BANDEIRAS, CAMISAS E AS BOAS AMIZADES…

Vesti minha camisa listrada e fui. Passei no supermercado para comprar bebidas e ri por dentro pelo orgulho de ostentar aquele escudo. Não era dia de jogo nem nada. Era, sim, o fim de semana do aniversário de 103 anos do nosso glorioso Clube Atlético Mineiro.

Pelas ruas da capital mineira, fiz questão de contar quantas outras camisas do Galo eu via. Juro que perdi a soma. É que descobri que o melhor mesmo era prestar atenção no ar altivo, o peito estufado daquela gente andando na rua vestida de CAM. Coletivamente, senti que cantávamos o hino do Galo. Em silêncio, todos entoávamos “Nós somos do Clube Atlético Mineiro”.

Cheguei na porta do prédio e fui recebida por pessoas muito bem vestidas, assim como eu. Tinham nos olhos aquela alegria inexplicável. Porque, convenhamos, como explicar que cem pessoas de origens tão diversas, com histórias tão diferentes, reúnam-se em um sábado à tarde e sintam-se como uma grande família pelo único fato de amarem o mesmo escudo centenário?

Mas é certo que a conexão existe e é tão real que quase dá para pegar no ar. Homens e mulheres de toda idade, de todo jeito: mansos e brigões, sérios e engraçados, gente que gosta de artes e gente que gosta de BBB, mas todos apaixonados, todos amantes do soberano time das Alterosas.

Churrasco mesmo, acho que nem vi. O tempo era pouco para tanta prosa, e poucos os braços para tantos abraços, e poucas câmeras para tantos sorrisos. Teve bolo e parabéns. Teve música e muita dança.

Quando tocamos nosso segundo hino, o samba “Vou Festejar”, na voz da Beth Carvalho, alguns vizinhos do prédio ao lado apareceram na janela. Com medo de estarmos incomodando, até pensamos em baixar o volume.

Era realmente estranho: nas quatro janelas de quatro apartamentos, olhos curiosos nos olhavam. Entre eles, uma mãe segurava seu bebê e um senhor de cabelos brancos apenas observava. Em poucos segundos, começaram a sorrir. Depois, a rir. E quando alguém colocou o hino do Galo para tocar, puseram-se a dançar e bater palmas. Ô festa! A mãe rodava com o filhinho no colo, o senhor só faltou pular para junto de nós!!

E, no meio daquele mundo de braços e vozes, senti minhas pernas falharem. Por isso me sentei e desisti de dançar. Porque há momentos tão lindos que é melhor parar para ver. E há imagens tão impressionantes que só mesmo de fora é que se podem enxergar.

Como aquele último gol do Marques em seu último jogo pelo Galo, na final do Campeonato Mineiro de 2010, em que ele tirou a camisa, arrancou do chão o mastro do escanteio e construiu sua própria bandeira, e a beijou e balançou e chorou.

Pois agora, passado um ano da despedida de Marques, a cena das pessoas na festa dançando com os vizinhos me abriu os olhos para algo impressionante: ali na minha frente, quase invisível e ao mesmo tempo tão inconfundível, tremulava a bandeira do Clube Atlético Mineiro.

De repente se fez tão claro: a bandeira do Clube Atlético Mineiro é feita dos pedacinhos que somos nós!

NOTA DO BLOGUEIRO: Esta é uma história real. No dia 26 de março de 2011,  em evento idealizado por Pedro Couttinho, em Belo Horizonte, atleticanos se reuniram para comemorar os 103 anos do Clube Atlético Mineiro. Muitos se viam pela primeira vez. Mas 15 minutos para nós são como 15 anos. Todo o evento foi esplendidamente organizado pela Renata Araujo, auxiliada pelo Rodrigo, Guerra e outros atleticanos  roxos… ou pretos e brancos.

PARA SEGUIR A COLUNISTA NO TWITTER, CLIQUE >>> @anacrisgontijo

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

53 comentários sobre “BANDEIRAS, CAMISAS E AS BOAS AMIZADES…

  1. Para os Atleticanos o tempo sempre será “pouco para tanta prosa, e poucos os braços para tantos abraços, e poucas câmeras para tantos sorrisos.” Parabéns prá toda a galera!

