DAQUI A POUCO, O ATLÉTICO ENFRENTA O CEARÁ, EM FORTALEZA.

Na terra do melhor camarão do Brasil, o Galo escreverá mais um capítulo em sua triste saga 2010.

No jogo contra o Grêmio, eu só fiz confirmar o que o meu subconsciente me dizia, mas que eu teimava em não acreditar: Vanderlei Luxemburgo destroçou a equipe! Custo a crer que esse time já conseguiu 21 pontos no campeonato.

E reconhecer a verdade é como cravar um punhal no próprio peito.

Via-se a luta dos jogadores em campo, porém, não havia nenhum sentido coletivo.

Nós não temos “umazinha” jogada ensaiada! Aliás, nós não temos nada. Não temos defesa, meio de campo e muito menos ataque.

E o condicionamento físico passou longe. Obrigado, Antônio Mello, seu incompetente de uma figa!

Luxemburgo conseguiu detonar com tudo! Dorival Junior, o treinador mais corajoso do mundo, vai suar sangue para dar, em poucos jogos, um mínimo de padrão a este time esfacelado e humilhado dentro e fora de campo.

Ricardinho: Um homem de caráter! (Foto de Rogério Borges)

Doravante, se citarmos neste espaço o nome de Luxemburgo, será pela alcunha de “moleque”. Ninguém o merece mais do que ele.

Pois o que ele fez de ruim ao Clube Atlético Mineiro, não se faz com o pior inimigo. Nem Juca Kfouri, seu inimigo fidalgal, merecia isso.

Armação para receber a multa milionária? Não digo que sim, porque, afinal, não tenho provas para acusá-lo. Mas para ter provas do profundo mal que fez ao Galo dentro de campo, basta assistir ao time jogar.

Pois receba a praga da torcida atleticana, seu… ! Você vai pro limbo, só tomará decisões erradas e será tão humilhado quanto nós estamos sendo! E nunca mais ganhará nada!

E hoje, com Dorival Junior, herdeiro de uma fortuna dilacerada, e no comando de um arremedo de time, o Galo entrará em campo com:

Renan Ribeiro, Diego Macedo, Rever, Werley e Eron; Alê, Zé Luis, Fillipe Soutto e Diego Souza; Daniel Carvalho e Obina.

O meio de campo bastante alterado, com o aproveitamento inédito do junior Fillipe Soutto e o retorno de Diego Souza.

Renan Oliveira está de volta.

Nota-se claramente a falta de receio de Dorival Junior em aproveitar os jovens. Só nesta escalação, teremos 3 juniores. Tomara que dê certo.

Não há que se esperar nada muito diferente. Dorival é um técnico, não um santo milagreiro. Mas podemos aguardar muita correria (se o combalido preparo físico permitir) e muita raça.

Pois será com esta raça que escaparemos da zona da degola. Se Kalil tivesse metido o pé na bunda do moleque irresponsável há 7 rodadas atrás, estaríamos disputando mais 21 pontos e com um tempo maior para a reação.

Mas não. Esperou demais, seu Kalil! Não ouviu os anseios deste blogueiro, que só faltou ajoelhar aos seus pés implorando pela demissão daquele ex-técnico em atividade.

Hoje só nos resta lutar com a faca quase cravada no pescoço.

Mas não importa mais. Agora a Inês já é morta. Vamos, mesmo assim, sair dessa situação. Com Dorival Junior, eu acredito.

Vamos pra cima deles, meu Galo querido!

Em tempo: Renan Oliveira está de volta ao Atlético, a pedido do Dorival Junior.

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> @robertoclfilho

Anúncios

27 comentários sobre “DAQUI A POUCO, O ATLÉTICO ENFRENTA O CEARÁ, EM FORTALEZA.

  1. A Massa vai fazer a parte dela; empurrar este time rumo a serie A em 2011. Como bem disse o Kalil este time agora precisa eh de carinho e isto a Massa sabe fazer. Com muito trabalho, dedicacao e sangue nos olhos vamos sair deste inferno!
    Bica eles Galo!

    1. Oi, Denize!
      Não caímos ainda. A Massa vai continuar a bradar “Galo!”, mas para garantir a permanência na elite do futebol. Eu acredito!
      E, dá-lhe, Galo!

