GOIÁS 1 X 3 ATLÉTICO. UFA! ATÉ QUE ENFIM UMA VITÓRIA.

Um primeiro tempo de dar calo no olho! Mas Ricardinho foi lá e arredondou a bola na segunda fase!

Confesso que eu temi o pior na primeira etapa. Bolas matadas na canela, gol do Goiás aos 4 minutos, o tradicional espaço no meio de campo, a bola não chegando ao ataque porque não havia meia de ligação…

A coisa permaneceu horrorosa até Obina sofrer o penalti. Foi como se um oásis com água fresca e tâmaras de polpas doces surgisse de repente no calor de Goiânia.

A alegria dos jogadores foi tanta que era palpável há mais de 950 quilômetros de distância. Por conta disso, ao final do primeiro tempo, o time que mais incomodou (e quase meteu o segundo) foi o Galo.

O que é a cabeça do ser humano, não é? Uma pitada de confiança em seu próprio taco faz uma diferença atroz! Ou seja, músculo e habilidade não representam nada sem o preparo psicológico que disciplina o cérebro.

O fator “confiança” em futebol ou em qualquer esporte é mais importante do que o talento! Acreditem, eu digo isso com conhecimento de causa. Já estive nas quatro linhas por muitos anos.

Um perna de pau confiante em si mesmo rende muito mais do que um craque instável com auto-estima baixa.

Quando Ricardinho entrou em campo substituindo Jackson _ que não jogou ou não pôde jogar _ a impressão que eu tive é que a bola ficou mais redonda, mais macia, mais esférica.

Muitos acusam Ricardinho de lentidão. Porém, se não fosse a cadência imposta por ele hoje, nós estaríamos amargando mais uma derrota.

E lento ou rápido, nenhum jogador pode ser ignorado se a sua ausência ou presença faz tanta diferença.

O fato é que, apesar de o Galo não fazer uma boa partida durante os 90 minutos (pelo menos, não a ponto de nos deixar mais otimistas), fizemos o mais importante: vencer o jogo e chegar aos 17 pontos, o que parecia inatingível, por mais triste que possa parecer.

Claro que o segundo tempo foi muito melhor. Mas não posso, em sã consciência, dizer que foi ótimo. Longe disso!

O segundo gol foi achado no milimétrico lançamento de 40 metros de Ricardinho, que não satisfeito, ainda lançou Obina para o penalti do terceiro gol.

O penta campeão do mundo coleciona 9 assistências e 4 gols dos 21  feitos pelo Galo, ou seja, 62% dos gols saíram de seus pés, segundo informações do  Leo Gomide, jornalista mineiro sediado em São Paulo e importante colunista deste L&N.

Hoje, como sempre, Rever se destacou (e bote destaque nisso) na defesa. Aliás, foi o capitão. E a braçadeira lhe caiu muito bem, diga-se de passagem. Tomara que continue envergando-a, mesmo com o retorno de Tardelli.

Serginho bateu todos os recordes de passes errados que eu já vi no Galo. Seria até interessante conferir estatisticamente, pois foi um verdadeiro absurdo.

E tome contra-ataque. Já passou da hora do Luxemburgo avaliar seriamente.

Fabiano também não marcou e não armou. Não fez uma jogada sequer que pudesse dizer, ao final do jogo, que contribuiu para a equipe.

Berola, na minha opinião, foi um dos melhores em campo, apesar de ter sumido do jogo nos 30 minutos iniciais. Mas se aparecer, a partir daí, com as jogadas espetaculares que fez, estará mais do que perdoado. E sempre será ovacionado.

O garoto é simplesmente imarcável quando enfrenta o zagueiro com a bola bem dominada. Parece um quiabo babento!

Enfim, não gostei do jogo, mas aplaudo de pé a vitória. Quem dera que jogássemos mal e vencessemos todas as partidas.

Seria sensacional!

Vamos pra cima deles, meu Galo querido!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

31 comentários sobre “GOIÁS 1 X 3 ATLÉTICO. UFA! ATÉ QUE ENFIM UMA VITÓRIA.

