A NOITE QUE NÃO TERMINA.

Todos nós atleticanos estamos perplexos.

Sinceramente, creio que a coisa é bem mais complexa do que imaginamos. Tenho bem marcados em minha memória momentos iguais a este em que vivemos.

Foram vários, de uma tristeza profunda, de muito desencantamento. Já tive vontade de abandonar definitivamente essa paixão absurda pelo GALO. Mas está além das minhas forças.

O que ocorreu com o GALO nos últimos 40 anos? Venceu campeonatos de segunda linha: regionais e sulamericanos. Chegou a bater na porta de um título de expressão algumas vezes, mas as portas não se abriram.

Onde estará a origem dos nossos males? Por que o GALO não dá certo? O que falta fazer para que os astros se alinhem a nosso favor? Enfim, onde é que erramos?  Onde está a origem de nossa desventura?

Seriam a forma e a intensidade com que torcemos? Seria a nossa paixão, que sufoca o objeto desta paixão? Ou ansiedade para finalmente comemorarmos algo que tenha o valor daquilo que nos julgamos merecedores?

Seria soberba de nossa parte, por não nos contentarmos com um título regional, de vez em quando, e não nos sentirmos realizados por conseguir permanecer na série A?  Será que, na verdade, não passamos de um clube de segunda linha, e exigimos dele o que nunca poderá nos proporcionar?

NÓS SOMOS O CLUBE ATLÉTICO MINEIRO.
Isso nós já sabemos. Mas quem somos nós?

Neste momento, não tenho resposta a esta pergunta. Talvez devêssemos perguntar a alguém distante do Clube Atlético Mineiro. De preferência, alguém que não sinta desprezo nem muito apreço por nós e que esteja interessado apenas em nos ajudar nessa descoberta.

Precisamos saber o que somos, o que queremos e como faremos para atingir o objeto de nossos desejos. (“Querer é poder”, diz o adágio.)

Para mim, tudo começou numa fatídica tarde-noite de um domingo, há muitos anos atrás. Possuíamos uma equipe de futebol encantadora. Estávamos encantados e encantávamos. Éramos a melhor equipe do torneio nacional.

O título era nosso, por direito, pois ninguém nos vencera. Entramos em campo apenas para colocar a faixa de campeão. Tínhamos mais de dez pontos sobre o adversário. Mas não jogamos, não fomos “O” Galo. O gol não saiu. Empate sem gols. Pênaltis decidiriam nossa sorte. Para o adversário, isso já era vitória; jogou com fibra, raça e muita violência. Nosso melhor jogador não pôde participar do espetáculo, pois o “poder” não permitiu. A história teria sido outra com Reinaldo? Não sei. Trememos? Não sei. Confesso que estava lá, mas permaneço não sabendo. Sei apenas que perdemos, PARA NUNCA MAIS NOS ENCONTRARMOS. Isso foi em 1977.

Talvez todos nós ainda estejamos parados naquele domingo, sentados naquela arquibancada molhada, olhando para o gramado sem entender nada, por não acreditar no que aconteceu. Creio que todos nós, os milhões que somos, o CLUBE ATLÉTICO MINEIRO… ainda estejamos lá. A noite chegou e não fomos embora.

PERPLEXOS , presos por aquela noite que nunca termina, aguardamos o amanhecer de um novo dia que não chega!

PARA SEGUIR O COLUNISTA NO TWITTER, CLIQUE >>> @jotagalo

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios

42 comentários sobre “A NOITE QUE NÃO TERMINA.

  1. Certa vez eu li uma crônica na revista Placar, daquelas de última folha, no qual eu nunca me esqueci. É uma pena que tenha perdido o nome da crônica e principalmente o nome do autor, mas isso foi em meados de 2001, quando a revista era semanal. Pois bem, o autor era torcedor do Internacional e todos se lembram como o Inter naquela época era uma verdadeira draga. Vivia sempre à sombra do Grêmio, que fez dos anos anteriores uma hegemonia monstruosa. Uma frase, repetida foi: “Pq eles sim e nós não?” . usou essa frase se referindo ao chute do Aílton q deu o ítulo de 96 ao Grêmio e comparando com a final de 88, perdida pelo inter. E a repetiu em vários outros trechos.
    Mas onde eu quero chegar é no seguinte: há uma parte da crônica em que ele cita o Atlético. Acho que vou me lembrar quase que inteiramente das palavras:
    “Assim como o Inter vive a sombra das derrotas que viveu recentemente, o Atlético-MG ainda é assombrado pelas derrotas de 77 e 81. Derrotas essas tão doídas, que continuam a assombrar a vida do Galo e que certamente pesam no inconsciente de sua torcida num momento de decisão”.

