DAQUI A POUCO, NO SERRA DOURADA, O ATLÉTICO ENFRENTA O GOIÁS.

Nesta quarta-feira, no Serra Dourada, haverá um enfrentamento estranho.

De um lado, o Galo com o pior aproveitamento como visitante e a defesa mais vazada do campeonato.

Do outro, o Goiás, com menos vitórias em casa e dono do pior ataque.

Infelizmente, chegamos a este ponto e não é nada agradável falar dele. Mas é o que temos sob os nossos olhos, paciência!

O time, ao que tudo indica, será modificado. Se para melhor, só saberemos  depois.

Ricardinho, Tardelli e Diego Souza, provavelmente os salários mais altos do Atlético, foram rebaixados à condição de reservas no treino desta terça-feira.

Se é só um “mise in scène” planejado para abafar as críticas pesadas que Luxemburgo vem recebendo, só o tempo dirá. Embora já não acreditando piamente no nosso treinador, acho mais justo conceder-lhe o benefício da dúvida, como em toda democracia.

Sendo assim, o Galo entrará em campo, no 4-4-2, com: Fábio Costa, Rafael Cruz, Rever, Werley e Eron; Jataí, Serginho, Fabiano (Ricardinho) e Jackson (Diego Souza); Berola e Obina.

Curiosamente, Obina segue para o jogo em Goiânia, apesar da declaração de Luxemburgo, em alto e bom som, de que ele estaria afastado para recondicionamento físico juntamente com Mendez.

Tardelli treinou entre os reservas e depois se queixou de dores na coxa. Fez exames e se constatou uma pequena distensão muscular. Por conta disso, o dr. Rodrigo Lasmar vetou a sua ida à Goiânia.

Simples assim. Não vou emitir juizo de valor em relação à contusão de Tardelli, justamente no momento em que perdia a posição. Devo entender que foi apenas uma coincidência e ponto final.

De todo modo, contra o Goiás, ao invés de termos uma equipe cheia de astros etéreos, TALVEZ contemos com um pé de obra menos qualificado, porém, mais operário e pegador.

Não me importa nem um pouco. Prefiro uma vitória de meio a zero com um time que corre e luta do que uma derrota com estrelas de brilho ilusório.

Nem vou comentar aqui a minha opinião sobre como o Galo deve se portar contra o time do centro-oeste.

Seria uma irritante redundância depois de afinar a pele do dedo de tanto comprimir a tecla da pegada fraca no meio e do desentrosamento flagrante de nossa equipe, como fiz em quase todas as crônicas do L&N.

Além disso, a repetição acaba enchendo o saco de todos, inclusive o meu.

Só nos resta esperar uma agradável surpresa em Goiânia e que o Atlético saia de lá com a primeira vitória fora de seus domínios.

E que todas as rezas alvinegras aumentem a capacidade da equipe de se permitir vencer!

Sendo assim, vamos pra cima deles, meu Galo querido!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

11 comentários sobre “DAQUI A POUCO, NO SERRA DOURADA, O ATLÉTICO ENFRENTA O GOIÁS.

  1. Como lhe disse no twitter, pensou com o lado negro da mente.

    Esperança, mas com desconfiança e serenidade.Excelente.

    Nesta escalação, me desagrada o Werley na zaga, não endendi a situação do Lima ainda, disseram que não foi nada o problema que o tirou do jogo contra o Flamengo, mas pelo visto.

    O jeito é APOIAR.

    Sobre o Obina também não concordo, se o Tardelli esta com “contusão”, o Obina esta fora de forma e sem preparo, pode até atuar, mas no final do jogo, seria a deixa para o Bueno ou mesmo o Nikão ou o Jheimy.

    O Diego Souza precisa realmente se condicionar, é craque, e dele temos as melhores expectativas.

    O Ricardinho eu discordo, Do Luxa. Com liberdade é o maestro do time, infelizmente esta numa nova função atualmente, velocista. Pasme!!

    E mesmo assim tendo boas atuações.

    Vamos aguardar, força Galo!

  2. Noite Roberto e amigos .
    … ehhhhhh !!!!, tem jeito não …paixão pouca é bobagem rsrs…fica parecendo ¨muié di malandru¨,apanha de ¨relho de boi¨, fica toda esfolada ,mas não aprende a lição,¨ num¨ tem como …eiiiiitcha !!!! é só falar que o GALO vai jogar,pronto…passa a raiva, a expectativa em torno do jogo aumenta e as esperanças são renovadas. Paixão, isso pega que nem sarna,e não larga mais,ooooôh praga sô…tomara que amanhã,vejamos um GALO renovado em campo [meio difícil,pois ñ se sabe ao certo, o que se passa na ¨cachola¨do luxemba ],que pelo ao menos,vejamos raça,vontade,sangue ¨nu zói¨ dos jogadores que entrarão em campo,coisa tão peculiar nos times do GALO ,que hoje em dia está esquecido em um canto qqer,por estes que por hora [fingem que] envergam a camisa alvinegra, que nem o vento consegue abalar…amanhã além do goiás,o luxemba terá diante dele,três desafetos: jonilson,casalberto e júnior penta os quais foram dispensados recentemente do GALO por ele,vai ser um encontro legal,e tomara que eles não queiram mostrar no jogo,que tinham lugar garantido neste time aê ,senão vai ser f**** ,provavelmente irão correr bem mais,né não rsrs…?
    …espero sinceramente,ver uma boa partida,pelo ao menos isto ,porque minha opinião no que tange ao luxemba ,continua a mesma,não mudou nadinha… e qto á suposta contusão do tardelli ,me engana que gosto,insatisfaçao com o banco trocou de nome agora,ahhhhh…!pára com isso,meu…!
    Abs. Roberto e amigos . BOA SORTE PARA O NOSSO GALÃO,ele e nós… estamos precisando ,é isto !

