ATLÉTICO 4 X 1 TUPI. O DEDO DO TREINADOR ESTÁ NA FOTO!

Um time cheio de virtudes e defeitos.

Ainda nos falta compactação nos setores _ principalmente no meio de campo _ e maior número de jogadas em toques de primeira, fora outros fundamentos que estruturam um bom time de futebol.

O preparo físico ainda não é o ideal e hoje o time se cansou sob um sol de fritar moleira.

Em contra-partida, as virtudes são flagrantes. Nos primeiros 20 minutos de jogo, o Galo alugou o campo do Tupi e construiu inúmeras jogadas agudas em direção ao gol.

As enfiadas de bola que não vimos em nenhum momento de 2010 _ talvez porque o moleque do projeto oco implodiu tudo por aqui _ se vê hoje até com certa facilidade.

E o melhor:  nem sempre vindas do meio de campo, mas também de atacante para atacante.

Depois do instante inicial de muita agressividade, o time cadenciou o ritmo e acabou, por uma dessas fatalidades do futebol, levando um gol quando era senhor absoluto do jogo.

E Dorival Junior, nos vestiários, mostrou porque é considerado um dos melhores treinadores deste país.

Numa decisão temerária e surpreendente _ porque quebra paradigmas _ substituiu 2 defensores (Patric e Werley) por 2 atacantes (Mancini e Neto Berola).

Serginho foi para a lateral-direita e Richarlyson para a zaga. A dupla de volantes que iniciou o jogo foi desfeita. Ricardinho e Renan Oliveira recuaram e compuseram a proteção à zaga, muito bem auxiliados pelo batalhão de atacantes que o Galo tinha em campo, todos voltando para ocupar espaços defensivos.

Um time feito para virar o jogo contra um Tupi com 10 jogadores, uma vez que seu artilheiro tinha sido expulso injustamente.

E Berola incendiou a partida. Além do gol relâmpago, partiu para dentro da defesa interiorana.

Os zagueiros adversários souberam nesse instante que aquele sol do Saara não seria o único a queimar-lhes os miolos.

Neto Berola aterrorizou a todos que ousaram aparecer na sua frente. E atropelou, sem nenhum respeito, um por um. E com direito a um golaço ao final da partida, merecido com todas as honras.

Na minha opinião, apesar de considerar Réver como o melhor em campo, o bom baiano foi o fator fundamental para a virada.

Richarlyson foi expulso _ também injustamente _ e desfalca o Atlético contra o cruzeiro. Uma perda e tanto.

Mas Zé Luis entrou tão bem em campo que ouso dizer que não vamos sentir tanto assim a falta dele.

Devido às “malucas”, mas bem vindas, substituições promovidas por Dorival Junior no segundo tempo, a equipe teve uma característica estranha aos nossos olhos por causa da quantidade de jogadores atuando fora de suas posições de origem.

Mas, por incrível que pareça, manteve os posicionamentos bastante organizados nas quatro linhas e se tornou até um conjunto criativo.

Ter um técnico que entende do riscado e enxerga o jogo faz toda a diferença. Apesar do pouco tempo de trabalho, posso dizer que o Galo já mudou o seu DNA. Entretanto, ainda falta muito para atingir o ideal.

Os destaques positivos:

Réver – Absoluto em todas as jogadas defensivas, ainda encontrou tempo para ajudar o ataque.

Ricardinho – Talvez esteja jogando o que ainda não tinha jogado por aqui. É um comandante ali no meio. Os jogadores, a qualquer hora, vão acabar batendo continência para ele.

Neto Berola – A sua grande arma é a imprevisibilidade. Em cada jogada, um enredo diferente. Belíssima partida.

Magno Alves – Fez um péssimo primeiro tempo, mas se recuperou no segundo ao fazer 2 gols. Se bobear, ele mete para dentro da casinha mesmo!

Destaques negativos:

Serginho – Precisa urgentemente aprimorar os passes, pois se continuar assim, corre o risco de virar banco.

Mancini – Ainda está irreconhecível. Até tropeçar na bola ele tropeçou, embora tenha feito bons lançamentos. Mas está totalmente fora de ritmo.

