REFLEXÕES SOBRE AS CONTRATAÇÕES DO GALO.

Jorginho é o primeiro à esquerda, agachado.

Todas as contratações são apostas, não há como fugir disso.

Você pode contratar um grande craque, com um currículo rico em conquistas coletivas e pessoais, mas nunca poderá garantir que dará certo vestindo a sua camisa.

O nosso mais recente exemplo é o Diego Souza, que aportou aqui ostentando o prêmio de melhor jogador brasileiro em 2009 e não rendeu nem 20% do que produzia no Palmeiras.

E assim como ele, muitos outros jogadores percorreram o mesmo caminho. Alguns sem volta, outros ainda com muitas chances de se recuperarem, como é o caso do nosso Diego.

O mesmo ocorre na contra-mão deste argumento. Quem ousaria afirmar que Jorginho, recebido sob críticas da torcida, se transformaria no coração da equipe de 1997?

Quem, em sã consciência, anteciparia que Valdo, em fim de carreira, tomaria em suas mãos _ ou pés _ a responsabilidade de dar uma cara ao nosso time de 2001?

Muitos são os exemplos. Muitos são os desdobramentos de uma contratação, seja para o bem ou para o mal.

Valdo, quando jogava pelo Benfica.

Quando eu atuava pelo América, jogando contra o Valério, em Itabira, um jogador deles se destacou tremendamente. Não me lembro mais de seu nome, infelizmente, mas o fato é que o cara simplesmente pulverizou a nossa equipe. Ele foi o dono do jogo e nos humilhou, no bom sentido.

No ano seguinte, onde ele estava? No América, no nosso grupo.

A diretoria se encantara com aquele camisa 10, tanto quanto nós, jogadores.

Recebemos o cara de braços abertos, pois o víamos como um jogador que podia nos levar a grandes conquistas. Pois, pasmem os senhores,  foi uma decepção elevada ao cubo.

Parecia um outro jogador, de tão ruim que era jogando no nosso time. E olha que o América, antigamente, era um clube fortíssimo em todas as categorias. O atleta tinha suporte estrutural e bons _ alguns ótimos _ jogadores ao seu lado.

Toda essa estrutura adiantou alguma coisa para ele? Absolutamente nada.

Foi dispensado e voltou ao Valério. Um ano depois, topamos com ele novamente. E o que aconteceu? Acabou com a gente DE NOVO, o desgraçado!

Ora, ora, vai entender um negócio desses!!

O que quero dizer com esse longo rodeio é que NENHUM jogador _ por mais que ele possua um passado de sucesso _  tem um certificado de garantia (como diz Dorival Junior), que o transforme em investimento de retorno líquido e certo, tanto técnico quanto financeiro.

É lógico que os comprovadamente bons de bola terão um percentual maior de acerto. Mas NUNCA terão a chancela de um selo de garantia, acreditem.

O meu ponto de vista vale para todos os contratados, inclusive o Jobson, anunciado pelo presidente Alexandre Kalil há poucas horas.

Jobson, contratado por empréstimo de um ano.

O Atlético se cercou de todas as garantias em contrato. Até mesmo da provável condenação no tribunal da TAS (Suiça), que desconfiou do STJD por reduzir uma punição de 2 anos para 6 meses.

O Atlético também se resguardou, contratualmente,  em relação ao comportamento do atleta fora das quatro linhas, em todos os aspectos disciplinares.

Em suma, se Jobson cuspir fora do pinico, estará fora da brincadeirinha, sem prejuízos para o clube.

Jobson é bom de bola? Claro que sim. É um dos melhores atacantes do futebol brasileiro atual, indubitavelmente.

E está inteiramente dentro da filosofia de Dorival Junior de implantar velocidade ao time.

Mas não se pode confundir carreira futebolística com carreira de matéria em pó.

Não se pode confundir craque com crack.

São coisas visceralmente contrárias, pois uma estrangula a outra.

O que se pode esperar desta arriscada contratação é que Dorival Junior saiba administrar, com infinito carinho e sabedoria, o enorme abacaxi que está recebendo.

E se lograr êxito, terá um senhor jogador nas mãos, não tenho dúvidas.

Eu torço, de mãos postas, para que isso se transforme em realidade.

Mesmo orando para que o tal dito popular da laranja podre não se realize.

E apesar das muitas promessas de Jobson ao Botafogo, todas não cumpridas.