  2. Nossa!! Que texto maravilhoso! De verdade, ate me emoconei!queria eu, nesse dia estar ai no meio dessa massa alvinegra. Lindo! So o Glorioso pra fazer de pessoas tao diferentes, uma so família alvinegra. Gaaaalllloooo, Sempre!!!!

  3. Não sou de dar ibope para os amigos por meio de blogs, mas venho aqui mais uma vez dizer que valeu a pena entrar e ler um bom texto.

    Só atleticano mesmo para reunir cem pessoas com um unico ideal que é o nosso GALO.

    Foi muito bom o evento e espero que no próximo a turma cresça! O importante é reunir a galera, curtir uma boa cerveja, uma boa conversa fiada e FALAR DA NOSSA PAIXAO!

    TODOS SÃO BEM-VINDOS! AQUI NÃO À PANELA!!!

    Roberto, espero que no próximo você APAREÇA! hehehehe

  4. Galera, a foto aí acima foi tirada logo no ínício do evento, por isso tem tão pouca gente. Eu mesma fiquei de fora. Snif…
    Depois a galera foi chegando e tinha bem mais gente. Mas não sei se tinha mais ou menos de 100. Eu chutei o número porque achei que era só um detalhe. Devia ter escrito 103, hehehe.
    Obrigada, Davi, Couttinho e Wanderley, pelos comentários.
    Obrigada, Roberto, pela confiança de me pedir pra escrever. Quando um troço destes cai no meu colo pra fazer, eu tremo! Porque estou escrevendo no blog do autor do único texto sobre o Galo que me fez chorar convulsivamente, e que depois me fez chorar de novo em alta voz TODAS as vezes que li: o seu texto que fala do título de 1971. Só de lembrar me dá um nó na garganta. Por isso, e não apenas por isso, a responsa é grande. E ter recebido seu convite para escrever este texto me fez sentir honrada.
    Um abraço de amiga e fã,
    AnaCris

  5. Que dizer diante das palavras da minha amiga Ana Cris???
    Que dizer diante da felicidade sentida ao ver cada amigo chegar ao nosso lar para celebrar o Maior das Alterosas??
    Só posso agradecer pela honra de poder fazer parte dessa família que me acolheu com “todos os braços e abraços”!!!
    QUE VENHAM OS PRÓXIMOS ENCONTROS!!!!

  6. Tininha,
    Que vontade de estar lá! No próximo me chama que eu vou com você.

  7. To morrendo de inveja ,que coisa linda como eu queria estar ai .Parabens a todos os ATLETICANOS.

  8. Eu não sei escrever lindas palavras para dizer o que foi a nossa festa Ana, mas ainda bem que temos vc pra nos emocionar e em um texto belo dizer o que sentimos…o orgulho de sermos ATLETICANOS!!!

  9. Era segunda-feira. O dia mal (ou seria mau? rsrsrs) começou e peguei um trânsito inacreditável, inescrupuloso, indescente.

    Tinha tudo para ser um dia daqueles. Mas, ao chegar no escritório o twitter me revelou uma grata surpresa: era um texto da @anacrisgontijo no blog do @robertocfilho.

    Um texto que redirecionou meu humor e que conseguiu o que eu acreditava ser impossível: sentir-me mais orgulhoso ainda de ser ATLETICANO!!!

    Fui ao churrasco nas escuras. Não conhecia um só filho de Deus pessoalmente. Alguns pelo twitter. Mas, como disse a Ana no seu texto, bastaram quinze minutos para parecer que os conhecia há quinze anos.

    Sinto-me um privilegiado por ter tido esta oportunidade!!!

    1. Obrigada, Marco Polo! Fico muito feliz que um texto tenha melhorado sua segunda-feira… rsrs
      Quanto a dizer que para atleticanos 15 dias são como 15 anos, quem falou isso foi o poeta chefe. Foi ele que escreveu a nota final explicando a ocasião do texto.
      Seja bem-vindo a este nosso bando de apaixonados alvinegros.
      Um abraço e tenha uma boa semana. :o)

      Aproveito para agradecer a todos os comentários. :o)

      É GALO doidoooo!!!

  10. Não poderia esperar algo diferente, mais um belo texta da Ana.

    Escreveu justamente o sentimento e a imprensão que eu tive do encontro.

    Como é bom celebrar, e comemorar com pessoas que, compartilham comigo do mesmo sentimento.