Enfim, mais um jogo aonde pudemos detectar progressos. Só de ver a equipe atuar percebe-se o labor diário dos muitos treinamentos, inclusive aprimoramento de fundamentos, os quais normalmente não são aplicados no profissional.

O dedo do técnico está bastante nítido na foto!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

32 comentários sobre “ATLÉTICO 4 X 1 TUPI. O DEDO DO TREINADOR ESTÁ NA FOTO!

  1. Noite Roberto e amigos;
    … há muito,não via um time retrancado no tupi-jf,como o de hj.Uma linha de 4 e, outra de 6 jogadores,alugando uma parte inteira do campo, chamando o adversário p/ cima.Diria q/ veio com medo de enfrentar o ATLÉTICO,de levar uma goleada e apostou suas fichas em sair no contra-golpe.Errou feio,não conseguiu seu intuito,e saiu goleado.Azar o deles e valeram os três pts.
    Roberto,como é bom um técnico, ter um banco de responsa ao seu dispor,heinn!!!a história do jogo foi mudada no intervalo,com as substituições promovidas pelo DJr,e com coragem;saca dois defensores e entra com mais dois atacantes,tornando o ataque um míssil voador,tamanha a velocidade de nossos atacantes.Tá provado q/ o lugar do Serginho é na lateral direita,ele é o dono dela por direito.Zé Luis tem de ter lugar neste time,Renan Oliveira tem de acordar, senão perderá seu lugar ao sol , RICARDINHO sem comentários,joga muito,juntamente c/Réver,Magno Alves e Neto Berola.Melhoras sensíveis,podem ser notadas em relação à primeira partida,concordo qdo tu dizes q/ falta compactação entre os setores do time, p/ termos a EQUIPE ideal no ATLÉTICO,mas com o andar da carruagem,chegaremos lá,é isto.
    Três pts ensacolados em nosso alforge,e vamu em busca de mais três!
    ARREBENTAAAAAAAAAA GALOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOÔ…

  2. Difícil acrescentar alguma coisa a seu texto, que está simplesmente perfeito!!! Caraca…

    Vou expor aqui minha surpresa em relação as substituições, qdo o Berola e o Mancini foram anunciados eu fiquei muito feliz, mas qdo vi os jogadores que iriam sair quase caí p/ trás!!!

    Nunca imaginei que o time manteria sua forma depois de tais substituições!!! Algo impensável ano passado!!

    Nesse jogo também tb ficou claro o valor de um banco d reservas, q na verdade são tão importantes qto os titulares!!

    Essa semana vai ser de ansiedade, não vejo a hora do verdadeiro teste!!!

  3. Bom dia Roberto e amigos,

    Sem dúvida nenhuma é um começo de ano melhor, mas muito melhor do que tivemos em 2010. Não digo isso pelos resultados não, até pq é obrigação ganhar essas duas partidas, mas sim pela estrutura demonstrada, pelas atitudes tomadas pela direção técnica, pois hoje sim podemos dizer que temos um comando técnico. Dá pra sentir que todos estão remando juntos para a mesma direção.
    Relativamente ao jogo, Réver e Ricardinho absolutos. Seria redundante externar qualquer adjetivos a esses dois craques.
    Só me permita discordar Roberto, acerca da Neto Berola, mesmo tendo entrado, feito dois gols (um muito na sorte pois chutou totalmente errado), continuo achando que é um jogador que em jogos decisivos, pesados, não vai contribuir muito não. Muito fraco!!! (tomara que eu esteja enganado)
    Vamos em frente…

  4. Prezado Roberto e amigos,

    Vai aí minha humildade opinião. Se, por acaso, alguém acompanha minha opinião, sabe que elas nunca são as mais otimista. Sendo assim, eu continuo preocupado com o time do Galo, o time principal não rende, os 1° tempos estão fracos, estamos tomando gols, essa tática de 3 ou 4 atacantes só irá funcionar contra os pequenos. O time fica muito vulnerável, nas duas viradas jogamos contra jogadores de baixo nível. E o Tardelli? o que está acontecendo com o craque? perdendo gols facílimos. O Magno ALves não vai render com times de alta qualidade, não tem jeito, não tem mais idade. Vcs lembram do campeonato mineiro do FAbiano? mas todos nós sabemos que jogador ele é, não adianta se iludir com o Magno Alves. O JObson está com problemas de horários e o Tardelli não vem jogando, isso me preocupa! Neto Berola fez um partidaço ontem, mas é inconstante e não sabe chutar para gol, vide o primeiro gol. Minha tranquilidade é a zaga, Rever é um absurdo de jogador, e L. Silva vem aí.