  1. Valeu Robertão! Tomara que a auto-estima esteja voltando aos nossos melhores jogadores e torcedores. Boa noite.

  2. É meu caro Roberto, foi muito gostoso ver o Galo vencer! Jogando bem ou mal, o que mais importa nesse momento são os três pontos e o alivio da Massa. Ao menos teremos uma noite de sono tranqüilo.
    Obina voltou com tudo. Fez algumas jogadas bacanas e cobra penalti com perfeição. Berola, como você disse, imarcável, parece um bagre ensaboado, rs. Ricardinho tem que ser titular mesmo, pois sua experiência, facilita o jogo dos mais jovens. E seus passes são extraordinários. Eu disse no intervalo do jogo que, se o Luxa desse uma caixa de cerveja, 5kg de picanha, amarrasse as pernas do Diego Souza e colocasse no lugar do Serginho, ia fazer muita diferença. Não foi bem no lugar do Serginho, mas foi de grande valia em campo.
    Agora que venha o São Paulo. Talvez volte o Tardelli, mas o DS está fora. Acho até bom, já que não anda dando certo os dois em campo.

    E você disse uma coisa certa, “um perna de pau confiante em si mesmo rende muito mais do que um craque instável com auto-estima baixa!. Dadá sempre falou: eu era um perna de pau, não sabia jogar bola, mas acreditava que eu era capaz, me posicionava bem e fazia gols. Baixa auto-estima não lhe era problema.
    Abçs

  3. O GALO GANHOU, COMPADRE! Gostei de ver elogios irradiantes em todos os trechos do seu texto, mesmo que ao final dos mesmos você tentava “demonstrar” pés no chão. rsrs… Atleticano é isso mesmo, fica incontrolavelmente feliz com uma simples vitória, especialmente sendo isso algo tão raro nesse momento. Ricardinho realmente mudou toda a história do jogo e não merecia elogio só hoje não, tenho falado que o “Penta” tem feito a diferença no time, e até o momento é o melhor jogador do GALO na temporada, sem sombra de dúvidas. E o Diego Souza também merece elogios, pois no segundo gol (o mais importante dos três) ele teve méritos, em se posicionar, dominar e finalizar muito bem. Ou seja, ambos “entraram” muito bem no time “durante” a partida. Isso mesmo eles não foram titulares hoje! Por que dois jogadores importantíssimos entraram tão bem no segundo tempo e quando iniciaram os últimos jogos não estiveram tão bem assim? Não sei, o fato é o que o maior responsável pelos ótimos desempenhos de ambos HOJE chama-se Vanderlei Luxemburgo. Mas eu sei que ninguém irá reconhecer isso, e sei também que muitos “pensam” que eu sou fã incondicional desse treinador. Mas eu não tenho o Luxa como ídolo não, apenas o considero o MELHOR do Brasil e apoio esse cara porque quero SEMPRE o MELHOR para o meu GALO. Não quero criticar Diego Macedo, Jackson, Eron e Serginho só porque eles não foram bem hoje. Não quero mesmo, o GALO ainda precisa deles! Mas quero desistir de criticar Werley e Fabiano, não vai adiantar nada, né?! Quanto ao Réver assino embaixo no que você disse, ele é um montro. Jataí pra mim foi um dos melhores em campo. Berola e Obina não me decepcionaram, eu já sabia que iriam dar conta do recado. Fábio Costa não foi exigido, graças à DEUS! Pra finalizar… o melhor em campo hoje foi Vanderlei Luxemburgo. Compadre, eu li sua análise pós Palmeiras, mas estava triste demais para comentar mais uma derrota. Espero que na próxima análise eu possa comentar! rsrs Abração! GAAAAAALOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

  4. Comcordo com vc Roberto, o q vale é a vitória e o impacto psicológico q ela vai ter no time p/ o próx jogo.

    Mas achei o jogo medonho, ainda bem q foi contra o Goiás, q já comprou passagem p/ segundona. Na minha opinião a única coisa q o Galo fez foi tirar onda qdo tinha a vantagem e isso não tem q ser comemorado. Os passes errados do Serginho já seriam sufuciente p/ dar a vitória ao adversário se ele tivesse mais qualidade, o negócio tá feio p/ o Luxa.

