6.000 CEGOS NO INDEPENDÊNCIA E ALGUNS BURROS NOS GABINETES

Não bastou o governo mineiro efetuar reformas nos dois estádios AO MESMO TEMPO e, com essa atitude imbecil, ter empurrado os clubes da capital para o desconforto da Arena do Jacaré, Ipatingão e Parque do Sabiá, provocando graves prejuízos financeiros.

Agora o Independência, depois de um monumental atraso da obra, será entregue em péssimas condições de visibilidade.

E parece que os políticos, que se importam com aumentos abusivos de 62% em seus próprios salários, estão pouco ligando para o consumidor que frequenta estádios.

Senão, vejamos o que o sr. Sérgio Barroso, secretário extraordinário da Copa do Mundo em Belo Horizonte, disse a respeito do Independência:

“Talvez, em algum ponto, dentro daqueles seis mil assentos, tenha a visibilidade um pouco prejudicada, mas esse é um ponto que estamos discutindo há um tempo e estamos buscando alternativas. No momento, vamos manter a situação como está, porque é uma arquibancada totalmente segura e SÃO SOMENTE SEIS MIL ASSENTOS QUE TÊM ESSA CONDIÇÃO (de pouca ou nenhuma visibilidade). Vamos inaugurar o estádio com as grades, porque estamos privilegiando a segurança dos torcedores”.

Quer dizer então que os engenheiros portugueses… ops… brasileiros, ou pior, mineiros, não foram capazes de privilegiar simultâneamente segurança, visibilidade e conforto? Seria uma nova doença denominada “Déficit de Coordenação Motora nos Neurônios”?

Como eu posso chamar isso, sr. secretário? De total incompetência profissional ou simples desprezo às necessidades do consumidor?

Essa atitude irresponsável não poderia receber o nome “honroso” de falcatrua? Um estelionato aplicado em cima da massa apaixonada por futebol, que comprará um produto dito perfeito e receberá outro deteriorado?

Na visão de nossos políticos, não. Está tudo certo. O sr. Sérgio Barroso mesmo disse que a pouca visibilidade do estádio atingirá “somente 6 mil pessoas”! SOMENTE? ENDOIDOU?

O senhor não sabe fazer contas não, senhor secretário? Seis mil pessoas equivalem a nada mais, nada menos do que 24% do total da capacidade do Independência, seu mané!!

1/4 do público só verá grades e barras de ferro à sua frente!!

ISSO É UMA VERGONHA!

Sugiro desde já ao Ministério Público, que existe para defender o povo, que proíba a abertura do Independência sem a correção desse erro crasso de engenharia ou seja lá o que for!

Cadê os vereadores e deputados estaduais que não aparecem para botar a boca no trombone e mobilizar a opinião pública em favor de uma causa que tem de ser de todos?

CADÊ VOCÊS? Sumiram?

Siga este blogueiro no twitter clicando aqui

Anúncios

14 comentários sobre “6.000 CEGOS NO INDEPENDÊNCIA E ALGUNS BURROS NOS GABINETES

  1. Só vou dizer uma coisa, coisinha só>>>>>>>>

    Cadê os Engenheiros, a federação dos engenheiros, a ordem dos engenheiros, a associação dos engenheiros, ou a gangue deles, seja lá o que for.

    Está denegrindo a classe, honrem seus diplomas, e vai lá e breca a obra, para a construção, vocês podem, em nome da arquitetura, engenharia.

    Por que se depender dos politicos, não vão fazer nada, só a sensação de ROUBAR a visibilidades do torcedor, pra eles (politicos) estão dentro de seus pensamentos, atitudes e compromissos ROUBAR até a visão do torcedor.

    Se não tem mais dinheiro por que alguem do jogo do bicho foi ganancioso demais, fominha, e roubou tudo e não deixou pros outros, eles roubam a visão da Massa.

    Ê turma de FDP

    E para completar, tenho passado ao lado do Mineirão, os caras, não enxergaram lá tbm, estão tirando a estética do Estádio, fazendo o estacionamento, na frente e nos lado, acho que lá tem que chamar é quem briga pelos HERROS UMANOS e o pessoal da delegacia Ambiental, qualuqer coisa, que fale com os engenheiros. Putzzz quanta gente sem noção, incompetentes de uma figa.

  2. Sem contar o atraso da obra, que deveria ser entregue ao povo mineiro no ano passado.

    Eu, como analista de sistemas, se erro uma análise e esta é enviada ao usuário final, com erros, em forma de produto, além de ter prejuízos financeiros, na certa sou demitido.

    ESSES SENHORES NÃO FAZEM O SEU TRABALHO CORRETAMENTE PORQUE SIMPLESMENTE NÃO SÃO DEMITIDOS. NÃO TÊM NENHUM RECEIO.

    Enfim, continuaremos doar para o governo nossos salários de janeiro, fevereiro, março e abril de todos os anos, e continuaremos a ver esses MERDAS fazerem o que querem no poder.

    Um simples estádio eles não entregam com qualidade, imaginam hospitais, postos de saúde… bom, daí já é uma outra discussão.

    abraço Roberto.

    twitter.com/gladstone13

  3. __ Os engenheiros,arquitetos e projetistas da reforma ( reforma nada,Re-construção ) do estádio,devem ser os mesmos que inventaram o limpador de pára-brisas automotivo,com um pequeno detalhe : _ COLOCARAM-NO NA PARTE INTERNA DO CARRO _ hehehehe …

    __ Estes caras devem ser muito orgulhosos e/ou auto-confiantes demais. No engenhão – rj , o layout das arquibancadas foi executado em declive e, como parte da segurança individual do telespectador, tbm tiveram de instalar grades de proteção em todas as fileiras de assentos,sem com isso , ‘ ATRAPALHAR ” a visão de ninguém . Descaso puro e total, com aqles que irão frequentar o estádio .Sacanagem ai, é mato. Para eles : _ la hinchada que va a la mierda, lo que importa és LA PLATA – no bolso deles claro ! Por fora belo rebento,por dentro PÃO BOLORENTO tsc tsc tsc … que venha 14 , o maracanazzo é logo ali … aguardemos !