    Fantasmas do passado. É necessário exorcizá-los de alguma maneira.
    Parabéns pelo texto

    1. Essas duas partidas representam um trauma enorme, talvez por que foram derrotas mesmo sem termos perdido. Em 77 foi um empate e em 81 foi um assalto que deveria envergonhar todo o Brasil, mas só a nós incomoda. O poder corrompe os poderosos e corroi os oprimidos. Até quando?!

    2. Alexandre,
      O Inter, ficou um bom tempo, também, na fila por título Nacional.

      Se organizou, arrumou internamente, se modernizou, pegou emprestado o plano de sócio torcedor do Galo (sabia) fez lá e teve êxito.

      A partir da hora que teve os pés no chão, organizado, começou a era, dos títulos, que todos sabem, e até já passou o rival deles o Gremio, neste quesito TÌTULOS

      Acho que o Kalil, vai conseguir, hoje o Galo, é um exemplo de administração e uma lástima no caso de TIME de futebol.

      Tentar eles tentaram, mas não foram felizes, não deram SORTE, espero que esta sorte caia no nosso caminho.

      1. Mas o internacional tem sócio-torcedor e não torcidas que se dizem organizadas e ficam bringando uma contra outro, uma querendo tomar torcedores da outra, se o Atlético tivesse uma torcida participativa e unida com certeza as coisas poderiam ter acontecido antes, mas infelizmente só entrar um presidente que dá dinheiro para as torcidas organizadas que elas ficam caladinhas!!!

        1. ste sócio torcedor, se quer saber, o plano todo, foi pedido emprestado do Galo, pelo sr. Fernando Carvalho.

          Porquê o Galo, iniciou um plano torcedor e houve a incoerencia, já que o Galo não tem estádio, como faria sócio torcedor, com estadio pertencente a Estado.

          Mas temos sim 2 ótimos clubes, que o Atleticano poderá ser sócio, Vila Olimpica e Labareda e assim ajudar o Galo.

  2. Olha, sinceramente esse texto é um dos mais lindos que ja li. Tem hora que penso que nós torcedores do Galo já vamos para as decisoes derrotados, ou seja vamos ao campo mas preparados para voltar derrotados. Me lembro de uma semi final entre Atlético e portuguesa. O Galo precisava da vitoria simples o time fez 1×0 no mineirão e termina o 1 tempo. Ai eu pensei: “nem acredito que o Galo vai para a final.”. (acredito que esse pensamento deve ter corrido pelo estadio.) Veio o intervalo e de repente uma forte chuva e volta o segundo o Galo toma a virada e empata ao fim. Tenho lembranças desse dia, talvez o mais doído para mim presenciamente.

    Tenho fé no Galo, as vezes a lógica não vinga e quem sabe amanhecemos num lindo dia de sol com um titulo nacional em nossa sala de trofeus?

    1. Eu estava no Mineirão neste dia. Semi-final do Brasileirão de 1996. O pior foi ver a Portuguesa virando o jogo em um lance fora da área, mas que o juiz deu pênalty. Foi um dos dias mais tristes da minha vida. Grande decepção. Torço tanto pela virada de página, pela superação. Tenho a sensação de que os ingredientes existem: falta um planejamento correto e uma mudança de postura. Foi possível para o Inter, portanto penso que pode ser possível para o Galo! É por isso que continuo torcendo.

  3. Para ajudar a responder aos diversos questionamentos reflexivos do Jota, tenho a dizer:

    1 – Várias e sucessivas administrações incompetentes e vergonhosas que o Galo teve de lá pra cá, contribuíram para nos deixar distantes dos títulos.

    2 – Também fomos roubados escandalosamente em várias decisões. Nem vou dizer quais, pois todos estão cansados de saber.

    Abraços. 🙂

    1. Caro Jota, pode ter CERTEZA de uma coisa: Se o Reinaldo tivesse jogado aquele jogo de 77 , teriamos feito gols, pois eu estava indo em TODOS os jogos e o REI estava metendo gols de tudo quanto é jeito. Ele obteve em 77, a melhor media de gols da historia do campeonato brasileiro, que jamais será igualada.

      Quanto a nossa realidade atual (existe isto ?),que me perdoem a franqueza, mas antes de pensarmos em titulo, temos de pensar em montar um bom time(coisa que ainda não temos).

      Precisamos de 4 jogadores no meio de campo que saibam correr, marcar, tabelar, chutar de fora da área, fazer lançamentos, etc…

      COnseguindo isto, aposto que os laterais vão aparecer para o jogo,os atacantes vão ter com quem tabelar, e a defesa ficará mais segura.

      Na minha opinião, o basico é o meio de campo, o resto se ajusta.

      UM abraço a todos atleticanos.