    Desculpe- me os mais otimistas, eu também espero um ano muito bom para o Galo, mas meu olhos estão abertos contra uma nova frustação. A grande vantagem desse ano para mim está no banco de revervas, minha maior esperança de uma ano bom chama-se Dorival Junior, nesse eu confio.

    E dá- lhe Galo para cima do lado falido da Lagoa!!!!

    http://www.twitter.com/@rafaelrsilveira

  5. Bom dia, Roberto.

    Na minha opinião, o time continua sofrendo com a maior das deficiências do ano passado, que é o combate no meio-campo. Acho que ainda damos muito espaço ao adversário e consequentemente sobrecarregamos a defesa e roubamos poucas bolas para armar contra-ataques. E isso será muito perigoso contra times de primeira linha.

    Acho que foi precipitada a entrada do Mancini no lugar de um zagueiro logo no intervalo. Pois fragilizou ainda mais a marcação com a recuada do Richarlison. Vc citou as improvisações e uma delas foi catastrófica, justamente com o Rick. Foi sintomática a sua expulsão! Apesar de polivalente, jamais será um zagueiro completo, com o “time” das antecipações. O vácuo no meio-campo estava obrigando os zagueiros a anteciparem. E as duas que ele tentou, resultou em duas faltas e dois cartões amarelos. E por muito pouco não foi pênalti. O jogo poderia ter se complicado. Felizmente o Rever tava monstro e o Zé Luiz entrou bem como zagueiro (uma improvisação que funcionou).

    Sem dúvida evoluimos na troca de passes e nas jogadas agudas. Mas as laterais continuam deficitárias, apesar de o Patrick ter demonstrado qualidade ofensiva e nos cruzamentos. O Tardelli precisa se recuperar. Perdeu três gols fáceis. Mas é até positivo, pois se perdeu é porque voltou a atuar mais dentro da área.

    Abraço

  6. BOm dia, Roberto e Galera!
    Jogo lido com perfeição, como sempre. Vitória justissima pela garra, posse de bola e melhor elenco, claro.
    Mas, ficam duas dúvidas:
    Por que a sina de levar gol? Contra o Funorte, a “entregação” do Cruz Credo fez o 1º gol contra a nossa defesa. O Funorte estava bem no jogo, conhecedor melhor do campo com grama alta.
    Mas, contra o Tupi, que veio retrancado… é inadimissível. No lance, vou ainda confirmar, parece que o Leandro dava cobertura – de longe – e não chegou junto com o atacante, deixando-o chegar sozinho na bola e chutar livre. Dá a impressão que o Ricardinho também não acompanhou o lance. Mas não é a praia dele…
    Então, a primeira dúvida é quanto a levar gol bobo. E contra um time com mais categoria, não sei se conseguiremos reagir.
    A segunda dúvida é sobre o Richarlysso: foi uma expulsão injusta, assim como a do outro time, mas será que vai voltar a ser aquele indisciplinado do Sampa? Isso é sinal de fase ruim. E não gosto disso.
    E, dá-lhe, Galo!

  7. Quase perfeito seu comentário, só discordo das expulsões, para mim as duas justas, já que ambas foram no acumulo de cartões amarelos, Dorival mais uma vez mostrou competência e coragem, tá dando gosto de ver as mexidas no time do nosso professor.

  8. Não acho que as expulsões foram injustas, jogadores é que são inocentes, usam demais as mãos, perdem o tempo da bola e entram de primeira, perdfem na velocidade e não tem atletas no time como companheiro e sim como OLHEIROS o Michel fez a primeira falta sem necessidade no ataque poderia simplesmente cercar o adversário e deixar a marcação para os volantes, e não o fez, na segunda foi falta e para mim violenta, porque na hora que você deixa o corpo de lado para o adversário que vem na corrida é sacanagem, queria derrubá-lo e conseguiu seu intento ahí levou o segundo cartão que sendo 2 dá o vermelho, e olha que este mesmo Michel já tinha feito no meio campo 3 faltas e o juiz quando segue a regra, sequencia de faltas, é cartão amarelo.