  11. GALÔ!
    “…a bandeira do Clube Atlético Mineiro é feita dos pedacinhos que somos nós!”
    De alguma forma nós, os que não puderam ir, também estávamos lá…
    Eu, por exemplo, era um pedacinho minísculo (não me viram, não? rsrs), lá num cantinho da nossa bandeira, tremulando ao vento junto com todos vocês que somos nós: GALO!

    1. Jota, esta parte do texto ficou confusa. Na verdade, não havia bandeira tremulando. Eu olhei e vi a bandeira formada pelas pessoas pulando e dançando. Porque a bandeira do Atlético Mineiro é feita dos pedacinhos que somos nós. Eu devia ter explicado melhor… hehe
      Mas um abraço ao meu amigo escondido aí no Paraná. E também aos seus filhotes alvinegros.

  12. O evento foi show de bola!
    Excelente texto, escrito por quem teve sensibilidade para descrever o belo encontro.
    Destaco a presença de várias crianças, que são nosso futuro!
    E assim seguimos contagiando multidões, de gerações a gerações…

  13. Sem palavras, se tentar falar, as lágrimas correm.

    E a familia sempre aumentando, começou, com uns, mais outros, mais outros, quando falavam, encontrar na 5ª palmeiras e eu retrucava, palmeira não, palmeira é rival, vamos nos encontrar nos coqueiros, Bar do Galo, do Peixe, grade marron, era só uma cerva e para entrar todo mundo junto, dentro do saudoso Mineirão, ele se foi, derrubaram, mas a nós, ninguem derruba, quanto mais tentam, mais aumenta a familia, que agora, mesmo fora dos estádios, arruma um meio de nos encontrarmos, e ahí a resenha tá feita, churras e cervas, refris e sucos, musicas e Hino, não poderia faltar.

    e em 13 (é Galo) minutos se conhece, muita gente, se faz amigos, que vão perdurar por muitos anos, igual nosso Galo.

    Ana Cris, Bem lembrado dos visinhos, doidos para se achegar a nossa turma e a nossa alegria, as crianças, como o Paulo Chico disse, meus filhos, se interagindo com todo mundo, mais que avontade felizes e brincando, e os Marmanjos se misturando aos pequenos, para brincar com eles, lembrando dos tempos passados.
    Só você mesmo Ana, para descrever tintin por tintin nossa festa, a resenha e que ela se multiplique, sempre e sempre, é a nossa alegria é uma de nossas felicidades.

    1. Boa tarde Guerra…………….. Vc é aquele ali da direita olhando de frente? De camisa branca?

      1. È esta figura sim, Cassiano, na foto, da beldadizinha, estou atraz dela de lado.
        Mas não assusta não, amigo, é a idade que chega.

        Mas foi bom demais, o Neto é o primeiro de camiseta branca, sentado, na primeira fila

        Fizeram uns videos bonitos demais, cantando, parabens, o hino e vou festejar.
        Nesta foto tá faltando mais um punhado de gente, chegou após a foto, geral.

        1. Foi facil te achar no meio da turma…………….. é o unico que aparecem em 2 fotos segurando um copo na mão………… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk por isso que a cerveja tá subindo tanto de preço………………….. Abraço Guerra………

  14. Boa tarde.
    Quando os marias acham que certos jornalistas estão pegando pesado com o timeco falido e com elas,logo elas cobram deles e exigem respeito. Acessem:http://www.youtube.com/watch?v=tObkV7TEhIo
    e vejam o porque que todos da imprensa NÃO FALAM MAL do timeco falido e sua torcida
    E VIVE SEMPRE ARREBENTANDO COM O GALO E NOSSA TORCIDA, INCLUSIVE A ITATIZEIRO!

    SE VCS NÃO PARAREM COM ESSE NEGÓCIO DE TEXTO BONITO….PAIXÃO E BLÁ…BLÁ… E NÃO DEFENDER OS INTERESES DO GALO, JAMAIS SEREMOS RESPEITADOS.
    hOJE ATÉ O DADA, NO ALTEROSA ESPORTE RASGOU ELEGIOS AO TIMECO FALIDO E MONTILLO. ESSE BOBÃO CHEGOU AO PONTO DE PEDIR O ANÃO DE JARDIM PARA NATURALIZAR O MONTILLO A BRASILEIRO, DIZENDO QUE ELE JOGA DEMAIS….E TODA MASSA GOSTA DELE.
    iSSO É OU NÃO É UM DESRESPEITO AO GLORIOSO E NOSSA MASSA?
    ACORDA GENTE!!!