  4. Como é possível que o Atlético chegue a este ponto, é lamentável a falta de inteligência na hora das contratações. Eu até hoje quero entender qual o critério da diretoria para ter demitido o Zé Luiz e o Ricardinho? Já que eles foram mandados embora por quebra de hierarquia então por que eles contrataram o Jóbson que todo mundo já sabia que iria dar problema, até porque a própria medicina diz que uma pessoa viciada não larga o vício de uma hora para outro, não existe este negócio de o cara dar uma fumada ou uma cheirada e depois largar, ele é um viciado, e o Kalil sabia disto.

    Outra coisa é o que mais me entristece é que o Atlético está sondando o Belleti para reforçar a lateral direita, se isto acontecer será uma das piores contratações do Atlético. Belleti não jogou nada desde que chegou ao Fluminense, além de ter ficado a maior parte do tempo contundido, e quando esteve em campo não deixou saudade. Acompanho muito o futebol do Rio de Janeiro, e os comentarista de lá estão pedindo a saída do Belleti desde o ano passado.Mas o pior é que o ano passado, quando o Belleti estava rescindindo o contrato com o time europeu o Atlético foi o primeiro clube a procurar ele, e ele além de ter xingado via twitter uns jornalistas que disseram que ele estava vindo para o Galo,o mesmo disse que o sonho dele era encerrar sua carreira no Atlético, e poucas horas depois ele estava acertado com o Fluminense. Vamos parar com isto Kalil, jogador tem de vir para o Atlético para jogar bola, e não para aposentar e encerrar carreira, se for pra encerrar carreira faz um jogo amistoso, mas jogar o campeonato brasileiro inteiro? Será que o Alexandre Kalil está doido? O Belleti é um traidor e é um chineliho, o cara desde o ano passado teve umas 5 contusões , e já faz 10 anos que o Belleti não joga nada!!!!!!!!!!

    1. Só lembrar que o time de sua afeição, azul cesta basica, também erra e muito

      Jael, Camilo, Jones, Kieza, Pedro Ken, Edcarlos, Fabricio Carioca, Danilo zagueiro, Reis, Naldo, Farias, André Dias, e vários outros

      Jogador não tem selo de qualidade, e o ser humano, é cheio de altos e baixos, e ninguem sabe o dia de amanhã e nem os numeros da mega

  5. Texto incrivel. Acho que todo Atleticano pensa isso, infelizmente as derrotas que sofremos nos assombram até hoje. Sou novo, não vi as derrotas de 77,81,87… mas é algo incrivel que me faz sofrer pelo meu pai que estava nessas decisões e por toda a torcida.
    O motivo para mim não está tão longe de se entendido, como o Roberto falou, adiministrações ruins e assaltos sofridos pelos homens de preto ajudaram muito para a nossa queda.
    Mas do mesmo jeito que sofro por essas derrotas e pelas derrotas de hoje, confio e acredito que este jejum vai acabar e isso não vai demorar.

    VAI PRA CIMA DELES GALO!

    1. Lembrou bem os “homens de preto”. Só que agora eles pouco usam o preto. Preferem as cores “berrantes”. Afinal, garfarem o Galo agora não dá Ibope mais.
      E, dá-lhe, Galo!

  6. Ah J.!!!!!! quando essa noite for embora e nascer o segundo sol ( Elen Campos Munaier), o mundo vai ser pequeno pra nós J. Aprendi uma coisa………. Quando as coisas são mais dificeis de se conquistarem elas têm muito mais valor…………… Mais que tá demorando isso tá.

  7. Olá Roberto,

    Já leu isso?: http://cristadogalo.blogspot.com/

    Mascaram o tempo todo as limitações do Clube atlético Mineiro, limitações que foram instaladas a muito tempo atrás, que é reposta para tantas desclassificações vergonhosas em retas finais de campeonatos para times grandes ou pequenos, o Altético deixou de ser grande faz tempo, só na cabeça da torcida o clube é grande, se auto- iludindo acreditando em tudo que parece ser mais não é, vai ter um monte de cego que vai reclamar deste texto, estes é que prejudicam a instituição de dar a volta por cima, mascarando toda a sujeira implantando no coração do clube, vimos em 3 anos de Kalil os mesmos erros do passado, houve uma melhora em alguns pontos, mas longe de fazer o Galo campeão, muito longe, a medíocridade que de forma lenta vem se instalando no clube nos deixou cego ao ponto de bater palma pra tudo e pra qualquer joão sem braço e quem critica leva fama de não torcedor do Galo ou menos torcedor, não se pode levantar falsos! não se pode questionar a presidência, tudo é otimo,o CT, o presidente, o conselho, todo mundo bem intencionado…. eu acredito em papai noel e duende verdade agora, Eu não sou iludido, você ai que leu este texto e? se acha que não é enxergue que o Galo se encolheu com os anos e hoje estamos medianos, só temos torcida e um jejum historico que nenhum clube grande passa, então meu caro, não tem nada bom, ta tudo ruim, e tem que melhor muito, ma sé muito, e só com títulos o Galo pode voltar a ser do tamanho que era, nada mais, não adianta ludbriar com historinhas que não cola mais, o torcedor é iteligente!