    Richarlysson, a mesma coisa do Michel, sequencia de faltas, entrada dura, reclamação, recebeu o cartão amarelo, em uma esticada de bola, quem deveria estar ali marcando era o Leandro, e ele estava somente OLHANDO o Richarlysson, que perdeu na corrida com o adversário, calçou e ainda empurrou com o braço e cotovelo, e quase que seria penalti, falta feia segundo cartão e 2 é vermelho, jogador tem qu saber dosar e saber de suas responsabilidades em campo.

    Serginho com 1 minuto de jogo, já estava segurando o adversário perto da grande área, se não parar com esta mania vai prejudicar demais o Atletico

    Diego Tardelli, se não falarem com ele, vai ser igual 2010, correr para mostrar para a torcida que está dando raça, mas correr sem rumo sem uma meta a cumprir, não e raça, é BOBEIRA é correr sem rumo, na hora que deve dar o combate mesmo, se omite, Jogador de ataque que perde a bola porque tenta driblar e não consegue não pode parar no lance, e espérar juiz marcar falta.
    Faça igual Berola, não tem bola perdida, volta e amedronta seu adversário, só de correr com ele para tentar a tomar a bola, facilita os armadores e volantes a roubar a bola e prejkudica o contra ataque adversário,

  9. Devemos sim,elogiar a mudança de postura no segundo tempo e a vontade do time.Sempre temos que exaltar atuações como a de Réver que ontem foi monstruoso como sempre mas devemos enxergar alguns pontos em que o time precisa melhorar muito.Apesar da goleada o time no primeiro tempo passou a torcida algumas falhas na laterais e no meio campo.Confio no Dorival e tenho certeza quem em pouco tempo ele vai achar a solução para tudo neste time e vai fazer com que ele jogue o melhor possível.Neto Berola provou novamente que é uma peça fundamental no elenco.

  10. Perfeita análise da partida Roberto !
    Acrescentaria apenas aquilo que parece estar voltando a acontecer que é a indiferença do Renan Oliveira na partida , mais uma vez sumiu em campo , na minha opinião ao lado de Tardelli as 2 piores figuras em campo , espero pelo bom senso do Dorival e que ele relacione DS para o clássico de sábado !

    Concorda ?
    abs
    Cristiano Castro

  11. Acho o jogo uma pelada na parte tatica. Quando o time era organizado só faltou a bola entrar na casinha. Depois que o time virou um amontoado de atacantes virou um Deus nos acuda na defesa do Tupi. Discordo quando vc diz que os dois foram expulsos injustamente. Justas as duas expulsões. Faltou destacar pelas deficiências RO10, Tardelli (que ontem estava morto)e Leandro. Nomais concordo com vc caro blogueiro!

  12. Roberto, análise ponderada e lúcida. Colocou os pontos positivos e ressaltou os negativos.
    Sobre o Réver … que jogador é esse? Para mim, muito acima dos demais.
    Alguém precisa falar para o Tardelli que ele é craque e não gênio, se não concentra mais nas jogadas vai virar um jogador comum. Precisa ser mais efetivo. Sugiro assistir aos jogos do Romário.
    O R. Oliviera mostrou muita disposição no 1º tempo, correu, combateu. Já no 2º escondeu do jogo, dos adversários, da bola, das câmeras. Ainda assim, fez 2 ótimas enfiadas de bola, inclusive numa originou um dos gols.
    O Mancine está visivelmente sem ritmo de jogo.

  13. Não tem cocoricó, aqui é galo na cabeça e chuteira no pés. Então vamos juntos massa atleticana embalar as multidões. Galo Oficial nasce com o objetivo maior de levar o grito do massa atleticana.
    Se possível coloque meu endereço no seus links. Abraços alvinegro.
    http://www.galooficial.com/

  14. Temos muito a melhorar…
    Já deu para perceber que o treinador tem opções para mudar o jogo, este para mim é o principal ponto positivo até agora… Começar perdendo assusta, mas ao mesmo tempo anima pois estamos conseguindo mudar a história do jogo com os jogadores que estão entrando…

  15. Robertão, qual sua opinião sobre o texto do Luiz Fernando, no blog do cristian???

    Eu fiquei revoltado, como um cara desses tem coragem de escrever aquilo??? ah tá pode dizer que não temos grandes conquistas, mas comparar com um time que roubou direto de “nois”????
    Ele pode ter querido dizer uma coisa, mas pra mim ERROU feio demais, ele em escrever e o blogueiro em publicar.