(Caro amigo do Valério cujo nome eu não lembrei, se você ler esta crônica, comunique-se comigo, por favor. Vamos nos reunir todos.)

O L&N APROVEITA O ENSEJO PARA DESEJAR A TODOS OS LEITORES E AMIGOS ATLETICANOS UM FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO! QUE DEUS NOS PROTEJA!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

27 comentários sobre “REFLEXÕES SOBRE AS CONTRATAÇÕES DO GALO.

  1. Minha aposta equivocada em 2010 foi nos gringos. Achei que matariam a pau. Primeiro o Carini, CAMpos e Cáceres; depois, o Méndez. Nada.

    1. É sempre um prazer recebê-lo por aqui, amigo. Eu tbm apostei nos gringos, inclusive fiz uma tremenda campanha em favor da vinda do Cáceres. Até mantra eu entoei. E o que adiantou? Nada vezes nada. 🙂 Nenhum deu liga.
      Abraços, Christian. Boas férias.

  2. Roberto;falando pelo lado torcedor, o Jóbson tem muita bola prá mostrar não restam dúvidas qto a isto…porém, pelo lado da razão,temo que ele venha se tornar um novo #neymonstro# aiiiiií!!! q mora o perigo!!! É uma aposta arriscada tipo aquele cavalo azarão,qdo ninguém espera ganha o páreo, deixando todos com os bilhetes nas mãos. Mas quem não arrisca não petisca,né não?
    Fica na paz companheiro,lápsos de memória tds temos,esquenta #cumissonão# rsrs…

  3. Como sempre muito sensato nas análises Roberto, parabéns!
    Sei lá, eu tenho muitas esperanças que o Jobson tenha vontade de dar a volta por cima no Galo, e se ele superar todos os obstáculos, ajudará e muito o Glorioso a conquistar muitos títulos nesse ano que começa.
    Dorival,Kalil e a Massa, serão peças mais que fundamentais para essa superação.

    Dá-lhe Galo 2011.
    Aproveito para desejar um Feliz Natal a todos os leitores do L&N.

  4. Querido Roberto.Sua análise é irretocável!Há muito defeito para reparar e muitas mazelas
    para consertar,mas como disse nosso Presidente,É UM GAROTO !!! Não vamos deixar escoar
    a oportunidade de juntos ,com mãos postas como voce recebermos o JOBSON.Parabens ao nosso
    Presidente pelo ato humano,á voce por essa concientização.Feliz Natal á todos que o cercam incluindo seus seguidores ETERNAMENTE GALO!obrigado.abraços.imo.bh/bsb

  5. Amigos

    Desejo a todos Bôas Festas
    Um bom Natal e que sejam felizes com paz e junto a familia
    abraços Guerra

    1. Roberto perdoe-me a invasão,mas é por uma boa causa:Guerra, FELIZ NATAL !obrigado.GALOOO
      imo.bh/bsb

  6. Prezados Roberto e Galera!
    Como sempre, transmitiu para muitos o que cada atleticano sente. Nada a comentar, só torcer para que as contratações “dêem liga”
    Quero usar do seu espaço para desejar a você e todos os seus seguidores, meus amigos internautas, um feliz e santo Natal!!! Que Cristo, Luz do Mundo, traga paz a vocês e seus familiares…
    Que o Menino Jesus possa nascer em seus corações e trazer esta luz, que hoje desce sobre a Terra, e que vocês sejam propagadores desta Boa Nova… Que Sua luz possa brilhar no caminho de vocês e servir de consolo aos que tem passado por alguma dificuldade. Que hoje possamos dizer, com o coração transbordando de amor, juntamente com os anjos e todos os santos: Glória a Deus no mais alto dos céus e paz na terra aos homens por Ele amados…
    “Hoje desceu do Céu sobre nós a verdadeira paz”. Fiquem com Deus! Um grande abraço a todos.
    Vicente
    Créditos a quem de direito: Esta mensagem recebi do meu filho, que pela beleza e espontaneidade resolvi usá-la para saldar os nobres colegas internautas.
    Completando, então, que o Natal traga também a certeza de um Ano Novo que supere nossas expectativas de glória. Que o nosso Galo brilhe. O desejo é a conquista das quatro competições. Com fé, quem sabe…
    E, dá-lhe, Galo!