    Réver tá implacável, com certeza será o próx ídolo da massa, Ricardinho foi bem e tb gostei o Eron(Não entendi pq vc não citou ele). Berola tá fazendo o q o Tardelli devia fazer, só falta ele ser letal na área.

    Fabiano tem q ser dispensado no final do ano.

  5. Como disse o Fábio Costa e sou obrigado a assinar embaixo, o que importa são os 3 pontos.
    Jogamos bem contra as marias e perdemos, para mim o GALO não foi tão mal assim, mereceu a vitória pois vez muito mais que o goiás.

  6. Bom dia, Roberto e Galera!
    O que eu disse ontem??? Acabou o mês de agosto. Acabou o período de “desgosto”!!! E um jogo contra um dos piores times do campeonato veio a calhar para alavancar essa “teoria” do azar.
    Pois é, o time não jogou para justificar o placar. Mas ganhou. Isso é o que importa. Os erros continuam. O Serginho foi horrível. O Jackson não foi nem sombra dos 5 minutos que jogou contra o Bota. O Rafael Cruz, cruz credo.O Diego Souza continua devendo muito: viram o lance em que ele caiu e abandonou a jogada? O cara já entra cansado… Mesmo com o gol da virada, foi péssimo.
    Os demais, foram razoáveis, até o Fabiano.
    Mas, muita coisa tem que ser feita. Não vamos a lugar algum se o time jogar contra as bambis de Sampa somente o que jogou ontem. Tem que ter mais técnica.
    Mas, a esperança é que agosto acabou.
    E, dá-lhe, Galo!

  7. …dia Roberto e amigos.
    … um time que precisa de resultados,não pode se dar ao luxo de chutar contra o goal adversário,somente aos 37 min da etapa primeira …é muito pouco para quem almeja algo a mais dentro da competição,ou seja, somar pontos e sair desta situação incômoda na qual nos encontramos agora…Roberto concordo com sua visão do jogo,foi a mesma que eu tive,perfeita a sua leitura…valeram os três pts e a vitória[ganhar é sempre bom],mas ficou claro que, este time do luxemba, não apresenta novidade nenhuma entre u’a partida e outra,é sempre a mesma coisa,não se vê u’a jogada ensaiada,troca de passes rápidos,ultrapassagens,neca-de-pitibiribas é só chutão[até o werley,tá se aventurando a fazer lançamentos,vê se pode um trem desses?],o luxemba arrebentou com a espinha dorsal do GALO 2009,até nisso o cara errou,poderia até ter desmontado o antigo plantel,mas aos poucos ,em etapas,correria-se menos riscos do que como ele fez…não sou pessimista,muito pelo contrário,acredito naquilo que vejo e sinto[tipo s.tomé,saca?].este time do GAlO não cai[toc toc toc],isto é certo,mas no máximo que vamos chegar é novamente á sudamericana,e lambendo ¨os beiços ¨, acho eu…outra coisa que fica cada dia mais claro,ricardinhodependência,podem achar que o cara é lento,enceradeira,semi-novo e os cambau,mas,u’a coisa é certa,ele é o cara mais lúcido entre os lúcidos,no meio campo do GALO,sua entrada ontem arrumou a meia cancha Alvinegra,e seu lançamento para o DS,…milimétrico,preciso e certeiro,acho muito pouco essa lucidez que temos no elenco,teríamos que ter mais gente com toques refinados[aliás temos,só que estão se escondendo,e isto não se sabe o porque],isto para mim,é resultado de time mau treinado,e isto é responsabilidade do luxemba,ele fez a C****A, que conserte agora…espero estar errado [torço para isto,de boa !] e o GALO conquiste,…sei lá u’a LA 11, mas vejo com muita desconfiança NOSSO TIME atualmente,espero sinceramente por dias melhores para o NOSSO GALÃO,é isto…
    Abs. Roberto e amigos, valeu GALÃO á vitória ,três pontos na sacolinha,e preparemo-nos para o prx embate,que venha o s. paulo,mas temos de jogar muito mais bola, do que ontem,ahhh se temos !
    BORAAAAAAAAA GALOOOOOOOOOOOOÔ >>> FORÇA SEMPREEEEEEEEEEEEEEE….<<<

  8. Prezados,

    Não estou confiante como vocês, acho que o time do Goiás é muito limitado, ainda não ganhamos de nenhum time decente. O Obina continua o cai cai, só que dessa vez deu certo, o segundo pénalti era para ele ter guardado, em vez disso, ele cortou errado e caiu nas mãos do goleiro.