    1. Meu caro amigo, muitos de nós, inclusive eu (que fiquei revoltado com o texto e não concordei com nada que está escrito ali), temos de saber conviver com opiniões diferentes das nossas, por mais absurdas que pareçam. E por menos que pareçam atleticanas aos nossos olhos alvinegros.

      Quanto ao Christian publicar, ele vai postar os dois lados sempre, desde que o texto não ofenda ninguém. E divergência de opinião é algo democrático. A polêmica, se bem discutida, sempre será salutar.

      Abraços. 🙂

      1. Roberto, andei lendo os outros posts do sr. Avila lá no blog do Cristhian e o cara tem verdadeira adoração com o flamengo, cita o time do RJ toda hora mesmo sendo num post contra o Tupi(em 2009), em outro ele fala que o Filho dele jogou o boné e a camisa do centenário no lixo, isto quando o menino tinha 1 ano e meio, em outro texte ele diz que o menino assistia um jogo das marias e gritava azul, azul, em outro texto ele diz que o menino olhava para ele como se estivesse dizendo que não queria sofrer sendo Atleticano e que e Pai(ele o Avila) merecia coisa melhor(que o Galo).

        Apenas ponderações minhas….. pra mim urubu em pele de GALO.

        1. Rapaz… Eu fui um dos que não concordou com o que ele escreveu. Até postei um comentário lá dizendo que não concordava, por essa e aquela razão… Não me lembro de outros textos dele… Mas o que você acaba de dizer é grave… Tenho dúvidas de que ele realmente seja atleticano…
          Na verdade o que comentei no texto foi isso: o menino só tem quatro anos, ainda vai decidir para que time vai torcer… O problema real é ele, o pai…
          Termino dizendo que definitivamente quero esquecer o que li ali…
          E o Christian como tem um espírito democrático não poderia deixar de publicar o texto do seu colaborador, mas hoje o texto dele (Christian) é sensacional. Leia!

          1. Minha falecida esposa, era azul cesta basica, uma das minhas filhas debandou para o lado dela, depois que faleceu, ela começou a ir o campo comigo, sem eu pedir hoje é Atleticana de gritar nos jogos, xingar, participar não foi necessário eu mendigar nem pedir nem intimar ela é Galo porque quer, a outra sempre me acompanhou o Neto também a escolha foi dele, andando pela Feira shopping puchou uma camisa preta e branca e saiu arrastando o dono da banca levou uma azul ele não quiz continuou com a preta e branca e ninguem tirou da mão dêle.
            Foi o primeiro presente que ele intimou o dono da loja a dar prá ele e é nosso amigo até hoje (era pirata) mas usava assim mesmo.

            Eu disse para o àvila, ser atleticano é amôr paixão é gostar, e isto ninguem impõe mas também ninguem tira, e nós não imploramos torcedores, quem quizer vir amar se apaixonar que venha para os BONS e será um dêles

          2. Pois é Jota PR, tá tudo lá no blog, basta clicar em Categorias “Boladas” que é o nome que ele deu a sua coluna, que aparece os textos escritos por ele, comecei a ler e fui linkando uma coisa na outra, normalmente o cara escrevia após uma derrota, e o texto dele derrotado acabava passando por mim despercebido, afinal ficamos todos com a “cabeça cheia” ao perder, só que desta vez ele escolheu a hora errada de soltar suas perolas, pois depois de muito tempo parece que temos um Clube mais organizado e com reais chances de ganhar algum titulo.

