente e utilizar das circunstancias adversas para alcançarmos os tão sonhados TÍTULOS .Galo sempre.imo/BSB

  5. Mauro Cezar da ESPN disse que a torcida do ATLÉTICO é "legal" mas daí a se a achar a maior e mais fanática torcida do país não era pra tanto. Oras, SOMOS a MAIOR TORCIDA DO PAÍS em paixão, comprometimento, amor. NADA nem ninguém esmorece o ânimo atleticano em torcer por este clube centenário que chegou a durar tanto apesar de crises e más gestões graças aos seus torcedores "chatos". Não há como um não-atleticano entender uma coisa destas.

  6. Nelson – BrasiliaHá alguns anos, li um livro chamado Tuareg. Não me lembro o nome do autor, nem sei se existem outros romances homônimos. Em todo caso, esse que tive o prazer de ler é sensacional. Conta a história de um homem, um tuareg, que passa o diabo (fisicamente e psicologicamente) defendendo a ideologia e os costumes de sua raça. E tudo isso por um motivo banal do ponto de vista ocidental, ou seja, de uma concepção materialista e individualista tão presente nesta sociedade torpe em que vivemos.E o que isso tem a ver com o nosso assunto, vocês podem estar se perguntando. E eu respondo: de fato, não somos um povo nômade, pois pertencemos a uma nação muito bem estruturada, vinculada a esta cidade extraordinária chamada de Belo Horizonte; mas a obstinação do atleticano se compara à tenacidade de um tuareg. A nossa capacidade de resistir à carestia de títulos é a mesma desse indivíduo do deserto em não sucumbir à sede e ao calor nas areias escaldantes. A nossa fé e fidelidade à Instituição CAM é equivalente à crença e a exação de um tuareg à sua religião.Eu recomendo aos colegas que aqui freqüentam que leiam o citado livro (vou pesquisar o autor), para que entendam a essência do que o nosso craque dos textos Roberto quis dizer com a sua inspiração.“Nós não sucumbimos a nada, nem a ventos, nem a tormentas. Não há força neste mundo capaz de vergar a nossa paixão sequer um milímetro… Nós somos atleticanos e isso diz tudo.”Parabéns, Robertão! Simplesmente, sensacional!Nelson Leite Jr – Brasilia

  7. Nelson – BrasiliaUma rápida consulta ao Google e as referências são todas ao livro que me referi:Tuareg – de Alberto Vazquez-FigueroaÉ d+! Leiam.Nelson Leite Jr – Brasília

  8. Ê Roberto o que uns chopinho, não faz né, o olho do veio tá té caindo hahahaha mas a turba é bonita demais né, e estamos nos multiplicando dia a dia, quer coisa melhor.Realmente somos chatos enjoados e persistente demais, e quem persiste uma hora consegue aquilo que quer, e nossa torcida vai conseguir, e não demora muito, teremos o prazer de jogar prá fora este grito, que está sendo cultivado dentro de nós, uma hora nasce, tenho certeza.

  9. Grande Roberto. Grande definição. Somos tuaregues. Guerreiros de tradição secular, que sobrevivem às mais inóspitas condições. Crescem, e se multiplicam. Não importa a sede, a aridez de títulos. Somos tuaregues, somos GALO!

  10. Ai Nelson Leite.Vou ler esse livro pq deve ser muito interessante.E mais um belo texto do Roberto e somos atleticanos e não desistimos NUNCA.

  11. Eu voltei e agora e pra ficar pois não há lugar melhor do que lar…….E vamos ao que interessa o Mercado da Bola1. MERCADO DA BOLACaros amigos terreiristas em especial Gotardo,Guerra,CM,Roberto c. FilhoMarlos 21 anos contrato expira em 12/2009 (O São Paulo de graça não deixa mais vai que por algum eles deixam)Kleber Pereira contrato expira em 12/2009Gilberto Silva não sei a data de sua rescisão (esta em fase final de carreira e ira se despedir do futebol em 1 ou no Maximo dois anos)Este e nosso e sempre foi,joga na Grécia seu time não esta na liga dos Campeões e homem de confiança do Dunga,é a cara do galo e com chance de ganhar algo aqui acho que viria.Leandro eu pessoalmente queria que você fosse pro Alasca jogar com seu amigo Foca, mais já que você vem (ã não ser que Deus nos de um problema físico no dia do exame) eu estarei de olho em você e olha que moro a 200km da capital,quando eu for ao estádio te olharei firmemente e se tirar o pé em uma eu mesmo te mato.Caro Coelho ou entra em forma ou vaza.Nicácio se fizer gol joga, pois até o Motta foi artilheiro com o Luxa então tudo é possível.Marcio Araujo descobri que você é da Tombense e não do Galo então vá para o América.Rafael Ciranda tratamos de você desde que aprendeu primeiro a dar entrevista e esqueceu que tinha de aprender a jogar bola,você não sai de Graça vai ser emprestado ao Meleca e vendido pro Uzerbaijão no fim do ano nem que seja como palestrante.Feltri você provou que nunca vai aprender a cruzar então vê se não cruza o Caminho do Galo nunca mais também tem que renovar e ser emprestado até ser vendido para recuperarmos algo.Hugo eu se fosse o Kalil também renovava e emprestava a Meleca.Entre os Renan’s e outros voltando de empréstimo todos tem que renovar e serem emprestados pra ver se vende algo pra repormos o que com estes gastamos.Renteria tchau e até a próxima vez.Oldoni nem tchau você merece vaza.Renam seu Índio sem garra,vai se f….Mercado da Bola aquecido vamos vender alguém e emprestar quem não vender, pra fazer caixa e vamos deixar o Sr. Apaixonada e o Sr. Arrogância trabalhar em paz pois se nos deram titulo pode treinar até escolta pela policia federal Sr. Arrogância.No mais estou de olho no mercado da Bola e que ela esteja redonda quando o Galo chegar!

  12. Lacerdino, meu caro amigo, cê tá certo, mas esqueceu do alessandro que só sabe cair, os tchôs da vida que não pode ficar mais no Galo sua validade já venceu, e vamos a caça de alguns que pelo menos sejam melhores destes que estão indo né, e dou um salve para o Nicácio, acho que ele se deixarem jogar umas 3 seguidas ao lado do Tardelli não sai mais e vão fazem uma bôa dupla, confio neste neguinho ele é arisco, chuta de qualquer jeito, dá d bico, de canela, não tem mêdo de cabecear e enfrenta os zagueiros, veja os videos dele na segundona, se jogar 50% do que jogou vai dar certo no Galo. ROBERTO QUE ACHA DESTE ANDREZINHO pelo menos cobrar faltas ele é bom.

Os comentários estão desativados.