    Algúem sabe o que aconteceu com o Neto Berola?

    Para mim, o Neto Berola é a evolução do Muriqui que é a evolução do Eder luis, estilo DIGIMON, manja?
    Os três precisam saber aonde é o gol

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Brincadeiras a parte, se jogarmos sem DT09, DS e NB vai ser dífcil atacar o São Paulo.

  9. Parece até que assistimos o jogo junto comentando sobre ele, hahaha

    Joguinho ruim de lascar, tô até com calo nas vistas, só não tô cego porque ganhamos é aquela tradicional, quem não faz leva, e a outra que eu sempre peço, nada de posse de bola e jogar bem o que interessa é a bola na casinha.

    Thiago, meu amigo, Eu não sou fã do Luxemburgo, acho-o muito metido a besta, mas como tecnico para mim ele é o melhor e tenho defendido ele demais, e quase tudo que acontece em campo é culpa exclusiva dos jogadores, perguntem ao Aender do blog Galo é meu amôr ele tem assistidos aos treinos e me disse, porque perguntei já que achei que meus amigos de lá do Galo estavam me enganando ou me enrolando.
    Tem sim jogadas treinadas, Luxemburgo, pra o treino quando existe os chutões, ele briga com os jogadores quando tentam a fazer a ligação direta com chutões, mas os jogadores nos jogos acho que não lembram do que o comandante ensina explica e pede para fazer, assim continuo apoiando e criticando os jogadores.

    O Rafael Cruz, fez o jogo contra o Guarani, achei que o mesmo emplacaria, mas não, só tá caindo saeu futebol, a única coisa que o cara tá fazendo é ir até o meio campo depois voltar com a bola para a defesa atrasar a bola pra zaga ou para o goleiro ( jogada de preguiçoso e medroso) não gosto não aceito e os gols estão quase todos saindo por culpa dele, veja os gols do palmeiras e ainda tem gente que culpa o Werley né.

    O Gol de penalty do Goiás, jogada infantil dele, quando agente corre atraz de algum adversário, você tem que manter a distancia certa, é igual carro, ou então tromba, digo isto porque fui lateral direito e volante nos meus tempos de futebol, e quando corremos atraz de um atacante, que normalmente é mais veloz que os defensores, alguem tem que sair na cobertura pela frente e aquele que stá correndo pór traz, faz a cobertura daquele que saiu em seu socorro, mas segurar ou correr rente ao adversário é querer fazer falta ou é muito inocente ainda. Um dia ele vai aprender.

    Jackson não pegou na bola, Fabiano, estava igual ao Tardelli correndo de um lado para outro mas escondendo do jogo, querendo somente imprecionar a plateia….coitado… Serginho achei que se ele ficasse mais solto rendeia mais, mas correo correo correo aliás está correndo até agora, mas não acertou nada que fez, fez tudo errado, tem alguma coisa com ele, parece medo, sei lá, o Jataí para mim não jogou como nos jogos anteriores, mas não comprometeu como também o ERON jogou para o Gasto, Rever, é um verdadeiro limpa área, apesar que falha também amigos, e falhou feio só não foi gol porque o felipe do goias não soube aproveitar, Werley já tem um punhado de jogo que ele joga o feijão com arroz e não falha, mas tem que continuar jogando pelo lado direito, mas o Luxemburgo, insiste om ele do lado esquerdo, mas tá conseguindo a se manter.

    Ricardinho, todo mundo fala mal dele, marcação não é o forte dele, defender não é com ele, mas armar o jogo cadenciar, saber fazer a virada de jogo, acalmar os companheiros, chamar o jogo para se, tabelar, querer jogar junto, jogar COLETIVAMENTE, é com ele e de vez enquando ele faz um lançamento que coloca nossos atletas na cara do gol, NECESSITA FAZER MAIS COISA, nã a maioria quer é que ele faça igual ao serginho correr correr isto gente não é futebol esperem até dezembro para assistirem a são silvestre vão ver um punhado correndo.