  2. Olá Pessoal,

    Se o Dorival conseguir arrumar o sistema defensivo do Galo da pra ficar competitivo na reta final, arrumando a cozinha pra não tomar gol e velocidade pra atacar, lembro que em 2006 e 2007 o Galo só jogava com velocidade pro ataque, como o Levir conhecia
    bem o time em 2006, a disposição foi mantida em 2007. Tudo indica que Dorival irá apostar na base, tomara que de certo, eu apoio, mas a torcida tem que ter paciência e não ficar pegando no pé dos garotos como sempre fizeram, afinal quem desce pra segunda divisão somos nós , jogador vai embora, quem perde com criticas excessivas somos nós com os maus resultados, o único
    negócio agora é apoioar o time e o técnico pra não cair, no final quando terminar poderemos cobrar, mas cobrar das pessoas certas que erraram com um projeto que nunca existiu, sou apaixonado pelo Galo, mas sou racional!

    Força Galo!

  3. Olha a imagem que aquele desgraçado deixou do Galo, claro, com a conivencia do Kalil. Agora o Galo é motivo de chacota de um silas ninguém(minúsculo proposital), um infeliz e retardado mental. Depois de usar o Atlético como “exemplo”, saiu com mais essa:

    “Dorival assumiu o Atlético-MG de repente querendo fazer uma carreira na Série B. Não que eu pense em ser rebaixado”

    Bem que esse otário deveria enfrentar o Galo ainda no comando do Flamerda pra ele aprender a respeitar o adversário. Até lá, com certeza esse otário já caiu. Será se os jogadores do Atlético sentirão vergonha, ao menos agora?

  4. tristeza por favor vá embora…
    Admitir q o detestável juca kifurada tinha razão é mais uma q o moleque nos faz passar.Eles se merecem, dois babacas presunçosos…
    Dificil d+ o Galo escapar da degola. Impossível não.
    É Massa só nos resta torcer…
    quero voltar a cantar:
    GGAAAAAAALLLOOO

  5. Prezado Roberto ,estive ontem no município de Itaitinga assistindo ao treino tático do nosso GALO.Fui o único torcedor uniformizado, acompanhado de minha esposa e filho a comparecer ao CETEN, que é um centro esportivo filiado ao Palmeiras, a 45 km do centro de Fortaleza.Estávamos sozinhos, do lado de fora,pois não nos autorizaram entrar, quando o ônibus do GALO chegou. Meu filho de 4 anos pulando como louco, parece ter sensibilizado alguém, pois o Domenico, que acredito ser Assessor de Imprensa do GALO,de acordo com o Roberto Abras, que chegou em seguida, educadamente, foi ao nosso encontro e nos autorizou a entrada com o aval do Maluf.Fiquei-lhe grato pela extreama educação. O Domenico retratou, em poucas palavras,enquanto conversávamos, todo o seu temor pelo momento que passamos.Relatou sobre trabalho,comissão técnica,jogadores e investimentos que não vigaram.Preocupante.Ambiente pesado.Acompanhei todo o treinamento,desde o aquecimento ao tático e, realmente, me preocupei ainda mais.O Dorival está partindo do ZERO e terá muito trabalho para acertar tudo em tão pouco tempo, em função do claro desinteresse de alguns jogadores que não irei citar, por ser,apenas,minha opinião.Espero que consiga.Conversei com alguns jogadores após o treinamento e a preocupação de todos é enorme.A declaração de um deles me causou espanto :”Temos que vencer o Ceará e o Atlético Goianiense a todo custo, pois em seguida só pegaremos times grandes”.Foi quando perguntei:” Nós também não somos ? ” “Porque o receio?” Roberto, vamos torcer e mais uma vez obrigado pelo espaço no L&N.

    1. Meu caro Jener, obrigado por seu importante depoimento direto de Fortaleza. Realmente, o grupo do Galo está em um grande clube, mas com a auto-confiança de um time pequeno. O moleque fez o favor de afundar o Galo o mais profundo que pôde. Jamais o esqueceremos!! Novamente, mto obrigado, Jener. Abraços.

    2. Caro Jener, gostei bastante do seu depoimento, é bom ficar por dentro do dia-a-dia do time, com ele longe.

      Mas amigo Atléticano, que tal dar o nome do jogador ??
      Estamos entre amigos aqui, não iremos contar para ninguém.