    Saudações a todos!

    Galo!

  8. Boa tarde Amigos do L&N !

    OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

    Turma do batiZEIRO

    Ontem Emanuel Raposa disse: “O cruzeiro tem a china azul do futebol e agora a china azul do vôlei. Já passou da hora da diretoria do cruzeiro criar uma alternativa para comportar essa imensa e apaixonada torcida do vôlei cruzeirense!

    Programa Minas esporte

    Hoje a Dimara mariposa azul disse: “Michael, foi vítima de homofobia, não só neste jogo, mas em todos os jogos. Porque só agora contra o cruzeiro, a justiça entrou no caso?. Só pode ser para desestabilizar o cruzeiro”

    Fábio Pinel: “É verdade Dimara, essa situação vem ocorrendo desde quando o Michael jogava no Santander-Banespa. Na verdade querem prejudicar o Cruzeiro que é um candidato fortíssimo ao título”

    Flávio carvalho: “homofobia acontece em todos os esportes. Quero ver se o MP vai intervir quando isso acontecer nos jogos de futebol. A torcida está no direito dela. Como que a PM e a justiça vão proibir a torcida de gritar…Só amordaçar as bocas de cada um. Concordo com vocês, querem desestabilizar o cruzeiro”

    Jogada de classe

    Léo Gomide: “ A diretoria do cruzeiro não tem que reclamar das condições do gramado, onde será o jogo de logo mais contra o Estudiantes. Porque não reclamaram das condições dos campos da Colômbia e Estádio do Villa Nova(Castor Cifuentes)

    Hércules Santos, setorista do Galo, comprou a briga dos cruzeirenses e disse: “ Você está enganado. O Campo do Villa não é igual a esse pasto! A diretoria do cruzeiro tem toda razão de reclamar. Isso não é campo, é um pior do que um pasto.

    Orlando algusto: “ Léo, esteve em SP durante 30 anos, por isso você não conhece o campo do Villa.

    Hércules santos: “ Quem vai sair no prejuízo é o time do cruzeiro que é mais técnico”

    Léo Gomide: “ Não penso assim. Vai prejudicar os dois times. O Estudiantes tem um time técnico também”

    Léo Gomide: “ Se estado do gramado está ruim porque a diretoria do cruzeiro não procurou a conmembol para reclamar antes do tempo determinado?”

    Cláudio Resende, setorista do timeco falido direto da Argentina disse:
    “ Orlando e amigos, está saindo daqui de Bueno Aires três anos lotados de cruzeirenses. Com isso a torcida azul será igual ou maior do que a do Estudiantes”

    Gente, esse tal de Hércules Santos (rádio globo) é mais um torcedor do timeco falido e amigos dos irmãos metralha é por incrível que pareça é setorista do Atlético. Ano passado, assim como toda imprensa, esse perrellista foi proibido de entrar no CT do galo para fazer uma reportagem. Insatisfeito com a situação ele disse no programa Panorama esportivo (rádio globo):

    “A diretoria do Atlético está achando que o clube é um Barcelona ou um real Madri? Há 40 anos que o clube não ganha um título de expressão e fica criando obstáculos para a imprensa trabalhar”

    Espero que todos tirem suas conclusões!

    1. Júlio César, acompanho e concordo com muitas das suas colocações. Você já tentou levá-las para a diretoria? Qual o retorno obtido? Eles lhe informaram quis as providências tomadas em nome dessa massa de apaixonados?

  9. . Jota ! fantasmas do passado, rodam o CAM há muito tempo,isto é real.Parados ficamos e, parados estamos até hj.Tem um ditado popular que diz;¨quem vive do passado é museu¨,corretíssimo quem disse isto,só que este alguém esqueceu-se que:nos museus, em meio as antiguidades,existem vários exemplos de inspirações.Um artista para buscar inspiração e tornar sua obra uma relíquia,primeiro ele tem de pensá-la,repensá-la e só depois exprimí-la em sua tela.Que quero dizer com isto: as pessoas que ¨pensam¨o CAM,estão presas no tempo, a um passado o qual, tu te referes,no teu refinado texto.O ATLÉTICO ficou parado no tempo,mais precisamente nas décadas de 70 e 80,onde pessoas que lá estavam pensavam,repensavam e nos deram algumas obras de arte,que só não foram eternizadas,por conta de ¨marchans¨muito dos mau intencionados.O mundo girou,e continua girando;décadas se foram, outras vieram e, o CAM preso ao passado.Isto tem de mudar,as mentes dos artistas ALVINEGROS,precisam evoluir e antes de tudo pensar grande.Enquanto estiverem agindo como amadores[assim era o futebol à três décadas atrás] e vislumbrando a horta da vizinha,como sendo mais verde que a deles,não produziremos nenhuma obra de arte que preste.Haja visto nossa categoria de base,qual foi a última vez que ela nos presenteou,com uma tela onde podíamos ver: um Cerezo,um Marcelo Oliveira,um Angelo,um Paulo Isidoro,um Heleno e a relíquia maior,o REI- José Reinaldo de Lima ? faz muito tempo que não produzimos nada,e contratamos errado aos montes. Caso não se tornem artistas profissionais do futebol, continuaremos: – ¨PERPLEXOS,presos por aquela noite que nunca termina[…]¨, não veremos o amanhecer da NOVA ERA ALVINEGRA chegar.:-(