    Obina, como todos gostam de falar, voltoooou tomara que sim, eu acho que ele ainda está lento de pensamento, foi bom que houve os penaltys, mas quase que perdeu os gol motivo raciocinio dele está meio lento ainda e a forma fisica não está das melhores ainda.
    Neto Berola, sempre gostei dele, e quando da sua contratação disse aquí sobre ele, mas ontem no inicio ele sumiu do jogo, e acho que ele está com alguma contusão e escondendo, para continuar jogando como titular, ainda tem que falar com ele para jogar coletivamente, passar a bola para os companheiros, e chamar alguem para jogar o lado dele assim as tabelas vão funcionar e jogadas também.

    Só espero que Diego souza fique mais uns 2 a 3 jogos na reserva, assim entra disposto a jogar bola.

    E o Tardelli me bloqueo no Twitter, sabem porquê, porque escreví para ele que do jeito que está qualquer dia a sua filhinha ia chegar junto dele e dizer, papai, não quero ir mais na escola, estão chamando o sr de perdedor e eu não aceito, papai comece a ganhar ou então não volto prá escola mais.

    E isto amigos não é xingamento, mas ele não quiz mais ler, DOEU DOEU DOEU, tomara que tenha a ombridade a honestidade de quando voltar jogar futebol e não ficar enrolando, nem todos da torcida do Galo é bobo para acreditar que está jogando,futebol correndo de um lado para outro no engana bobo, Comigo não meu caro.

  10. Olá Roberto!

    Gostei dos seus comentários, apesar de considera-los excessivamente otimistas. Concordo totalmente com o “Rafael Silveira”, quando ele lembrou que o Galo ganhou de um time muito limitado. Além de horrível, o Goiás enfrenta séria crise política e o Galo tinha obrigação de vences nessas circunstâncias. Precisamos ainda de uma vitória convincente contra um time bom e que atravesse boa fase. Ganhar do SP seria um bom começo, embora difícil (já que estaremos desfalcados de DS e talvez DT e NB). De qualquer modo, são 3 importantes pontos. Que a confiança seja definitivamente restabelecida!

  11. É Roberto… eu disse ontem: “Vitória é sempre vitória” mas foi uma vitória que não me empolga em nada. Continuei vendo aquele junta e vamo com todo mundo correndo errado e Serginho… putz, Serginho. É o super craque da base? Na boa, altamente pior que Rafael Miranda que foi chutado daqui. Ele simplesmente mata o time.
    Jogamos contra um time desesperado, assustado e pior que nós taticamente, pois individualmente tem bons valores e fizemos o dever de casa. Ou melhor, fora de casa. Pq se não fizer isso, o MÍNIMO, aí sim é… dxa quieto

    Quando ganhar umas 3 seguidas (SP em casa e Vasco fora) msm jogando mal, aí sim eu posso voltar a acreditar em algo
    Mas ganhou, e vitória é vitória!

    1. Cara.

      O Serginho é puta jogador, ele está atravessando uma fase ruim. Compara-lo ao Rafael Miranda é sacanagem!!!!!!

      Eu ainda acredito muito no Serginho e no Diego Souza , eles irão dar muita alegria para o Galo, se não forem embora muito cedo.

  12. Comment do HENRIQUE MENDES, que por engano, o inseriu no post da prévia do jogo.

    “Extremamente sensato os comentários seus no post, jogamos mal, mas vencemos.
    Neto Berola pra mim tem que aprender a passar a bola, com isso ele sim, vira espetacular.
    Gostaria do Rafael Cruz fora da equipe, já entregou contra o Palmeiras e quase entregou contra o Goiás, Diego Macedo também não é grande coisa, mas…
    Agora é cabeça no São Paulo, que com toda certeza será um jogo muito mais difícil, apesar da crise deles, mas tenho muita fé, tenho tanta fé, que irei ao jogo em Ipatinga.

    Abraços

    @henriquemendesc “

  13. Assisti ao jogo pela tv e fiquei com essa sensação: “Quando Ricardinho entrou em campo substituindo Jackson _ que não jogou ou não pôde jogar a impressão que eu tive é que a bola ficou mais redonda, mais macia, mais esférica.”