    3. Jener, gostei muito das notícias que nos trouxe.

      PARABÉNS pela percepção – é inadimissível que vc. em apenas 1 treino percebeu o que os nossos dirigentes não perceberam em mais de 3 meses de brasileirão. Só se Kalil e Cia estão cegos, viu!

      Então, diz aí os nomes… vai … quem sabe alguém de lá de dentro lê este blog e informa ao Kalil.

      Bom, se não quiser informar os nomes, tudo bem, desde que o time ganhe, jogue bem, e tire o Galo desta situação. Mas, se não ganhar vc bem que poderia dizer, né !!!

      1. Cara Stela, tenho informações recentíssimas de que o pessoal do Galo lê o L&N e mais 2 blogs atleticanos. Os outros 2 não são tão ácidos quanto o L&N, mas são bons em seu estilo e eu os respeito. Abraços.

        1. Parabéns, Roberto. Seu blog é de fato o melhor.
          Pena que “esse pessoal do Galo” tem analfabestismo futebolístico, porque demoraram muito a entender e consequentemente a atender os nossos pedidos para demitir o técnico. Foi assim ano passado (era Roth) e este ano com o “moleque”.

    4. …opa!!! dia Jener,td bem companheiro? parabéns pela clareza em postar, o q vc presenciou no treino [?] do GALO…percebi durante o jogo,exatamente o q foi relatado acima por vc, TOTAL DESINTERESSE de muitos caras q, estão claramente apequenando nosso Clube…sou um otimista sempre,não sou de correr do pau como se diz na gíria,mas a falta de garra e vontade vistas em:diego souza,diego macedo [nooooooó…isto não serve para jogar nem no Íbis,seria muita covardia com o time] alê ,ricardo bueno ,entre outros…vai contaminando a gente, sabe! e vc começa a sentir suas convicções,abalarem…duro ter de admitir ,mas depois do q vi ontem,esses caras pensam pequeno demais da conta sô,e como tal estão tratando o GALO…o Dorival Jr.está com uma bomba nas mãos pronta para explodir,e quem irá detoná-la são esses infelizes q hj estão jogando no lixo, 102 anos de luta para a construção da Instituição Clube Atlético Mineiro,só eles não sabem disto…
      Abs. Jener e fica na paz brother.

  6. Robertão, o seu desânimo é o mesmo que o meu.
    Nunca quis Luxemburgo por aqui, e sempre fui taxado de louco. Hoje, vejo que estou certo. Como também não queria o Kalil como presidente, já que sua paixão imensurável pelo CAM o faz ficar cego de ódio em alguns momentos, o que lhe impede de enxergar as coisas direito e ter que tomar as decisões certas, nos momentos certos, mesmo que ELE NÂO ACHE certo…
    Como esta, de não ter demitido Luxa umas dez rodadas atrás. POr isso, parte da culpa tem que ser distribuída ao Kalil. O Presidente tem que estar presente e ver que treino em meio período nunca poderia dar certo. Ver que a frequência e a sequência de lesões era indicativo de algo estava errado.
    Mas não o fez, e agora corremos, inclusive ele, de sofrer as consequências.
    A vida do atleticano é assim: superação de um sofrimento após o outro. E quando temos uma alegria e achamos que nada de errado pode acontecer, ele acontece, como em 2009, quando vimos nossa felicidade desaparecer em cinco rodadas, com cinco derrotas, ficando, de novo, o sofrimento de sempre.
    Mas o momento, embora diga que sim, não é de abaixar a cabeça. É de continuar o apoio, para ver o Galo na Séria A, com chance de continuar sua batalha inglória contra tudo e contra todos, para ganhar títulos e virar a sina dessa torcida, de uma vez por todas…
    Acho que esse comentário foi tão desafabador, que vou publicar no blog!

  7. Grande Roberto, moro em Brasília, hoje, uma vez mais, irei para a “Autozema” (Bar do GALO aqui na Capital) assistir a um jogo do GALO, agora a motivação é diferente, o dorival comandando a equipe, por mais que não seja um santo milagreiro, nos faz ter aquela esperança que faltava quando “moleque” treinava o time, a equipe vai se renovando aos poucos e alguns sanguessugas será eliminados com o tempo. Estou confiante. Pra frente GALO.

  8. Grande Roberto, sensacional texto, falou tudo.

    Eu ainda acredito na virada desse time, ainda com jogadores da base, que, realmente conhecem e devem muito ao GALO.

