ATLÉTICO 2 X 0 BAHIA. E OS PÉS PERMANECEM GRUDADOS NO CHÃO.

Não quero supervalorizar a vitória e muito menos desmerecer a sua importância.

Afinal, por causa disso, saímos da zona de rebaixamento. Pelo menos, momentaneamente. Mas nada nos garante que o time tenha engrenado definitivamente.

Não sabemos o que acontecerá no próximo jogo, contra o Atlético-GO fora de casa. Apostar em uma vitória do Galo em Goiânia é como jogar na sena e se endividar até no talo com a certeza de se tornar milionário.

A não ser pelos 3 pontos guardados zelosamente na sacolinha, não foi uma partida que nos inspire a ovacionar a equipe daqui para a frente.

Alguns jogadores ainda permanecem atuando dentro daquilo que os boleiros (aqueles que jogam ou jogaram de forma séria) definem como “jogando pedrinha”.

No presente caso, Mancini e Serginho.

Mancini, especialmente, teve a chance de se redimir no segundo tempo, quando assumiu a lateral direita. Naquele espaço de campo, não comprometeu, pois decidiu jogar apenas o feijão com arroz. Já não é capaz de produzir mais do que isso.

Só não incluo Renan Ribeiro nesta lista porque o jovem goleiro da base não foi exigido em nenhum momento do jogo.

E se a bola não vai nele, não tem como falhar.

Jogar sem goleiro é uma tragédia digna dos grandes dramas gregos! Dureza, viu!

No mais, o Galo se cuidou muito nos combates no meio de campo e eu não vi a zaga desguarnecida em nenhum momento.

Werley colou no Reinaldo e Triguinho cobriu seu lugar, sem falhas durante todo o jogo.

Daniel Carvalho soube distribuir as jogadas enquanto teve fôlego. O lançamento que fez para o segundo gol de Magno Alves pagou o ingresso.

Daniel Carvalho tem um potencial tão grande que nem ele mesmo sabe. E, por conta disso, não se valoriza.

Pelos dois gols marcados, um deles em um penalti que na hora achei que não existiu _ mas que, depois confirmei sua legalidade por VT _ Magno Alves foi o nome do jogo.

Além de jogadas agudas em direção ao gol. E quando estava crescendo ainda mais, foi retirado da partida pelo treinador. Vai entender.

Pierre também foi destaque. Das bolas que disputou, não perdeu uma sequer.

A realidade é que o Atlético atuou de forma consistente do meio para trás. E de forma improvisada e insegura do meio para o ataque.

A bem da verdade, o primeiro lance efetivo de gol aconteceu aos 45 minutos do primeiro tempo, quando o penalti foi marcado. Nada mais além disso.

Muito pouco para quem jogava em casa, com o apoio da torcida.

As chances se multiplicaram no segundo tempo, quando o Bahia se lançou ao ataque em busca do empate e foi surpreendido pelo primoroso lançamento de Daniel Carvalho, que encontrou Magno Alves livre para fazer o segundo gol.

E, logo depois, Bernard _ que deu muito mais velocidade às tramas de ataque _ perdeu uma chance de ouro, cara a cara com Thiago.

Essa vitória não me tira a certeza de que vamos brigar todo o tempo na parte de baixo da tabela, disputando com os times pequenos as migalhas que sobrarem.

Não temos equipe para mais do que isso, infelizmente.

Futebol é imprevisível, mas quando a incompetência da diretoria é exagerada e beira as raias da irresponsabilidade, é fácil fazer previsões seguras.

O que anseio é apenas escapar da segunda divisão. Não tenho mais nenhuma pretensão, pois não primo pela loucura.

Tomara que eu esteja enganado. E você, amigo leitor do L&N, qual a sua opinião?

Para seguir este blogueiro no twitter, clique >>> @robertoclfilho

Anúncios

13 comentários sobre “ATLÉTICO 2 X 0 BAHIA. E OS PÉS PERMANECEM GRUDADOS NO CHÃO.