    “Jackson _ que não jogou ou não pôde jogar_”

    Não deu pra perceber se ele foi tão mal porque não teve condições para isso, ou se a bola não chegou “limpa” para ele. O meio de campo, ou melhor: todo o time até os 30 minutos do 1º tempo estava um verdadeiro amontoado. Aliado a isso, um narrador sem preparo, pois não tem a mínima informação sobre o time que irá narrar e entre tantas bizonhices, saiu com essa: … “lá vai, tirou o zagueiro do Galo”(só porque o jogador pegou a sobra de bola dentro da area defensiva, já que não sabia nenhum nome dos jogadores da zaga e pelo jeito não conhecia nenhum jogador do Galo). Era enrolação o tempo todo. Nunca ouvi tão ruim em minha vida. Em tempo: quando narrou esse lance, o jogador era o Jackson que pegou uma sobra e foi para o meio em contra-ataque, mas errou o passe matando a jogada.

    1. foi a pior narração que já ouvi na minha vida. Deu vontade de asssitir no “mute”. Acho que vou me candidatar ao narrador do time do galo , com comentários de Dadá Maravilha

  14. Eh galera, ta provado que a mente eh que comanda todo o resto…
    Roberto, redundancia dizer para vc. que o texto esta excelente. Enche os olhos e emociona vc. comentar sobre a alegria dos jogadores depois do primeiro gol. Eh isto que esperamos desta equipe; que sejam um time. Ninguem espera que os craques joguem 100% todos os jogos mas que o conjunto se destaque.
    Valeu pela vitoria, valeu pelo esforco e principalmente, pelo comprometimento em campo!

    1. Direto dos States, a nossa querida Denize Grigg não abandona o Galo de jeito nenhum!! Que coisa boa. É de arrepiar! Abraços da nação atleticana pra vc, minha querida, e receba o muito obrigado do L&N.

  15. Mais uma vez vc disse tudo, Roberto.
    Venho te acompanhando pelo blog e pelo twitter porque até q enfim achei um cara que pensa tudo quase exatamente como eu.

    Aí vão meus pitacos!

    1)Jogamos muito mal novamente, mas a bola entrou e isso que interessa.. Mas ainda temos quemelhorar muito!!!! E o que vc falou sobre a confiança, pra mim é o principal que falta nesse time (além do Luxa enxergar que o meio de campo nao amrca ninguem, que o time não se recompõe qdo perde a bola, que o time não sai rápido e em conjunto para o contra-ataque…). Tanto é que o galo apresenta seu melhor momento nas partidas imediatamente após marcar um gol.. Logo depois de fazer um gol no palmeiras, o galo cresceu, e ontem tb…

    2) Diego Souza começar no banco e entrar durante os jogos é a melhor coisa q o luxa pode fazer. Assim ele vai ganhar moral com o grupo e com a torcida aos poucos.. Vai adquirir seu espaço, e nao ser jogado la como destaque sem merecimento.. E agora, como ta suspenso p domingo, o Luxa tem q aproveitar p dedicar essa uma semana de treinamento físico intenso pra ele.. É a chance dele se condicionar melhor… Se o Luxa tivesse feito isso desde o começo (deixá-lo adquirir confiança aos poucos, entrando no decorrer dos jogos, a nossa situação poderia ser outra!)

    3) Obina nao é o melhor do mundo, mas é o unico homem de área do elenco. E o galo com um homem centralizado fica mais perigoso..

    4) Réver pra mim é o capitao do galo. Se ele continuar no galo ano q vem, vai ser ídolo e nosso melhor zagueiro desde a epoca do Luizinho.

    5) O futebol do Werley cresceu mto ao lado do Rever!

    6) Serginho melhorou, ta mais eficiente nos desarmes, mas continua afobado! Como erra passes infantis! Pra mim é falta da tal da confiança! E muita ansiedade pra acertar…

    7) Td mundo q pedia Rafael Cruz de titular ja viu em 2 jogos q o Macedo tem algumas virtudes, participa mais ofensivamente e p mim é o titular… Rafael Cruz foi decisivo pra derrota contra o palemiras..

    8) Luxemburgo ainda tem q treinar mto esse time! Tem q começar a definir um time titular (q nao foi definido ate agora, no final do 1 turno, absurdo!)