    Hoje, será, Ceará 0 x 1 Atlético. Gol do Rever.

    Na verdade pode ser até gol do Werley, comemorarei com o maior prazer. rsrsr

  9. Prezado Roberto e amigos,

    Não estou muito crente na recuperação do nosso galo mineiro (embora a gente sempre acredita), mas o time com certeza vai ser outro. Se nãotivessemos tomados a p&*%$ dos dois gools no inicio contra o GRêmio poderíamos estar com outros animos.

    Concordo com os companheiros que a maior parte da culpa é do moleque, mas encarrego também o Kalil. Errou feio de não mandá-lo embora, acho que ficou muito tarde. E mais uma vez , espero estar errado!!!!!

    AO contrário do Adriano, na vou ao Auto Zema assistir o jogo, ficarei em casa com minhas angústia e Deus queira que amanhã, eu volte a escrever bons momentos aqui no blog!!!

    abraço e galo sempre!

    1. E aí, conterrâneo!
      Também vou ficar em casa esperando a chuva chegar em BSB e torcendo muito, e com muita reza, para começar a recuperação.
      Respondi hoje a um e-mail de um amigo “maria”: que o Dorival estava treinando os “meninos da Vila” e fazendo sucesso. Agora, ele está treinando os “meninos da Cidade do Galo” e vai ter o mesmo sucesso. A meninada está vindo aí, devagar…
      E, com cereza, o Roberto vai melhorar da “renantite”, pois o menino vai ser bem aproveitado.
      E, dá-lhe, Galo!

  10. Robertão meu caro,

    Segue minha Coluna publicada hoje para contribuir com esse espaço maravilhoso que tanto gosto de ler:

    Galo Não deve Cair – Coluna do Aender

    Inspirado em uma leitura realizada no excelente Caneta, Cartola, Corneta F.C. realizei algumas simulações e cheguei a uma conclusão: “O Galo não deve cair esse ano”! Vamos analisar esse trecho retirado do site acima descrito:

    os estatísticos trabalham com a possibilidade de 46 pontos para afastar um time do rebaixamento, neste campeonato. para alcançar esse número, o atlético precisaria obter um índice de aproveitamento, daqui pra frente, de 61,6% (o líder do campeonato tem 64%). Mas matemática em futebol não é regra, é apêndice. vamos falar de contexto?

    fenômeno tricolor em 2009
    eu sei que essa comparação já se tornou vulgar, mas não há como fugir dela. ao final da 25ª rodada, no ano passado, o fluminense tinha 18 pontos, amargava a última posição do campeonato, após ser humilhado pelo grêmio no olímpico. era a terceira partida de cuca sob o comando do tricolor, já considerado virtualmente rebaixado – precisava, então, de 71,8% de aproveitamento nas próximas partidas para atingir a pontuação que o livraria da degola.“Com apenas 18 pontos, o Tricolor ocupa a última posição do Campeonato Brasileiro. Segundo o matemático Tristão Garcia, o Fluminense tem 96% de risco de ser rebaixado”.

    com cuca, o flu seguiu oscilando derrotas, empates e poucas vitórias, recuperando física e tecnicamente, aos poucos, importantes jogadores do seu time. E é aqui que a memória seletiva nos confunde, porque o milagre tricolor começou a ser de fato concretizado apenas na 32ª rodada, quando engatou uma sequência absurda de vitórias e escapou do rebaixamento por um ponto. percebem como a situação do galo é um cadinho mais confortável?

    Com a saída de Vanderlei Luxemburgo e a chegada de Dorival, que podem acreditar não veio cumprir tabela e apenas companhar o time descendo ladeira abaixo, tudo ganha nova configuração. Notem que após o jogo contra o Grêmio suas declarações não foram de quem vai tapar o sol com a peneira. Ficou bem claro que há muito serviço a ser feito e seu olhar técnico, apontou os erros que foram determinantes para que o time fosse novamente derrotado:

    “Tivemos alguns erros de posicionamento, que comprometeram o resultado. O Grêmio se aproveitou muito bem no começo do jogo, teve três ou quatro chances e fez os gols. Tivemos dificuldades iniciais, a equipe melhorou ao longo da partida, mas há uma ansiedade muito grande, conduzimos a bola em demasia e tentamos furar o bloqueio de todas as formas”.