  3. Desta vez vou assistir ao jogo com má vontade, sem esperança e com ódio no coração.

    Resumindo, não tenho ABSOLUTAMENTE NADA A PERDER.

    Se eu não ver jogador correndo vou mudar de canal em 15mins.

    Ninguém merece essa tortura.

  4. Bom dia, Roberto e Galera!
    Quando tomei conhecimento da “lesão”, transcrevi a notícia e postei um comentário duvidando da lesão. E continuo com a mesma sensação. É sim uma forma de “vendar” a situação concreta de “banco”, com uma contusão.
    O Taradeli precisa repensar suas atitudes e lembrar, sim, que o único clube que propiciou a oportunidde de ser ídolo, ser convocado para a seleção brasileira, foi o Atlético. E, até por gratidão, tem que se doar.
    Quanto ao jogo, também já comentei, o Fabiano é “fria”. Eu escalaria Ricardinho em seu lugar. Não temos que “segurar” o jogo. Deixa o Diego Sousa no banco para “analisar o panorama do jogo”. Acho que é o que está faltando para ele voltar à sua forma técnica.
    O Jheyme (é assim que escreve), entraria no lugar do Obina, que também não entendi sobre a sua condição física…
    E, dá-lhe, Galo!

  5. Bom dia Roberto. Perfeito seu post de hoje. Vamos esperar para ver no que dá essa partida. Com ou sem estrelas, espero que seja de vitória. Talvez essa “molecada” dê jeito na situação. Na pior defesa contra o pior ataque, temos grandes chances de sairmos vencedores. Abçs…

  6. também não sei o que esperar do Galo hoje, mas não espero grandes coisas não…

  7. Eh amigo, a coisa estah dificil! Quando imaginariamos que em dia de jogo do Galo grande maioria da Massa estaria assim, sem entusiasmo. Excelente analise! O negocio e seguir em frente e tentar empurrar este nosso Galo tao amado! Bica eles Galo!

  8. Aleluiaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    Depois de uma eternidade ga nhamos a primeira fora de casa.

  9. Extremamente sensato os comentários seus no post, jogamos mal, mas vencemos.
    Neto Berola pra mim tem que aprender a passar a bola, com isso ele sim, vira espetacular.
    Gostaria do Rafael Cruz fora da equipe, já entregou contra o Palmeiras e quase entregou contra o Goiás, Diego Macedo também não é grande coisa, mas…
    Agora é cabeça no São Paulo, que com toda certeza será um jogo muito mais difícil, apesar da crise deles, mas tenho muita fé, tenho tanta fé, que irei ao jogo em Ipatinga.
    Abraços
    @henriquemendesc

  10. Usain Bolt, disse que vai iniciar no futebol, quem sabe o Kalil com sua visão, poderia contratá-lo, assim daria a parte da torcida que pede velocidade a alegria de ver um velocista maior do mundo no time.

    Acho que em toda obra existe o pedreiro e o auxiliar aquele que carrega as latas de massa nas costa para o pedreiro apenas colocar a massa e colocar o tijolo, e depois vem aquele que gosta de fazer o acabamento.
    Se o pedreiro for carregar a massa e o tijolo ele não vai aguentar a assentar os tijolos, como o do acabamento se tiver que buscar os azulejos quando for colocá-los no lugar tá cansado tremendo que não vai saber fazer no prumo certo é a mesma coisa do futebol.

    Tem o meio campo que carrega a massa e o tijolo e aquele que coloca os tijolos e deixa bonitinho para os colocadores de azulejos, o Ricardinho é aquele que comanda a construção se ele olocar o tijolo torto o colocador de azulejo que são os atacantes não conseguem fazer o seu serviço, e até no trabalho bruto não pode haver correria e nem velocidade, tem que ter calma e prescisão o PRUMO a cabeça pensante, vamos amigos dar um tempo para o Ricardinho, ele sabe, ele é um profissional de meio campo de armador, ele arma as jogadas, parem de pedir para ele marcar e correr, ele não é defensor ele é ARMADOR

    http://www.twitter.com/jonesguerra não podem dar este twitter para o Tardelli ele tá de MAL com o guerra que falou verdade com ele e ele MAGUOU hahaha MAGUOU hahaha coitado não gosta da verdade nua e crua, a verdade que doe, a verdade que fere lá no coração, sem xingamentos mas aquela verdade que o cara dorme com ela pensando nos seus erros para nunca mais fazê-los.

    Num machuca não Guerra, o cara é Idolo assim pode fazer o que quer até mesmo maltratar esta massa

Os comentários estão desativados.