    9) E o que falar do Ricardinho? Não temo como ele ficar no banco! Ele é um dos jogaores mais decisivos do elenco.2 assitencias maravillhosas …
    Pra mim, não é o Ricardinho que é lento, é o time. Como o time sai devagar, ele é obrigado a ensebar a bola para dar o passe n momento certo..

  16. Li agora a pouco o blog do Chico Maia e encontrei no texto o seguinte trecho sobre a vitória do Galo:

    “Péssima também a transmissão do PFC. Locutor e comentarisra mal informados e muito devagar.”

  17. Fala Robertão! Nao deu para mim assistir ao jogo, entao o primeiro lugar que acesso para saber como foi é aqui! Assisti ao um VT do jogo mas corri nas partes chatas, entao nao posso falar com 100% de certeza, mas a minha impressão é a mesma do jogo contra o Flamengo, ganhamos porque o time do Goias é MUITO ruim… O Ricardinho apareceu pq o adversario é muito mal treinado, não marca, nao corre, nao tem desenho tatico, mais ou menos igual agente so cque com jogadores piores, ia ser dose não ganhar desse time!
    Pra mim ou Diego Souza ou Ricardinho ainda devem ficar no banco, fez bem pra eles, o Ricardinho nao precisou jogar se contendo para aguentar a partita toda assim como o Diego Souza que so conseguiu ganhar na corrida do zagueiro pq era o primeiro lance dele no jogo, então se eles funcionam assim que eles fiquem no banco! Oq vc acha? Abraços!

  18. Kalil esteve hoje no programa Arena Sportv. Peguei no último bloco e no final e eu acho que vai reprisar hoje a noite.
    Vamu ver o que o turco falou dessa vergonhosa campanha no brasileirão.

  19. Noite Roberto e amigos .
    … Vicente Andrade, acho que vc tem razão ,qdo diz que o fator ¨agosto¨tinha acabado,e que o fator ¨setembro¨ seria favorável ao GALO , senão vejamos : aqla bola que pegou no travessão, na ¨cacunda ¨ do Fábio Costa e foi para fora no chute do wendel se ñ me engano, tivesse acontecido no dia anterior [ 31/08 ] era goal na certa,hein meu prezado ? rsrs… bricadeira tá ,foi só para dar uma discontraida , mas tomara que continue assim,que as bolas atiradas contra a NOSSA meta,passem bem longe dela,e que as atiradas por nós ,se aninhem lá dentro da casinha ,né ñ ?
    Saudações ALVINEGRAS e que NOSSO GALO,enfim solte seu CANTO que está preso e entristecendo toda a sua coletividade !
    GALOOOOOOOOOOOOOOOOOOÔ SEMPREEEEEEEEEEEEEEEEEEE !!!!!!!!!

    1. Oi Kriko,
      Parece que quem acredita no “fator agosto” somos só eu e você. E, não resta dúvida quem, além da vitória em si, aquela bola no travessão e nas costas do Fábio, foram um “sinal significativo” de que “setembro chegou”…
      E, como você disse, tomara que continue assim: as bolas dos adversários saindo pra fora e as dos nossos atacantes balançando as redes pelo lado de dentro do gol adversário.
      Precisamos das vitórias mesmo, para desengasgar o nosso grito de vencedores! Aqui em Brasília não é facil. Somos torcedores “isolados”, mesmo que, acho, em boa quantidade.
      E, dá-lhe, Galo!

  20. Boa noite,

    Roberto, vc disse tudo e não está prosa. Penso que vc foi a medida certa em seu post. Não foi possível assistir o jogo, mas independentemente disso, contimuo achando que a falta de confiança é fatal no futebol, mesmo quando se trata de um craque. Pelo seu texto e pelo comentário de inúmeros atleticanos, parece que mais uma vez não estivemos bem. De qualquer forma tomara que o resultado positivo traga a velha confiança de volta. Somente assim, os erros bisonhos e fatais deixarão de acontece com a frequencia com que e está acontecendo.

    Saudações!

  21. Correção: “…com a frequência com que estão acontecendo.”

    Tinha que corrigir. Ficou feio demais, né? He he he!

Os comentários estão desativados.