    1. Concordo plenamente.
      O mais inaceitável é que quem dá, no mínimo, 70% de aundiência para todos os orgãos da imprensa mineira é a torcida do GALO. E nós não reclamamos!
      Enquanto meia dúzia de simpatizantes que mal acompanham o time do coração faz protesto e reclamam de uma coisinha ou outra. E o que essa imprensa tem feito com o GALO é uma vergonha, e isso ocorre TODOS OS DIAS.

    2. Q mané de texto bonito, que blablabla, Júlio César? Quando estamos bravos por aqui vc não entra, né? Vc leu o texto q escrevi sobre a Globo e a CBF (A VERDADE NUA E CRUA SOBRE O IMBROGLIO DO CLUBE DOS TREZE, SEM MEIAS PALAVRAS – 26/02/2011)?

      Vc leu o texto q escrevi sobre a imprensa mineira (A MÍDIA MINEIRA SOB O FOCO DA CÂMERA ATLETICANA – 17/02/2011)? Não, né?

      Então deixa de se achar o único antenado na defesa das coisas do Galo, pois pelo q vejo, vc só lê aquilo que vc escreve.

      Grande abraço. Continuamos amigos do mesmo jeito.

    3. Caro Julio Cesar,
      É com respeito que me dirijo a você. Não o conheço e não sei das suas convicções. Portanto, é para falar das minhas convicções que aproveito seu comentário e respondo.
      Primeiramente, eu me importo, sim, com o tratamento que vem sido dispensado ao CAM pela imprensa esportiva mineira. Acredito piamente que o fato de eu ser paranóica não significa que não nos persigam de fato. Ando preocupada com o destino das negociações das cotas de TV, com o desmantelamento do C13. Mas, com todo respeito, eu não preciso provar isso para ninguém. Eu me importo e pronto. Também não acho que deva direcionar minha vida para bradar aos 4 ventos que acho um absurdo isto e aquilo. Sabe, chega um momento em que as pessoas que gritam demais perdem a voz, seja porque as cordas vocais já não aguentam, ou porque simplesmente passam a ser ignorados, tidos por loucos, obcecados.
      Há tempo de cobrar e há tempo de celebrar.
      Eu não deveria ter que lhe dizer isto, mas ESTE ÚLTIMO FIM DE SEMANA foi tempo de celebrar. Não estamos em guerra de verdade, com vidas em jogo, e mesmo os soldados em guerra, feridos de alma e de corpo, encontram dias para celebrar e cantar a vida.
      Eu não gostaria de ter que pedir licença para cantar meu amor ao meu clube e aos amigos que ele, o meu clube, me deu.
      Se você quer gastar seu tempo de torcedor entrando entrando em blogs e dizendo que não se alegrem, porque existem problemas a serem resolvidos, eu não posso lhe convencer do contrário. Mas eu, Ana Cristina Mendes Gontijo, celebrarei com todo o meu sentimento no dia em que meu coração se sentir feliz, e me posicionarei contra abusos no dia em que me sentir pesada.
      Hoje, eu estou leve. Se quiser, venha se alegrar conosco.
      Se não, não me peça companhia.
      Hoje eu só quero ser grata por toda a alegria de ter encontrado estas pessoas queridas em minha vida.
      Teja convidado.

      Um abraço,
      AnaCris

    4. Julio,
      Já te respondí, algumas vezes, mas parece, que não deve ter lido.

      Eu quando tenho que criticar, vou direto na ferida, e sem dó, sem piedade, falo e grito para todos me ouvirem, mas aquí e agora, não acho que deveria.

      Estamos e queremos comemorar a data de nosso aniversário, do aniversário do Galo, da nossa festa.

      Já disse uma vez, e repito, Fala diretamente com a CBF hoje mesmo postei criticas a eles.
      Mande lá para a itatiaia que é o seu alvo, posta seus comentários lá, xinga e critica, mas diretamente a eles, afinal acho que não veem aquí para ler os seus comentários, e eu ~tenho outros pensamentos que não é o seu, acha que eles são viboras, pare de escutar a itatiaia e seu funcionários reportesrtes narradores.
      Se acha que é o Estado de Minas, pare de comprar o jornal, e sabia que eles tem e-mail, mande pra lá, critica e xinga.
      è a Alterosa, mande sua raiva e criticas prá lá, é com eles que tem que falar, não conosco, coloque aquí comentarios sobre os textos.