    1. Obrigada. Vejo que o filho escreve tão bem qto. o pai. Ótimo Natal e feliz 2011.

  7. A você, Roberto e a todos os amigos do L&N desejo um FELIZ NATAL e um ANO NOVO repleto de realizações. Um grande abraço a todos, Jota.

    1. obrigada. Desejo-lhe o mesmo. Um 2011 repleto de conquistas, principalmente para o nosso Galo.

  8. É isso mesmo.

    Só nos resta torcer para que cheguem e “deem liga” no time.

    Um ótimo Natal e passagem de ano a todos.

    Abraços.

    @RuyMorato

  9. Roberto,

    Muito verdadeiro o seu ponto de vista!
    No mais, feliz natal e um ano novo cheio de realizações a você, a sua família e a todos os companheiros de L&N!

    E que o nosso Galo encontre finalmente o caminho das necessárias conquistas!
    Saudações!

  10. Este ano apostei no Cáceres que não deu certo. Apesar de que antes de vir para cá fez atuações pífias no Boca, mas pelo que apresentou anos atrás achei que poderia dar certo.

    O J. Campos, tinha minhas dúvidas, nas apresentações que fez contra o Flu na final da Sula em 2009 não me davam esperanças alguma, acheguei escrever isto aqui.

    Já o Mendez por suas atuações nos jogos que assisti, ainda tenho esperanças que renda aqui no Galo.

    Tb. tenho esperanças no Diego Souza. Com uma boa pré-temporada vai voltar jogar como antes, ele e o Daniel Carvalho.

    Desses que estão chegando gosto do Magno Alves. No Flu jogou mt. e no Ceará fez grandes apresentações. Tomara que todos redam o máximo aqui no Galo.

    1. Encerrando a semana, Stela, comungo com a mesma opinião sua, nossas avaliações foram iguais e espero que para o ano vejamos a grande performance do Diego Sousa, Daniel Carvalho, Mendez (se ficar). Que as contratações realmente dêem liga, os atletas da base se destaquem também e possam compor de forma harmoniosa e objetiva com as nossas outras estrelas: Tardeli, Obina, Rever, Renan(s)…
      Para delírio da Massa: aproveitando a sua mensagem da Missa do Galo, com a bandeira do Galo no Altar, na missa do dia 24 aqui em Brasília, às 19:30, o padre disse para os fiéis que era a Missa do Gaaaaaaloooooo! Pode? rsrsrsrs
      E, dá-lhe, Galo!

      1. Êste Padre é dicípulo do Dom Serafim só pode né Vicente.

        Bôas festas para vc e familia

        Stela, também confiava demais no Caceres e no Diego Souza, mas me deixaram chateado o ano todo, vamos aguardar para ver no que vai ser de bom para nós
        Confio no Magno Alves e gosto do futebol do toró, acho o Wesley um jogador que preenche o meio campo e ataque jogando solto, Richarlisson se para de entradas violentas e de levar cartões amarelos e vermelhos, falar menos e jogar mais, mas ainda espero um jogador para ser titular e jogar junto com Ricardinho.
        ,

    2. No Flu o Magno Alves disputou a 3a. divisão (isso mesmo: 3a.!!!)

      No Ceará marcou míseros 9 gols, sendo 3 de penalti.

  11. Fala Roberto.

    Sempre acompanho seus textos aqui no L&N porém nunca os comentei.

    Faço isso agora prq me chamou a atenção do Caso do jogador de ITABIRA. Estou morando em Itabira a 2 anose comentamos muito sobre o falido futebol do Valerio e os jogadores que daqui jogaram nos grandes da capital. Em qual época jogou no America? Talvez eu possa te ajudar a achar o cara. hehehe

    Abraços e Galo Sempre.

  12. Amigo Roberto,
    Passei por aqui agora para desejar a vc um 2011 repleto de felicidades e que o L&N continue sendo este veículo de análises (sempre sensatas) de nossa paixão em comum. Aproveito para dizer que discordo dos que acham que devemos esquecer 2010( pela democracia de seu espaço, discordo mas respeito os que assim pensam), muito pelo contrário é para lembrar sempre. Como esquecer o que o “muleque”(treinador de sexta-feira) fez conosco? Como esquecer a decepção dos gringos? E não foram só estes 4 que estão aí não, teve também o Reinteria(nem sei se a grafia está correta, talvez desinteria seja mais correta). Enfim como somos movidos por esta paixão e ela não se arrefece nunca, vamos a luta sempre.
    Um abraço

Os comentários estão desativados.