    Dorival sabe trabalhar com jovens talentos, sendo o Santos de Neymar Ganso e CIA seu maior Portfólio, e seu início é marcado pelo lançamento imediato do jovem e ótimo Renan Ribeiro e pelo repatriamento de Renan Oliveira (em entrevista com Marques, o mesmo me disse que o craque do Galo, em sua opinião, é o garoto. Vide entrevista completa clicando AQUI!).

    Três vitórias que não precisam ser sequênciais e uma combinação de resultados negativos de Atlético Goianiense, Goiás, Ceará, Flamengo, e Avaí, levando em consideração que nas próximas 5 rodadas haverá confrontos diretos do Atlético-MG com três dos times citados, serão o começo da decolagem, todavia, mais uma vez não dependerá apenas do Galo, mas, vencer os confrontos diretos é fundamental para que o fenômeno ocorrido com o Fluminense, deixe de ser milagre e torne-se realidade na vida do alvinegro.

    Veja a sequência de confrontos diretos:

    29/09/10 – Ceará X Atlético-MG – Castelão – às 22h00 – 26 Rodada

    02/10/10 – Atlético-Go X Atlético-MG – Serra Dourtada – às 21h00 – 27 Rodada

    16/10/10 – Atlético X Avaí – Arena do Jacaré – às 18h30 -30 Rodada

    Registro aqui meu apoio ao Dorival Jr. e crença à nova fase dos jogadores, que ainda não mostraram a que vieram. Com Matemática, boa vontade e um pouquinho se sorte, creio que iremos sair dessa.

    Convoco a massa ao apoio incondicional ao time em tudo o que for necessário, principalmente comparecendo aos jogos na Arena do Jacaré, de forma a mostrar ao mundo o que o Galo sempre teve de diferencial:

    “A Maior de todas as torcidas do Mundo”!

    “Clube Atlético Mineiro: O Time de Minas”

    Aender Pereira

    http://www.twitter.com/galoemeuamor

  11. É Robertão, o Homi conseguiu te tirar do sério mesmo uai. Todos os dias entro no seu blog e até hoje não tinha te visto tão puto assim. Mas é compreensível pois a situação que ele nos deixou esta bem tensa.Agora,no final das contas eu acho que vamos sair dessa. Abraço.

  12. Roberto.

    Você foi de uma precisão cirúrgica: o moleque destroçou com o nosso time.E na medida em que os dias vão passando surgem mais e mais informes do quanto o grupo estava em litígio com o técnico(?).Parece que a missão deste sujeito foi implodir os sonhos da Massa…

    Tomara que ainda dê tempo para uma reação.

  13. Roberto, tô com você, certo ou errado, mas comungo com você o pensamento, e como eu já tinha chamado o luxembosta, e olha que defendí este traste um bom tempo heim!!! não culpo tanto assim o Kalil, porque eu também tava na torcida para dar certo e milhares de torcedores achavam que ele daria certo, e alguns da imprensa também, que são atleticanos e achavam que daria certo, mas nós todos erramos e feio, então não podemos culpar somente o Kalil.

    A missão do Dorival realmente é difícil, mas como falaram, ele não veio para o Galo apenas para cumprir tabela e sim porque viu que poderia sair deste problema.

    E eu acho que ele vai sair fácil, pela sua visão, já no primeiro jogo, e olha que ele nem mesmo treino ele tinha dado ao time, apenas ficou observando, ele foi direto na ferida, no cancer, e assim não é difícil de encontrar o remédio certo.

    Também acho que os atletas não são desprovido de inteligencia de massa cefálica e tem pelo menos um mínimo de interesse para sair deste incômodo, se quizerem os jogadores poderão obedecer o comandante Dorival e se dispôr certo em campo, você Roberto já jogou futebol e não é difícil de cumprir uma ordem do tecnico, pode até ser difícil, mas não impossivel, se ele mandar ficar na faixa de gramado tal, o cara não vai ser tão burro de ir para outra faixa de gramado, certo!!! se ele falar para os jogadores de meio campo e ataque para um jogar perto do outro, será tão difícil assim do atleta descumprir a ordem, se ele pedir para soltar a bola, será que o cara vai ser tão burro de prender a bola.