    . Abs JOTA, Saudações ALVINEGRAS, parabéns pelo vosso refinado texto.

  10. Mudar esta situação não é fácil! Mas de uma coisa eu tenho certeza absoluta: Não é de cabeça baixa que vamos conseguir.

  11. Gostaria de esclarecer algo para quem leu o texto acima:
    Escrevi-o no dia seguinte à nossa desclassificação da Copa do Brasil pelo inexpressivo Grêmio Prudente. Creio que vocês podem entender meu estado de ânimo naquele dia. Por isso o tom pode parecer um pouco pessimista, totalmente contrário ao meu jeito de ser.
    Nunca perdi a esperança no NOSSO GALO, que já me proporcionou muitas alegrias. Mas ainda sou aquele menino que em 1977 teve o grito de É CAMpeão retido na garganta. Não vejo a hora de soltá-lo. Talvez a vida tenha me reservado uma alegria ainda maior: poderei soltá-lo a todo pulmão, ao lado dos meus filhos que nutrem como eu, talvez mais, essa paixão avassaladora pelo GALO!
    Valeu moçada!

    1. Na verdade verdadeira mesmo, eu fui o responsável por um certo atraso na publicação deste fantástico texto do Jota. Como já tinha o texto do Coruja na frente e depois a análise do jogo contra a Caldense _ e anteontem acabou surgindo o lance da infeliz resposta do Alvaro Damião sem que esperássemos _ a crônica do Jota só pôde ser postada hoje.

      Mesmo assim, considero-a atemporal, pois trata de anos de sofrimento, embora eu considere que o estado de espírito do cronista no momento em que escreve influi no resultado final do texto.

      Porém, postada ontem ou hoje, será atual. Só espero que a tristeza contida na crônica do Jota seja esquecida amanhã, quando as conquistas vierem e tenhamos só alegria para curtir.

      Abraços.

      1. Que Deus lhe ouça ,Roberto! que Deus lhe ouça…! assim seja,AMÉM.

        Abraços.

        1. Roberto, ‘postada ontem ou hoje, será atual.”

          Que não seja atual se postada no futuro.

  12. Parabéns pelo belíssimo texto Jota Galo. De arrepiar.

    Esse alvorecer que tanto esperamos é aquele de todos os dias antes do jogo do Galo. A preparação com a família, amigos, vizinhos. A cervejinha gelada. O grito gutural. A fila pra comprar ingresso. O verde do gramado. A bola que rola. A Massa. E o Alvinegro Querido entrando em campo. Só falta o time, os onze.

    Talvez seja realmente essa noite de 77 o ponto em que tudo parou. Mas um dia ela há de passar, pois, enquanto rolar aquele alvorecer, estaremos lá a prestigiá-lo, pois que a vida é mais.

    Agora, no hoje, nesse minuto, no presente, mesmo apagando da memória a semana passada, ando preocupadíssimo com esse time, viu!? Tá uma baba, não?

    Saudações alvinegras e Galô!

  13. @@@@ É JGALO , EU CRIANÇA TAVA LÁ …….. E AINDA ASSISTIA E PEGAVA BOLA ATRAS DO GOL DA VILA OLIMPICA NOS TREINOS DO GALO…. MORAVA ATRAS DA VILA……….. ACHO INCLUSIVE QUE ESSA DECISAO FOI A PRIMEIRA DA TRINCA DE ZICA BRABA NA VIDA DO GALO… A SEGUNDA E A TERCEIRA FORAM A FINAL DE 1980 E O JOGO DECISIVO DA LIBERTAS CONTRA O FLAIMUNDICIE… CONFESSO Q JA ME SENTI COMO VC DIVERSAS VEZES , MAS CONFORME VC DISSE , ESTA ALEM DAS NOSSAS FORÇAS……………….

  14. È amigos,
    Muitos não acreditam, mas eu acredito, e ninguem vai conseguir a tirar, estes pensamentos, da cabeça de um burro veio, EXISTE AZAR COMO EXISTE SORTE.