  1. Até que enfim,o Atlético jogou sem a má vontade costumeira, vista em um ex-maria, qdo enverga a Armadura Alvinegra .Ainda não foi o CAM, de puro sangue Branco e Preto,mas só de não conter nenhum dna ruim,já tá de boa ! Vitória conquistada,saída momentânea do z4,mas é preciso bater um dos ditos gigantes do futebol tupiniquim,para que tenhamos ciência de que definitivamente, essa melhora que alguns andam pregando,seja real e definitiva . Sigamos em frente !!!
    Parece que a zica q nos perseguia,foi-se junto com o ruincardo dueno,para o pamerda,q fique por lá;digo isto porque, HÁ ANOS NÃO VIA UM JUIZ SER IMPARCIAL,NUM JOGO DO ATLÉTICO,ainda mais, em se tratando do seneme,esse cara é mestre em prejudicar-nos,na dúvida é sempre contra o Atlético. Teremos agora uma semana tranquila,para prepararmos bem nosso time e domingo p.v.,batermos o similar goiano em sua casa,mais um degrau á ser vencido. Enquanto isso, * a pulga * continua atrás das duas orelhas e, sapatinho máximo na humildade … ainda estamos com a água batendo em nossos pescoços, dá prá bobear naummmm …
    Eai Roberto ,td na paz ? Prazer ler um texto vosso de novo ,q venham muito mais, sendo ácidos ou não ! abs e Saudações

  2. É mais ou menos por aí mesmo, Roberto. Mas sou um pouco mais otimista, acho que o time vem ganhando um pouco mais de corpo. Quem sabe o futuro não nos reserva algo um pouco melhor?

    Parabéns por reativar o L & N, já estava fazendo falta.

    Abraço a todos!

    @RuyMorato

  3. Vou ser sincero, não tenho mais nenhum tesão em ver jogos do Galo. Hoje falei pra mim mesmo: “irei fazer algo melhor do que ver esse bando vestindo o manto sagrado.”. Mas não aguentei, o meu coração atleticano falou mais alto do que a razão.
    O que vi foi um time sem espírito com um pouco de organização defensiva.
    OFENSIVAMENTE o Atlético não existe. Faz gols espíritas e não me passa nenhuma confiança.
    Enfim, é rezar pra esse bando não deixar o nome do Atlético na lama, como já fizeram outros em 2005.

    Vamos ver no que dá contra os goianos.

    Abraços!

  4. Para mim o time não jogou bem, em alguns lances foi um time, no mais, um amontoado de alguns querendo e outros errando, ahí torna difícil jogar.

    PIERRE, anos atras pedí a sua contratação pelo GALO, ele chegou até a falar era torcedor do Galo, agora com ele encostado no palmeiras, achei seria mais uma besteira da diretoria, que seria mais um para o DM , quebrei a cara mais uma vez, o cara chegou, treinou apenas 1 vez nem sabia direito o nome dos colegas, e hoje é a estrela do time, joga simples, sem inventar, entra duro porém com lealdade, cobre bem as laterais, está se entrosando muito bem com o SOUTTO outro que joga simples, sem inventar, hoje nos temos um meio defensivo que consegue proteger a defesa, sem estardalhaço, só fazem o necessário não inventam.

    Agora é ir enfrentar o Atl go e tentar trazer delá mais 3 pontos, mesmo não jogando bem e que seja de 1×0 mas necessitamos é de 3 pontos

    se o cuca deixar o time com mancini na lateral(afinal não tem outro) e com o Bernard no meio campo, deixando o Magno Alves, que apesar de velho ainda é o melhor atacante do Galo, não pelos gols marcados hoje, mas pela luta e participação normal em todos os jogos melhor que os outros, podendo ser com Berola ou Obina, acho que poderemos ter chances de ganhar lá.

  5. Caro,

    Concordo que não podemos ter muitas pretensões e sobretudo devido ao final da nossa tabela, que é muito complicada. Numa sequência de Botafogo, Corínthians e Marias.

  6. Mais ainda do que a vitoria do galo, estou feliz com a volta do L&N… eh bom ter de volta este blog q tao bem sabe dizer da alma do atleticano de uma forma mais sensata sem perder o coracao atleticano, sem perder a “paixao”…
    Espero q esta vitoria ao menos sirva de animo ao grupo e nos ajude ao final a mantermos na serie A, e q no proximo ano a historia enfim faca diferenca ao nosso favor…
    abracos e galo sempre….

  7. Bom dia!
    Que bom, Roberto, você ter voltado. Um blog que eu visitava diariamente, até mais de uma vez ao dia, deixou de ser a minha rotina pela sua desistência. Mas, com o seu retorno, que descobri somente hoje, creio que vamos continuar a ter o local de postar nossas mensagens. Agora, tenho certeza, de mais alegria, como postei no último post deo Munaier: “que a troca de blogueiro seja o marco para a mudança de postura e atuação do Galo”. E parece que tá dando certo, mesmo que parcialmente.
    Eu até tentei frequentar o tal do Galo Oficial, mas fiquei decepcionado, pois o primeiro comentário que fiz a “administração” do blog publicou como pertencente a outro torcedor e não me deram a mínima satisfação à minha reclamação.
    Seja bem vindo de volta, Roberto. A Massa agradece.