        2. Diz ai Ronaldo,td bem ?;
          …assim como o Jota e, muito outros q/ postaram seus comentários lá no Terreirão,ao ler o texto,interpretei-o, como se estivesse falando em marketing,projeção da marca GALO no País e fora dele,títulos etc…,causou-me asco em ver o mesmo, usar o ¨frashit¨como espelho p/ isto,a instituição é a menos indicacda p/ este fim,por tudo de negativo q/ ela representa em termos de administração e afins .Até ai td bem,mas ontem, o Daniel Lansk postou um comments[#14,no texto em resposta a este aqui referido,feito pelo Christian que aliás, tem o dom da palavra,o cara sabe como colocá-las no papel,fantástico!],onde ele indica um link.Ao abrí-lo,fiquei em estado de putefação geral,sabe porque;o cara do blog do ¨frashit¨ um gozador, até o último,utilizou deste mesmo texto do ávila[minúsculo proposital] p/ zoar com a nossa cara.Quer dizer, um ATLETICANO de verdade, NUNCA daria munição p/ o ¨inimigo¨,como ele o fez.Só tenho uma palavra p/ expressar-me : LAMENTÁVEL,ele pode se sentir ATLETICANO,mas a imprenssão q/ me passou, é que NEM TANTO ASSIM,diria q/ é um simpatizante…do ATLÉTICO e torcedor de carteirinha do ¨frashit¨.Seus próximos textos, serão muuuuuuito bem aceitos pela galera de agora p/ frente,podes crer!
          Abs e saudações ALVINEGRAS …

          1. é isso ai KRIKO, se esse avila voltar a escrever no blog, pode ter certeza que eu vou ser um que vou fazer questão de lembrar a galera, das suas “admiração” pelo time da tv globo.

  16. Prezados,

    não quero parecer pessimista, mas não estou tão animado quanto a maioria da torcida com o início de temporada do Galo.
    Só gostaria de lembra que no primeiro semestre do ano passado fomos campeões mineiro enquanto o cruzeiro foi humilhado pelo Ipatinga em pleno Mineirão e eliminado da Libertadores antes do que a maioria da crítica imaginava. Já no Brasileiro, quase caímos para a série B enquanto eles garantiram mais uma vez uma vaga na Libertadores.
    Não vamos nos animar com jogos contra times reconhecidamente inferiores tecnicamente, com investimento infinitamente menor e sem expressão qualquer no cenário nacional. Os nossos parâmetros de avaliação precisam ser mais severos. Nessa primeira parte do ano, considero que apenas os jogos contra Cruzeiro e América no campeonato Mineiro e os confrontos contra times da Séria A na Copa do Brasil é que poderão nos indicar até onde poderemos chegar em 2011.
    Em outros jogos, corremos o sério risco de nos iludir com o resultado do futebol apresentado pelo time. Um amigo lembrou muito bem do campeonato mineiro que o Fabiano fez no ano passado. Quando pegamos o Santos na Copa do Brasil, ninguem ouviu falar dele. No Brasileiro então…

    1. Caro Gustavo,

      Apesar de ainda não estar tão otimista por causa da insistência na escalação errada nas laterais, “queimando” sempre uma substituição no segundo tempo, peço permissão para discordar apesar de respeitar sua opinião. No ano passado, o time Campeão Mineiro foi totalmente desmontado e os jogadores contratados chegaram contundidos, sem condições físicas e outros sem a menor condição de jogar no Atlético (e alguns ainda permanecem no elenco até hoje). O nosso adversário regional não venceu nenhuma competição e o consolo de classificar para Libertadores acontece todos os anos para enganar seus simpatizantes. O Atlético ficou no mesmo nível da maioria de outros grandes Clubes do Brasil, exceção para Fluminense, Santos e Internacional (Campeão da Libertadores). Os demais não ganharam NADA, apenas participaram das competições.
      Vamos aguardar a evolução e aproveitar o Campeonato Mineiro para acostumar com as vitórias.
      Rumo ao Bicampeonato!
      Saudações Atleticanas.

      1. Ademir,

        Respeitando sua opinião, mas já discordando, prefiro, com toda certeza, participar da Libertadores do que da copa do brasil. É muito melhor jogar a libertadores, sem ganhar nada, do que a copa do brasil, sem também ganhar nada… Falar que o Galo ficou no mesmo nível dos demais times é uma verdadeira falácis. Lutamos desesperadamente para fugir do rebaixamento. Não se esqueça disso…
        Mas vamos em frente

  17. Amigos, só sinto, que tem alguns que querem que seus jogadores seja os melhores, e ficam dizendo jogadas que fazem, sem na verdade, não terem feito nada em campo.