      Se quer saber, eu postei comentários em todos os blogs de torcedores, da globo.com quando começou o problema do clube dos 13 foi em cada um e tive resposta de muitos torcedores.

      Pense no que falou, escreveu, e no momento, e a maioria dos comentaristas, passam por cima dos seus comentários, porque é mesma lorota de sempre, colocada, em lugar errado.

      Se quizer, tô aceitando os xingamentos, mas só até 2014 depois não aceito mais.

    5. Não sei se por falta de maldade minha ou se foi porque eu estava como a Ana Cris disse: em estado de graça pela data tão especial para nós Atleticanos…
      Mas o fato é que nem percebi a irônia do Júlio Cesar para com os belos e IMPORTANTES textos que são postados neste espaço. Nada a ver uma coisa com a outra, Júlio. Se você não consegue ser feliz pelo simples fato de ser Atleticano, lamento, não sabe o que está perdendo.
      E o mais importante foi colocado pelo Roberto, que você nunca aparece quando o seu asunto predileto está em pauta.
      Aqui, como em outros blogs, a PAIXÃO ALVINEGRA é sempre exaltada. E siga também os conselhos do Guerra: Mande seus xingamentos e revoltas diretamente para os orgãos de imprensa, não que acho errado você postar aqui, pelo contrário, acho importante, mas não ironize textos poéticos, pois, não há time que mereça mais que o GALO!

      Grande abraço!

  15. Gostaria de ter ido, mas eu estava a 150 km dps do fim do mundo. Mas dá pra ver que tinha gente pra carvalho…
    Na próxima espero estar presente

  16. Belíssimo texto! E imagino como deve ter sido igualmente belo o encontro dos Atleticanos.
    Como disse o Guerra, começou com uns e outros e agora a “resenha” vai se tornando oficial.
    E quem duvida que em 2012 essa festa alvinegra não estará multiplicada?
    Espero poder ter a oportunidade de estar presente também… mas tenho de tentar conciliar a festa de aniversário do GALO com o da minha filha Iasmim, que teve o previlégio máximo de nascer no dia 25 de março…rsrs.

    Grande abraço e parabéns à todos os Atleticanos que honraram nosso GALO com essa festa.

      1. Rsrs… Não tenho o que reclamar! Na verdade, é até bom, compadre, pois vou preparando meu coração de pai e Atleticano. Emoção em dose dupla! Eita! hehehe

        Abração!

  17. Pelo jeito,¨ a festança foi das boa¨hein,hein…! rsrs ,a julgar pelo descrito no texto,e pelas fotos foi de uma irmandde só.Eiiitaaa…ferro,sô ! gostaria de um dia poder participar,te juro que sim!Apesar do tempo corrido…um dia aqui,outro acolá; quem sabe…querer é poder,né não? Isto é, se me convidarem,lógico,rsrs…

    .Ps: ÔÔÔWW… Guerra… ,tú és aquele que está no lado esquerdo da foto, no alto do que parece ser uma marquise? se for ,tú és forte prá dedéu meu amigo,rsrs…

    1. Amigo Kriko,

      Sou, esta figura perto da bandeira com o centro branco, de camisa branca, de goleiro numero 1 com 1 copo de suco na mão, e abaixo sentado o Neto de camiseta branca.~
      Só não pode assustar.

      Tem vários Videos, no canto do parabens, com direito a bolo, na musica, vou festejar e na hora do Hino, que não poderia faltar.
      Esta foto foi tirada, mas depois chegou + um punhado de amigos.
      Foi muito Bom.
      Na foto da lindinha cm a camisa do Galo, filhinha do Amigo Paulo Chico, estou atraz dela de lado, camisa branca e sempre com o copo de suco.

      1. Captei,amigão !!! agora poderei reconhecê-lo caso, nos cruzemos pelos caminhos da vida,e poderemos levar um dedo de prosa,né naum ? E parabéns pelo netão, Guerra…!saúde e paz para ambos.