    Tem pessoas, que esbanjam, transbordam até entornam de sorte, eu conheço, uma senhora, assim, quando ela joga no bicho, perto de mim, eu guardo meu dinheiro, senão vou inteirar o dela, ganha sempre, e eu não, ela já ganhou na loteria, ganhou nas lotecas, ganhou um carro sorteio lá em Divinopolis (exposição) ganhou uma TV em um SMercado aquí perto de casa, e eu não, joga nas maquinas de caça níqueis, sempre falam que ela, ganha demais, então acredito piamente.

    O Felicio Brandi ex presidente dos azuis, concordou, há anos atraz que tinha pedido um pai de santo, para fazer mandiga contra o Galo, ONDA, ZUAÇÃO, MITO, LOUCURA, PIADA, BRINCADEIRA, SEJA LÁ O QUE FOR, mas depois disto, eles montaram um timão, e passaram a ganhar, e ganhar, e o Galo, não consegue se acertar, por mais que tenta, tenta, mas não acerta.

    Não acredito nesta que torcedores falam que as diretorias querem enganar os torcedores, tem nada disto não, afinal, todos que entram lá são Atleticanos, então estariam enganado a se próprio, aconteceu sim, muitos ex presidentes, erraram demais, outros quizeram aproveittar e sair cm algum dinheiro, afinal o vil metal, consegue virar qualquer cabeça do ser humano.

    E a pressão por títulos é tanta, que a torcida, não tá nem ahí se tá acertando na administração, ela só quer título, só pensa em título, e ainda vem os cetas basica e zuam, que não temos títulos, ahí sim, que a torcida fica louca por títulos.

    Só acho que uma hora, se fôr alguma coisa que colocaram, isto vai acabar, e quando virar, ainda quero estar vivo.

    Mas se nossa torcida esquecesse o lado frio da lagoa, escuro e obscuro, parassem de preocupar com o lado de lá, acho que seria, já, um meio caminho,

    1. Bom dia,
      Concordo plenamente com você, Guerra. Hoje vi uma manchete de notícia na Globo.com que atleticanos se infiltraram na delegação azul para torcer para o Estudientes.
      Isso não é paixão pelo Galo. Isso é esquecer as nossas deficiências e torcer para o outro não dar certo. E temos é que melhorar o nosso lado, esquentando-o ainda mais, sem se preocupar com a frigidez do lado de lá.
      Vamos torcer contra, sim. Mas pensando incialmente em fazer a nossa pate. E o Galo não tá fazendo. Veja a situação atual no mineiro: Perdemos pontos tolamente, e ficamos para trás na classificação. Agora temos que torcer por uma derrota das marias para alcançar o 1º lugar. E a nossa parte? Alguém está preocupado em fazer? O papo no elenco é ganhar e torcer contras as marias. Será que eles vão entrar em campo para fazer a diferença?
      Por que não se focam em garantir o nosso lado? Por que não tiram a diferença de 9 gols para, pelo menos cercar todas as chances? Alguém acha que aquele time que ganhou de 3 do Estudientes, sem contar com o cérebro do time, vai perder para o Zebu, que está caindo pelas tabelas?
      Tenham paciência.
      Muito bom o seu comentário.
      E, dá-lhe, Galo!

  15. Vou botar mais lenha na fogueira, infelizmente não temos em nossos quadros de futuros candidatos a presidente do GALO, um cara que alie Inteligência, influência, capacitação administrativa e conhecimento futebolistico, vivemos a mercê de Atleticanos apaixonados, como Kalil, Ricardo Guimarães, Ziza, Nélio Brant, entre outros, não me xinguem tenho certeza que todos estes estes são tão apaixonados pelo GALO, como qualquer um de nós.

    E esta maldita(ou bendita) PAIXÃO, cega a todos, ou alguem acha que Kalil agiu com a razão ao apontar a porta dos fundos para Diego Souza???? ou a demitiu Ricardinho e Zé Luiz no auge da sua razão???? Não, negativo, é como se todo jogador tivesse que AMAR o GALO assim como nós amamos, e ao menor sinal de rebelião ou desprezo, agimos igual a marido traido, queremos é sentar a mão na fuça da traidora.

    Uma vez li um texto, dizendo que nós Atleticanos, exigimos que todo zagueiro, seja Luizinho, que todo volante seja Cerezo, e que todo atacante seja Reinaldo, E É A MAIS PURA VERDADE, queremos que sejam como eles, na tecnica, na raça e no amor ao CAM, só que isso meus amigos, NUNCA, NUNCA MAIS VEREMOS.