  8. Que bom a volta do L&N. A parada foi necessária, tanto para o Roberto, como para nós leitores diários… Mas como disse o Gladstone é muito difícil se separar do Galo. Eita cachaça desgramada.

    Concordo com o texto e com os comentários:
    Goleiros fracos, não inspiram confiança.RR aceita chutes defensáveis de longe, sai mal, e é lento para abafar o atacante. Na série B (não acompanho) com certeza há goleiros melhores. Isso é trabalho para o Maluf .
    Laterais são simplesmente ridículos. Um pior que o outro. Acho que temos que inventar um time sem laterais. Quatro zagueiros, sei lá.
    Zagueiros são bons
    Volantes Pierre e Soutto também são bons
    Meias Daniel C precisa jogar solto, sem obrigação de marcar, ficar só no cerca Lourenço, e chegar com chance de arrematar ou colocar atacantes em condições. Caio é nó cego, Bernard jovem demais, Wesley nó cego duplo… e nem sei se tem outro, o tal do Renan Oliveira continua dormindo no DM…
    Os atacantes apenas o véio M.Alves e o doido do Berola podem servir para completar o time, porque Gui-Gui Maria, André, Cambalhota, e J.Obina não tem condições…

    Seu Cuca vai ter muuuuito trabalho, e nós ainda vamos sofrer demais…

  9. Só para parabenizar pela volta!! Que saudades!!

    Sobre o time? Vou esperar pelo próximo jogo. Verdade mesmo, estou gostando é da união do time.

  10. E com imensa alegria que vejo voce de novo neste blog.
    Quando voce escreveu que iria parar disse no comentario que achava que com uns 30 ou 40 dias depois, com o time numa situaçao melhor voce retornaria.
    O time continua na mesma mas felizmente, este espaço voltou com comentarios bem parecidos com os meus e enxergando defeitos parecidos, como a maldiçao do camisa 1(o reserva das meninas da de 10 no nosso), e esta troca desenfreada de jogadores todo fim de temporada, sem formar uma equipe.
    Espero que consigamos escapar da segundona (e mesmo se cairmos), que ao fim da temporada o nosso presidente aproveite pelo menos 70% dos que ai estao e traga outros 30% para fazer a diferença e nao para brigar com os meninos da base( que pelo menos tem tesao) por uma posiçao.
    Como havia dito no post da sua despedida nao te conheço mas parece que somos amigos.
    Saudaçoes alvinegras

  11. Chegando um pouco atrasado para a leitura da crônica. Reparei que meu compadre continua “um pouco” pessimista… mas entendo que o GALO deu muitos motivos para isso.

    Concordo demais com sua avaliação em relação aos sistemas defensivo e ofensivo do GALO. Pierre e Felipe Soutto jogam demais! Leonardo Silva e Réver jogam demais! Mas temos goleiro e laterais? Não temos, realmente. Pelo menos por enquanto.
    Mas com um dupla de zaga e de volantes de respeito, os laterais que fazem “feijão-com-arroz” já completa uma defesa. Gostei muito da aplicação defensiva do Triguinho. Mancini tem ido bem no “feijão-com-arroz”, mas ainda gostaria muito de uma sequência maior ao Serginho na direita (com apoio da torcida, e não vaias). Bom lembrar que no ano que vem teremos o Marcos Rocha de volta.
    Agora, infelizmente tudo isso de bom não adianta nada sem goleiro. Goleiro é fundamental em qualquer time. Você disse tudo, compadre, o Renan não foi exigido, GRAÇAS A DEUS.

    No meio, ao invés de Mancini ou Bernard, gostaria de ver o Dudu Cearense. Chegou a hora de ele voltar ao time, pois futebol ele tem e muito. Daniel Carvalho tem de continuar como tirular até o final do campeonato, sem mais. Mesmo que jogue uma ou outra partida razoavelmente bem, pois parece que ele não pode jogar mais ou menos NUNCA que já tem de sair do time.

    No ataque é Magnata e André. Berola já provou mais uma vez que não tem condição fisíca para jogar dois tempos. Cambalhota está chegando e vai calar a boca de muita gente. Já o Guilherme tem que voltar a jogar futebol (mas parece que esse fará como fez o Diego Souza, quando sair do GALO e pegar um time pronto mostrará qualquer coisa em campo).

    Abração!

Os comentários estão desativados.