        . Deste copo de suco que tú tens na mão,¨passarim¨ deve beber dele não,acertei?rs…

        1. Fiz o teste Kriko…………….. Peguei uma amostra do copo do Guerra e coloquei no bebedouro do Canarinho que tenho aqui em casa, o bichinho quase morreu de sede.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          1. Tadim du bichim,Cassiano ! não te espantes se, de agora para frente,teu canário ao invés de emitir sons canoros,passar a cantarolar: ¨tornei-me um ébrio…no suco do Guerra …busco a encontrar…aquela ingrata q eu amava e me abandonou¨… e por ai vai.Daê, tú terás uma raridade em tuas mãos,o primeiro canário boêmio, que já existiu na face da terra…eiiiitaaaaaa!!!rsrs

            . Fique na paz aê, Cassiano…Saudações Alvinegras.

            1. Adivinha qual o nome da fera de agora em diante? Guerra, no bbedouro só daquela agua. Mas se ele se tornar boemio vou ter que comprar oculos escuros pra ele….. Se não, não tem como ir ao torneio. kkkkkkk

              1. hehehehe.Boaaaaaaa…Cassiano!Mas, não vá esquecer-te do chapéu ¨panamá¨,marca registrada nos boêmios.hausaushaush…

                1. Cassiano e Kriko, Amigos,
                  O canarinho, deve tá cantando até agora, suco de cevada com malte, coloca qualquer um alegre, Vide o Roberto, companheiro daquí das resenhas e horas de trocar umas idéias.
                  Canarinho, não vai cantar, se não “batizar“ a agua dele, e se falar meu nome, cantando, não assustem, é boêmio dos bãos, olha só os pé, mocassins brancos, e calça de linho bem frizada se possivel o 120 hahaha

                  1. Guerra……………. pior é que parou de cantar………… deve tá de ressaca…………. só no fim de semana coloco o suco batizado pra ele animarkkkkkkkkkkkkk. Abraço amigo,

  18. Bonito texto Ana, parabéns a você e ao nosso Galo.

    Gostaria de ter ficado sabendo desse evento também, pelas palavras da Ana, foi bacana demais.

    Pessoal, vocês assistem aos jogos do Galo juntos em algum bar?

    Abraços a todos.

    Obs: Roberto, não “falo” muito aqui, mas estou sempre lendo seus textos. Gosto muito do seu jeito de pensar o jogo e principalmente da sua maneira de escrever.

    1. Agradeço demais os elogios na parte q me toca, meu amigo. Siga lendo o L&N e quando puder, deixe o seu valioso comentário. É um prazer recebê-lo aqui. Abraços.

      Ah, normalmente o pessoal assiste aos jogos do Galo no Bar do Salomão, na Serra. Mas tem outros lugares que não sei te informar. 🙂 🙂

  19. Tem como ler um texto desse e não se emocionar?
    Palavras e texto perfeito pra descrever um encontro inesquecível!
    Parabéns aos que organizaram e a todos que foram! Parabéns @anacrisgontijo e @robertoclfilho!!!!!
    Bjs!

  20. Espetáculo de texto Ana. Fui pro churras com o mesmo espírito e sabia que lá, a paixão pelo glorioso seria compartilhada por atleticanos de verdade.

    Concordo com teu comentário em reposta ao Júlio César, este final de semana erá pra ser celebrado e o fizemos muito bem. Uma legitima festa alvinegra.

    Adorei conhecer todo que só tinha contato pelas redes sociais… Precisamos urgente que a Kombi vire uma Van pra todos irmos juntos aos jogos.

    Um beijo
    Bimbim

    Galo Sempre – Life’s for sharing

  21. Eita povo Atleticano! E eu aqui, no exílio tocantinense…

    Ser Atleticano é a melhor coisa do mundo! Bacana demais essa união que a Massa tem. Essa família é bonita demais, sô!

    Me orgulha, poder fazer parte desta família Atleticana, juntamente com pessoas tão honrosas, como vocês, Ana e Roberto.

    Obrigado, por deixar os exilados tão próximos da realidade Alvinegra!

    Meus sinceros agradecimentos. Abçs!!

  22. Poxa vida ! Ta certo que eu to a 100 Km de Belo Horizonte, mas se me convidassem eu teria ido com o maior prazer !!! 😦
    Não se esqueçam de mim da próxima vez !