    Pelo que fui informado pelo amigo lá de dentro Dorival pediu a gravação de video dos últimos 3 derrotas para passar para os jogadores, aí é só mostrar para cada um onde está errando e tentar a consertar, e OS SANTOS JÁ COMEÇARAM A AJUDAR O LEANDRO BOCHECHUDO E GORDO MOLENGA E SEM VONTADE QUEBROU A MÃO E QUE TENHA A FELICIDADE DE FICAR ATÉ O NATAL assim coloca o ERON e faça subir o Wanderson da base que é mil vezes melhor que este leandrinho de uma figa, maria rival azul cesta basica.

    Podem ter certeza que o time vai ser outro e vamos para a vitoria

  14. Nossa … só de ler a manchete, Roberto, me deu um frio na barriga. O medo de não ganhar hoje é grande. O medo de cair é muito maior. Estou rezando muito. Tomara que eu seja antendida…
    Até torcer para as meninas alegres azuis eu vou. Vale tudo pelo meu Galo. Nossa… que agonia…

  15. Eu estou fechado com o galo! Acredito sim na reação!! Pois, se nós não acreditarmos, quem acreditará? não é verdade?! Eu acredito, porque pra mim faltava um choke neste time, algo que os fizesse mudar de realidade. Como a troca do técnico, que concordo também. Tardia. Mas, antes tarde que mais tarde ainda. Vamos Reagir e escapar dessa degola. 2011 será um ano de melhores realizações e bons ares habitarão vespasiano.

  16. Bom dia Roberto.Se possível, publique este comentario no espaço de comentarios em seu texto pós jogo,ok? É que se for postado neste, ficará um pouco desatualizado. Grato, João Candido

    Antes mesmo de acabar um jogo, já estou pensando no outro e torcendo pela vitória do Galo.

    Desfalques para o próximo jogo: Daniel Carvalho (inteligente, após ter contusão forçou o 3º amarelo); Eron (3º amarelo – não fará falta) e Neto Berola (3º amarelo – muito individualista, uma incógnita: ou resolve ou atrapalha). Tem ainda a ausencia do Tardelli, é claro! Os demais (Fabiano, Mendez, Jataí e Leandro) não considero desfalques.

    Desfalques do nosso adversario:
    Estavam pendurados: Márcio, Gílson, Welton Felipe, Erandir, Agenor, Pedro Paulo e Marcão.

    Levaram amarelo: Marcão (atacante perigoso; bom chute e bom cabeceador – Um tempo atrás queria a sua contratação, no jogo do 1º turno deixou o seu contra o Galo), Gilson (não conheço) e Daniel Marques (bom zagueiro)

    Sem condições de jogo: Elias (lesionado – o cérebro e artilheiro; simplesmente o melhor do time); Welton Felipe e Pedro Paulo (Por força de contrato – pertencem ao Galo)

    Desfalques certos: Marcão, Gilson, Daniel Marques e Elias

    Possíveis desfalques: Welton Felipe e Pedro Paulo (já que o time goiano pode preferir pagar a multa ao Galo e escalar os jogadores)

    No mais, é o time confiar na vitória e ir pra cima. E que o Dorival busque o atacante Bernard que vem sendo muito elogiado e que segundo informações, o técnico já o solicitou do Democrata de Sete Lagoas. Tem ainda o Wescley. Pelo que conheço, o baixinho Wescley tem o futebol mais parecido com o do Daniel Carvalho. Tem velocidade e habilidade, costuma aproveitar os rebotes próximo à área do Galo, sai com a pelota dominada partindo para o meio de campo, sempre em direção ao gol adversario e arrisca dribles se necessário até encontrar um jogador melhor colocado. É meio “troncudinho” ou seja: tem força física e arranque. É ótimo para contra ataques. Outra opção possivelmente será o Renan Oliveira. É praticamente certo que ele viaje para Goiás com o Serginho. Ainda assim, prefiro o Wescley ou Wendel a Renan Oliveira. Não sei como anda o seu futebol no momento. Mas pode vir a ser essencial. É só querer.

  17. Qdo caimos para a 2º o Ricardo Guimarães tinha demorado e muito para demitir o Tite e a novela se repetiu agora com o Kalil e o Luxa.
    Nosso time NÃO TEM PREPARO FISICO NENHUM.
    Dá dó ver esse macedo correndo atrás do péssimo Vicente.
    Luxa ganhou a grana dele em dia e agora quem vai pagar o prejuizo de uma queda eminente ????

    Não sou pessimista mas não vejo uma luz no fim do tunel.

Os comentários estão desativados.