    Gostei do Berola, mas nem por isto foi o Rei do jogo, claro que mudou o modo de jogar do time, driblou deu passes cruzou e marcou l gol de sorte, o outro muito bonito e mostrou que com ele não tem bola perdida, que acho muito bom em um jogador de futebol, ajuda aos colegas.

    Magno Alves, realmente no primeiro tempo não foi grandes coisas, mas não afinou para o jogo, tentou, só não estava acertando e ainda teve a reprovação do Tardelli, isto é ruim, reclamar de jogadas do companheiro, para que todos vejam, mas melhorou demais no segundo tempo tabelou trocou passes, voltou ajudou na marcação, acho que no primeiro, estava sentindo pela entrada do adversário nele, logo no inicio.

    Mancini para mim, não fez nada, ou melhor, tropeçou na bola umas 2 vezes, errou passes bobos, tentou mas não chutou, não cruzou quando devia, e sempre tentava dar mais um toque na bola, prejudicando, ele é capaz, tem futebol, mas como Stela disse, está fora de rítmo, concordo, porque faz tempos que não jogava, mas vai ser de muita valia.

    Serginho, mal no jogo, segurando, entrando de primeira, muita correria, mas sem produção, tem que conversar com ele para corrigir

    Tardelli, também chamá-lo, a um canto e mostrar os erros dele, assim poderá consertar, ele sabe, não esqueceu, tá bem fisicamente, então é posicionamento, e a cabeça que não está funcionando.

    Werley, para mim, não estava mal, jogando o feijão com arroz que ele sabe, alguns colocaram culpa no gol para ele, é uma pena porque estas pessoas, não olharam a jogada, apenas olharam o Werley, porque já tem em suas cabeças que tudo de ruim é Werley.

    O Gol, Bola lançada na ~direita, Patric não estava na sua posição, Rever saiu na cobertura, foi driblado, o cara cruzou rasteiro, o atacante fez o pião encima do Werley mas nenhum dos 2 tocaram na bola, ela foi para o Michel cury e quem estava na marcação dele e não fez nada foi o DR leandro lateral esquerdo do Galo, mas culparam somente o Werley, acho que vão culpar também o pobre do fogo nos barracões das escolas de samba no Rio, podem esperar.

    Minha opinião sobre clássico com uma torcida, acho que o Kalil tá certo, assim ano que vem vamos jogar no Independencia com uma só torcida, num é bão.

  18. Olá, Roberto e demais amigos! Assim como a maioria, também acho que as duas expulsões foram justas. E devemos salientar que o árbitro foi coerente em seu critério. É bom o Sr. Richarlysson redobrar a atenção e evitar o excesso de faltas, ou então vai prejudicar o nosso Galo ao longo das competições. Ele é um jogador diferenciado e possui muitos recursos: não precisa usar do expediente da força para sobressair.
    No mais, parece que os reservas mandaram bem no jogo-treino contra o Itaúna ontem. Mas, para variar, o R.Bueno passou em branco. Não gosto de pegar no pé de ninguém (como é caso de boa parte da torcida que persegue o Werley), mas acho que já perdi meu último lastro de esperança em torno do Ricardo. Afinal, ele teve muitas oportunidades, não? O que será que o galo pode esperar desse jogador?
    Por fim, gostaria de fazer uma pergunta: podemos confiar na dupla de zaga Werley e Lima para o clássico de sábado?