    Abraços a todos

    PS.: Agora é o Jobson que tá indo embora ! Vixe to com medo do pessoal invadir a arena e trucidarem o Bueno :/

  23. Boa noite a todos !
    Mas é claro que eu tenho mandado e muito todas minhas observações para toda imprensa. Tenho recebido e-mails de vários jornalistas, dentre eles : Júnior Brasil, Guto rabelo, Leopoldo siqueira etc… Eu escrevo nos blogs é justamente para despertar os torcedores para os fatos.
    Nada contra os textos!
    O problema é que nós atleticanso somos acomodados! Tem muitos anos que não comemoramos um título de grande importãncia. Aceitamos tudo calados. Ao contrário dos marias que já comemoram va´rios títulos importantes e sempre estão cobrando da diretoria e dos jogadores. Ninguém faz chacota com o timeco falido e com os marias!
    Quando a imprensa começou a pegar pesado com o timeco falido os marias protestaram…manifestaram… e por isso são respeitados e temidos.
    E quando se trata de Atlético e nossa massa, todo mundo tira uma casquinha.
    Acredite pessoal que o dada que é pago p/ defender o Galo e nossa massa ele não defende. Faz defesa e elogios a todos os clubes e sua toricda exceto a ao glorioso. Ele chegou ao ponto de pedir ao anão p/ naturalizar o montillo dizendo que esse moço joga demais e que os perrellas são os melhores e que o Fa´bio é melhor goleiro do Brasil etc… quer dizer defende mais as cores azuis do que o próprio vibrantinho.
    Na itatizeiro é vergonhoso que fazem com o Galo . enfim, é galo contrab tudo e contra todos.
    E até a nosso técnico está remando contra nós, com essa doentia insistência com Renan Oliveira, serginho, Ricardo bueno, jackson etc… em detrimento dos craques que forasm contratados que n]ão tiveram chances como esses protegidos do DJ estão tendo.
    Enquanto vocêws estão só preocupados com os textos…. os nossos melhores estão indo embora e não está chegando ninguém.
    Obina, Diego Souza, Tardelli e Jóbson já se foram. QUEM SERÁ O PRÓXIMO?

    1. Vc não leu nada do que foi respondido. Vc só lê o q vc mesmo escreve. 🙂 🙂

      Então deixa pra lá. Mas não se esqueça, para defender o Galo (como vc o faz mto bem), é preciso olhar para os lados e identificar companheiros na mesma luta. Ensejar ações sozinho é como repetir as aventuras fantasiosas de Dom Quixote!

      Abraços, amigo.

  24. Só uma observação; essa imprensa fez de tudo para desestabilizar o Jóbson. Todos os dias o Jóbson era defamado nos programas esportivos como baladeiro etc…
    Recentemente os jogadores do timeco falido: Diego Renan, Edcarlos, Montillo, Pedro Ken e Dudu foram barrados na Boate Chalezinho.
    Os outros estavam chegando e foram avisados por telefone e tomaram outro rumo
    Fonte:http://blog.chicomaia.com.br/2011/01/25/jogadores-barrados-na-boate-chalezinho/
    e NINGUÉM DA IMPRENSA COMENTOU !!! Eu entupi de mensagens todos os programas e ninguém comentou. Quer, os caras aprontam e continuam sendo valorizados p/ uma eventual venda.
    Só pra vcs terem uma idéia. O Montillo está sendo enaltecido por todas imprensa mineira pela atitude que tomou….gol oferecido ao filho isso é salutar.
    Mas quando o tardelli fez um gol contra o timeco falido e fez aquela comemoração dedicada a filha, essa mesma imprensa o condenou, dizendo que ele está tirando sarro na torcida azul e o caso foi parar no tribunal.
    Tirem suas conclusões!

    1. Meu caro Julio Cezar,

      Não é a imprensa que nos prejudica, e sim nos mesmos nos prejudicamos.
      Agora mesmo a nossa torcida está contra tudo e contra todos lá do Galo, você mesmo, tá postando ahí, criticas a diretoria, nos casos de jobson e diego souza, nem DEUS ajuda estes ahí meu caro, e que sejam felizes para onde eles querem ir, que é o Rio, pelas suas beleza, que aproveitem bem lá, pena que não é da nossa maneira e sim de coisas que gente séria, não faz.

      Se quer saber, agora mesmo já postei comentario, lá no site do Galo, e com minhas palavras, que não procuro aliviar, e sim ir direto no machucado.

      Faça sua parte, sem xingamentos e críticas construtivas, coloque lá alguns comentários.

      E para mim, não quero saber de nada do time do lado de lá da lagôa, local escuro e obscuro e nem da tropa que vive ou vegeta lá

Os comentários estão desativados.