    Ou nasce do nada, um Diretor competente, para nos guiar, com todas, eu disse TODAS as competências citadas acima, ou vamos continuar a ver, uma nação inteira, sofrendo com amadorismo a frente da direção do MAIOR TIME DO MUNDO!!!!!!!!!!

    Sim, amadorismo, pois Kalil FALA uma coisa e FAZ outra, prometeu que não viria barca mais ao GALO, só um iatizinho, e olha o que a gente vê, hoje a solução para o GALO esta sendo de novo a base junior e base de 2010, porque não foi contratado um só craque, pra ficar com a 10, e o resto ficava com o time de 2010 e os reforços vindos da base???????

    é não tem explicação…….

    1. Vamos lançar a campanha: Cristian Munaier para presidente do Galo! É jovem, trabalhador, atleticano, sensato e reúne conhecimentos sobre administração e esporte.

      1. Eu voto no Comandante, CM

        Mas temos que saber se ele se encaixa nas exigencias do estatuto do clube

        Mas seria um ótimo nome, torcedor e com pensamento da Massa

        Mas no primeiro erro, ( porquê ele não é infalível) será criticado

  16. Jota, Jota, meu amigo, acho que você tem toda razão. Também não sei que mal nos aflige, mas sua suspeita tem muito fundamento. Foi muita tristeza e injustiça dos deuses do futebol com um time só, a ponto de ter feito esse time adormecer nas trevas da derrota por décadas. Meu único alento é que “não há mal que sempre dure”. E não há mesmo. Só espero estar viva pra ver.

    Obrigada por ser atleticano, por entneder tão bem da nossa espécie, é só o que eu consigo dizer.

    Saudações alvinegras.

  17. Hei, Guerra! Respondendo ao seu post anterior … Já apontei aqui neste blog por diversas vezes as falhas na administração do Kalil. Porém já apontei os acertos também.

    Essa conversa deveria ser pessoalmente, por que o papo é longa …

    Tentando sintetizando! Acho que o Kalil entende tudo de departamento financeiro, razoavelmente de departamento de futebol e nada do setor de pessoal. Nesses 2 últimos ele poderia CONTRATAR PROFISSIONAL COMPETENTE

    Não adianta querer separar os setores, tudo converge para os resultados dentro de campo, isso é fato.

    SETOR DE FUTEBOL: suas falhas foram bem apontadas aqui, neste post, por diversos colegas. Contrações sem critérios. Deve-se verificar num profissional, o caráter; o espírito de equipe – já que o futebol é acima de tudo grupo; seu histórico profissional. O nome já diz tudo: PROFISSIONAL DE FUTEBOL e não JOGADOR DE FUTEBOL. Jogador de futebol é da época em que eu era criança pequena lá em Barbacena. Os tempos mudaram.
    Outro exemplo, o Kalil dá muito ouvido ao treinador, foi assim com o Roth, com o Luxemburgo e estava (ou está) sendo com o Dorival.
    Treinador deve ser contratado para treinar o grupo de jogadores já existente, com direito a indicar 3 ou 4 jogadores.
    TROCAR UM TIME INTEIRO PELO “BEL PRAZER” DE CADSA TREINADOR QUE CHEGA É FALHA GROTESCA.

    SETOR DE PESSOAL: caso clássico é esse do Daniel Carvalho, se dependesse do treinador, esse jogador teria de emagrecer para depois entrar em campo, e sabe se lá quando isso iria acontecer. – ATITUDE ACERTADA do KALIL – semana passada conversou com Daniel Carvalho quando perguntou se ele queria jogar ou se precisaria contratar outro jogador para a posição. A resposta do jogador foi SIM e que precisava de ritmo de jogo. PROVAVELMENTE o mesmo Kalil “sugeriu” ao DJ que o colocasse para jogar.
    Porém já deveria ter sido tomada há mais tempo essa atitude. Assim como já deveria ter detectado o(s) laranja(s) podres do grupo, que o kalil, mesmo deua entender na sua coletiva que eram eles os problemas dos fracassos dos anos anteriores.

  18. Quero fazer uma crítica aqui ao Dorival Júnior, o Atlético não está num bom momento, e o time precisa adquirir entrosamento, mas o Dorival não consegue repetir o mesmo time nunca. Ele é tão teimoso , ou não sei se é incompetência que ele voltou a escalar no treino dessa manhã o Renan Oliveira, tudo indica que Renan Oliveira vai pro jogo, enquanto os outros jogadores que treinaram mais do que ele durante a semana, e mostraram mais raça o Dorival sequer colocará no banco, isto é de dar um desânimo no torcedor do Atlético que sabe que o Renan Oliveira já mostrou tudo que tinha de mostrar, ou seja, o futebol do Renan é aquilo mesmo, não tem como esperar muito dele, contra um time fraco e sem marcação em cima dele , até que funciona, mas eu conheço o América de Teófilo Otoni, até porque é daqui da minha cidade. O jogo será diferente, se o Renan Oliveira pensa que vai encontrar liberdade para pensar, ele está enganado, esse jogo não é para o Renan Oliveira, chega Dorival Júnior, já acabou o teu direito de errar!!!!!!