  19. Perfeita sua análise, compadre. Só discordo quanto as expulsões, que para mim foram justas. E na minha opinião, o Richarlyson forçou a expulsão, foi muito estranha para um jogador com sua experiência e categoria. Mas deixa pra lá!
    Concordo com os amigos que disseram que não devemos nos iludir com essas duas vitórias, pois de fato foram contra equipes inferiores. Mas esses mesmos amigos que foram prudentes, deveriam também não criticar alguns jogadores e tampouco dizer que o time causa medo. Isso foi incoerente, né?! Se não podemos nos iludir com os pontos positivos, menos ainda temos que criticar algum defeito inicial. O Dorival está testando opções, e a hora é esta mesmo.
    Sei que se o GALO vencer as marias no próximo sábado (e vai), mesmo não jogando um futebol envolvente como foi nos primeiros 15 minutos do 1° tempo contra o Tupi, a galera vai falar que o time será campeão brasileiro. rsrs… E eu, sinceramente, acho que se o GALO meter 5×0 nas meninas, não devemos nos iludir também. Pois o time delas é muito fraco. E se o GALO vencer por 1×0, não fez mais que sua obrigação.
    Torço muito para que o Patric não jogue o clássico, pois se isso acontecer, o Serginho “garantirá” sua vaga na lateral-direita. Não sai mais!!!
    Réver é espetacular!
    Werley não teve culpa do gol, apesar de ter levado um drible de corpo VERGONHOSO do “Zé Balanga Beiço”… imagina quando for um jogador de futebol? Mas isso é normal, por isso disse que ele não teve culpa, afinal, o cara não escolhe nascer sem saber jogar bola. Mas a culpa maior foi do buchechudo (como diria o mestre Guerra). Lamentável esse cara ainda ser titular no GALO, mas tá difícil mesmo achar outro lateral. Outro que deveria estar alí era o Richarlyson, mas ainda falta entrosamento dessa galera alí de trás. E faltou respeito ao fraco ataque do Tupi também.
    Magno Alves vai continuar arrebentando, pois ele não é jogador de Campeonato Mineiro não, como disse o amigo mais acima.
    Neto Berola parece ter resolvido seu problema físico. Isso é ótimo!
    Patric bêbado e contundido é melhor que o Cruz Credo. Mas será reserva do Serginho se DEUS quiser!
    Renan Oliveira está assustado com a concorrência, não tem personalidade esse garoto… ainda!
    Ricardinho é craque, sem mais!
    E o Tardelli? Deixa pra lá!

    Abração!

    1. Concordo com você meu amigo, Rever é um cracão, joga muito, mas também tem sua hora de falha, como já teve Pelé, Zico,Didí,Gerson,Luizinho,João Leite,Tafarel e o Guerra.
      O Rever simplesmente levou um drible do cara do tupi, que jogou sozinho na esquerda, cruzou, como quiz, afinal não tinha NINGUEM lá para impedir, né, o Patric ficou no meio campo, e o Rever foi driblado, cruzou como quiz, rasteiro e bola devagar, MAS WERLEY LEVOU O DRIBLE também, e como não tinha NIGUEM NA ÀREA até o Guerra colocava a bola pra dentro da casinha.

      E para completar, o Zagueirão querendo aparecer, (gosto de zagueiro—Zagueiro ) despingolou para o ataque, achando que ia resolver sozinho o problema, e acabou trazendo um problema para o time, SERÁ QUE JOGA NO SÁBADO, ruim criticado bundudo não sobe nas bolas altas falha, leva dribles, mas o Werley tá sempre ajudando o time, mesmo nas horas CRÌTICAS, e necessárias como em um clássico, quem não tem Francisco o Chico mesmo serve.

  20. Para quem não sabia:
    Eron, rescindiu o contrato antigo com o Galo, e assinou outro contrato, com vencimento para 2014 tomara que volte a treinar, com vontade e fé, raça e força, assim poderemos ter pelo menos lateral esquerdo, porque o Leandro PQP só não é pior porque Diego Mace e Rafael Cruz não deixa.

    Luiz Eduardo, zagueiro, 23 anos contratado, putzzz, o cara já passou por 8 times, foi do Uberlandia, porque não chamar de volta o Samuel que está em Portugal, foram emprestar o Elton Felipe, era só conversar com ele, bater um papo no cantinho lá do campo e mostrar para ele que zagueiro é zagueiro, não pode descer, desimbestado para o ataque, senão prejudica o time e o Clube, não estava jogando no Mogi Mirim, tomare que dê certo, senão é mais um dinheiro indo para o ralo.

    Torcida única, isto não existe pela lei, quem quizer ir lá e comprar ingresso, pode, se não venderem, chame a policia, porque é discriminação e é crime.

Os comentários estão desativados.