  4. Bem antes do fechamento dos dois principais estádios da capital fecharem para reforma e os clubes da capital e seus torcedores buscarem abrigos nos estádios citados acima, eu já comentava que era uma vergonha BH ter apenas dois estádios com capacidade de receber jogos de GALO, cru e América.
    Daí depois comecei a pensar que após essas reformas dos dois estádios BH teria dois baitas estádios para abrigarem seus jogos importantes, mas olha os Engenheiros que não são os do Hawai jogando minha espectativa por água abaixo.
    Agora minha preocupação é com o Mineirão.
    Não creio que o estádio saia com erros grotescos como esse do Independência. Mas acho que o estádio ficara muito moderno para receber jogos de nossos campeonatos, encarecendo seus custos para realização de partidas. E quem vai arcar com esses altos custos para realização das partidas?
    Os clubes? O governo? Ou o torcedor?

  5. Sabe o que vai acontecer, todos terão que ficar em pé, quem esta na faixa que não focaliza direito,vai levantar e ai, todo mundo em pé o jogo todo, e eles no melhor ponto do estádio, terião que colocar todos eles neste ponto no jogo de abertura, ai eles irão arrumar uma solução, vergonha………………………………

  6. É revoltante a situação do Independencia.

    Destaco a total OMISSÃO do MP e dos deputados de oposição.

    Coloco no mesmo ” balaio ” a imprensa de MG que simplesmente divulga a ” cegueira de 25% ” do estádio e não apura de quem é a responsabilidade desta imbecilidade.

    Moro muito próximo ao estádio mas para um bem maior de toda população apoio o PUBLICO ZERO, com direito a divulgação em todas as mídias do país para queimar o filme dos responsáveis por tamanha burrice.

    Sou mineiro com muito orgulho, mas que VERGONHA, quanto amadorismo.

    Será que o estado com a 2º maior economia do país não consegue reconstruir um estádio ???

  7. Caro Roberto,
    É uma vergonha mesmo! É muita incompetência e falta de planejamento! Tão absurdo como deixar a capital do estado sem estádio pros grandes clubes por tanto tempo!
    E o maior absurdo é: o tal secretario disse que a inclinação dos assentos é “normal”. Se é normal, comum em outros estádios em outros países, POR QUE não usam a mesma solução usada nesses outros locais para resolver o tal “problema” de segurança nesses assentos? Inclusive acho que é uma frescura danada… E o pior, ainda deixam que os renomadíssimos e ultra-especialistas em estádios do Corpo de Bombeiros (?!?) IMPONHAM uma “solução” medieval como a que foi usada! CADÊ o Projeto Executivo? Por que não chamam Arquitetos e Engenheiros especialistas na área pra resolver o problema?
    Não é à toa que MG está tão atras de SP, RJ e RS em termos de Futebol Profissional.
    E a gente sonhando com um título nacional do Galo…

  8. Isso será problema apenas em jogos do Atlético, por isso não estão preocupados.

    Cruzeiro e América nunca colocam mais de 15.000 no estádio mesmo, não será problema para eles.

  9. __ Roberto olhe a relíquia que um ATLETICANO,postou lá no Terreiro do Galo.O nome dele é José Antônio # 54 .Por essas e outras que a cbd [hj cbf] nos odeia . GALO 2 X seleção do saldanha 1 [ em1969 ] .Vale a pena conferir os minutos 2:25 – 2:32 – 3:01 e 3:32 onde o narrador do Canal 100, exprime toda a essência e o espírito que prevalecia, nqle TIMAÇO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO .Veja lá : http://www.youtube.com/watch?v=uVGC24Ud-jE

    __ Abs meu irmão !

  10. Esse é o choque de gestão do PSDB. Como sempre, no final, se mostram uns incompetentes engomadinhos, travestidos de técnicos.

    O que temos que saber é de quem é o projeto e execução da obra e qual sua relação com o governo do estado.

  11. Vejam Sres….

    Moro em Ouro Branco, acompanho pelos jornais, noticiários pela TV, o andamento das obras do Estádio Independência.
    Quando os operários começaram a montar as grades da Arquibancada superior….da TELEVISÃO ( reportagem)… eu fiz comentários sobre os resultados sobre as condições visuais que os torcedores teriam nestes locais.
    E não é possível que aquelas pessoas cheias de diplomas e possíveis enormes experiências, não notaram isto. è inadimissível. Agora presta atenção: Quantas pessoas saíram lucrando com isto. A empresa que forneceu todo o material para ser confeccionadas as grades mais os donos da mão-de-obra.
    E agora…???? Vão sucatear???

    Raimundo

  12. Além do que pelas últimas fotos percebe-se que as cadeiras são daquele tipo que “desce e sobe”.
    Como fizeram isso? É claro que com uns 10 jogos de uso a parte do assento já terá sido estragada. E não digo nem por vândalos, mas pelo torcedor comum mesmo! Ele senta e levanta o jogo inteiro (nossa cultura) e aquelas cadeiras não irão aguentar isso!

Os comentários estão desativados.