  19. Caro Joel Diego,
    A insistência com Renan Oliveira é menor do que a que existe em relação aos dois laterais direito e ao Ricardo Bueno. A paciência com os jogadores formados na base do Clube é sempre menor e dos que vêm de fora espera-se por mais oportunidades. Eu só acho que o Renan Oliveira está sendo mal aproveitado e assim como não podia jogar no mesmo time com o Ricardinho, não pode jogar junto com Daniel Carvalho se não tivermos jogadores mais comprometidos com a marcação e melhor posicionados no meio de campo. Sei que muitos discordam do estou dizendo mas o Atlético não deveria desperdiçar o talento do Renan Oliveira pois o time está desorganizado e tentando jogar com bolas alçadas na área e sem objetividade. Em todos os jogos uma substituição já está garantida: a troca do lateral direito. O Técnico está perdido e não reconhece a ruindade dos jogadores da posição.
    Respeito sua opinião e não quero ser o dono da verdade, apenas aproveitei seu comentário para opinas também.
    Saudações Alvinegras.

  20. Olha Roberto, já cancelei meu PFC, só volto a assinar qdo esse time jogar bola!!

    Esse tipo de coisa é recorrente, uma vitória do Galo e já tô eu assinando de novo, mas dessa vez eu pretendo segurar até o final do primeiro turno do brasileirão, que deus me dê forças.

    Sobre 77, não posso falar muito pq nasci em 79, mas 1 coisa posso dizer, o SP é tão PERDEDOR qto o GALO.

    Eles viveram tragédias tb, é só olhar o retrospecto contra o Inter, a copa do brasil p/ o crucru e um brasileiro para p corinthians.

    Tô lembrando disso e não sou são-paulino, se vc perguntar a um deles vc vai receber respostas mais mais precisas.

    NÃO PODEMOS USAR DERROTAS COMO DESCULPA! SE FOSSE ASSIM O BRASIL SERIA UMA BOLIVIA DEPOIS DE 50!

    PQ O URUGUAI PAROU DE GANHAR?? Qual foi o trauma deles?? Pq o Brasil se reegueu?? A questão aqui é capacidade.

    Eu ainda acredito nessa adminsitração do Kalil, o q não pode acontecer é o retrocesso.

    Tá tudo organizado para o futebol brasileiro se resumir a flamengo e corinthians, se o Galo não se segurar eu tenho medo do que vai acontecer, não dá p/ competir contra 200 milhões de receita desses times.

    Saudações!

  21. Eu acredito que a falta de titulos nacionais vai terminar. Mas só com o 2º mandato do Kalil pra frente.
    Não sou cabo eleitoral dele e muito menos sou fã incodicional dele. Até achei que nas eleições para presidente qdo ele foi eleito eu não o apoiava. Achava que deveria ser outra pessoa.
    Então pq eu acho que ele deve ter um segundo mandato ?

    Simples,dar continuidade para que o clube continue com as finanças saneadas e que aprenda com os erros anteriores como foi no ano passado e nesse ano. Acho dificil ele errar no próximo ano.
    Mas pode errar.

    O que não pode acontecer é aparecer um gaito qualquer para ser presidente do Galo por vaidade ou para ser politico. Precisamos sim de pessoas que sejam administradoras e que entende de futebol. Administração está com o Kalil e do futebol com Maluf.

    Mas como o Guerra eu tb acredito na sorte e no azar. Se o kalil está tentando colocar o clube nos trilhos da organização como pode um clube desorganizado ser campeão como o urubu e o flu ?
    Ou até mesmos os clubes peq que ganharam a copa do Brasil ?

    A SORTE VEM ACOMPANHADA DA COMPETÊNCIA E ESPERO QUE OS DOIS CHEGUE O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL NA CIDADE DO GALO.

  22. Sempre fui o maior defensor do Renan Oliveira, mas o garoto simplesmente esqueceu como jogar bola, ele some do jogo, um ou outro lance, e depois some, acho que o Giovanni Augusto tem que ter esta chance no time urgente.

    1. O Renan Oliveira esqueceu o que mesmo? Como o cara pode esquecer o que ele nunca teve, não existe este negócio, quem sabe jogar nunca esquece. O Renan Oliveira é muito fraco tecnicamente, se ele fosse isto tudo já teria arrebentado, ele não tem muito recurso, a única coisa que ele sabe fazer é lançar e quando a marcação não está em cima dele, ele não sabe sair de marcação, se movimentar e criar opções ofensivas!!!!!

Os comentários estão desativados.