CASO INDEPENDÊNCIA: UMA VERDADEIRA PALHAÇADA!

As obras simultâneas de Mineirão e Independência já viraram piada nacional.

Os adiamentos da entrega do Independência já se transformaram em chacota na boca de todo e qualquer desportista.

Se o namorado chega atrasado ao encontro, a namorada, p… da vida, explode: _ Virou Independencia agora, é?

Esta obra, que se iniciou em janeiro de 2010, deveria ter sido entregue em setembro do mesmo ano, pasmem os senhores! Repito: SETEMBRO DE 2010!

Como os R$ 30 milhões do governo federal _ prometidos e não cumpridos _ não chegaram, a reforma paralisou e foi postergada até abril de 2011 (de DOIS MIL E ONZE!).

Nesse mês, o titular da Secopa, Sérgio Barroso _ o mesmo que não vê problema nenhum em manter 6.000 cegos PAGANTES no Independência _ anunciou uma segunda etapa de obras, que seria entregue em dezembro de 2011 (DE DOIS MIL E ONZE!!).

Só que a nova licitação não colou. O TCE identificou uma série de itens licitados em duplicidade (o tradicional golpe do João sem braço, tão comum entre políticos deste roubado país) e só veio a autorizar _ depois de retiradas as tentativas de furto _ em julho de 2011.

Foi dado prazo de 210 dias para a conclusão, ou seja, o Independência teria de ser entregue até 11 de fevereiro de 2012, sob pena de a construtora, a Andrade Valadares, ter de pagar uma multa de R$ 150 mil diários.

Quando a entrega não se concretizou e a empreiteira correu o risco de enfiar a mão no bolso; e como nenhuma lei ou regra neste país se sustenta contra poderosos; ALGO TINHA DE SER FEITO URGENTE pela cambada de miolos podres que comandam esse Estado, o 3º maior da federação, mas que consegue deixar o povo da capital sem estádio durante MAIS DE 2 ANOS por pura ineficiência.

A SOLUÇÃO DOS FRACOS: Simplesmente, com a maior cara-de-pau deste mundo, a Deop prorrogou o prazo por mais 4 meses, eximindo a empreiteira de qualquer multa. Assim como, provavelmente, continuaria eximindo-a de multa nos próximos 10 anos, se a empreiteira assim o exigisse, caso atrasasse todo esse tempo. O que eu, em sã consciência, não duvido.

Justificativa? As chuvas que caíram recentemente. Mas se as chuvas não tivessem caído, qualquer outro fato serviria de desculpa. Alguns políticos são de uma criatividade abissal quando se trata de dissimular, disfarçar ou adequar as coisas de acordo com os seus próprios interesses.

EM RESUMO: Mais 4 meses é o mesmo que dizer que o Independência pode ser entregue até 30 DE JUNHO DE 2012, sem multa e sem ônus!!

Notem que o primeiro prazo era SETEMBRO DE 2010! É mais de um ano e meio de atraso, senhoras e senhores.

É o maior desrespeito que o desportista mineiro sofre nas mãos desses indivíduos que ele próprio elegeu. E não tivemos sequer a ajuda da maioria da imprensa regional, comprometida até no talo com várias correntes políticas e clubísticas e, por isso mesmo, de boca amordaçada para pressionar quem quer que seja.

A mesma grande parcela da imprensa mineira que tem em seus quadros alguns repórteres fajutos e sensacionalistas, muito mais envolvidos _ e usando seus programas _ na missão “sublime” de se elegerem para deputados e vereadores do que comprometidos profissionalmente com a verdade e a defesa dos interesses públicos.

ESTAMOS FERRADOS E MAL PAGOS!

(Conheço vários jornalistas sérios que não compactuam, nem de longe, com a omissão explícita de grande parte da mídia de Belo Horizonte, digna muito mais de desprezo do que de admiração. E, por incrível que pareça, existem políticos sérios também!).

Siga este blogueiro no twitter clicando aqui

Anúncios

21 comentários sobre “CASO INDEPENDÊNCIA: UMA VERDADEIRA PALHAÇADA!

  1. Caro Roberto,

    Como vc é capaz de chamar o governo de Minas de ineficiente. Afinal é o governo do “CHOQUE DE GESTÃO”!!! Gestão que da cidade administrativa, quando aprovado a obra, foi orçada em 400 milhões e ao final foram gastos meros 1 bilhão e meio.
    E independência, mineirão, etc…É a mais pura e qualificada, GESTÃO!!!

    1. Prezado Ari, creio que esteja desinformado. Semana passada realizamos uma audiência pública na Assembleia para cobrar uma solução mais breve aos problemas de visibilidade no Independência. Também pretendíamos arguir o Corpo de Bombeiros sobre o modelo de guarda-corpo instalado no estádio, porém o órgão não se fez representar. Estou atento e vigilante sobre o assunto. Abraço, Délio Malheiros

      1. Uai, mas o texto não fala sobre o problema da visibilidade, não.

        Até onde consigo compreender o que meus olhos leem, o texto condena a prorrogação da data de entrega do independência, com prejuízo a população e aos clubes, sem cobrar nada da construtora responsável. Sobre isso, especificamente, qual a posição da Assembléia, nobre deputado?

  2. Comentários perfeitos. Tem que pular com os dois pés no peito dessa cambada de safados mesmo. Todos mancomunados, corruptíveis até o osso!
    E a maioria dos jornalistas não grita porque, além de comprometidos (leia-se de rabo preso) com clubes, políticos e campanhas, também não sabe o que passa o torcedor para acompanhar um jogo. É bem mais fácil chegar no seu carro novinho, estacionar na área privativa da imprensa, entrar pelo hall principal e acompanhar o jogo de um local privilegiado, com uma das melhores vistas para o campo de jogo! E ainda recebendo por isso. Queria ver se tivesse que ir de busão pro jogo, pagar ingresso e lanche, entrar feito gado nos portões de acesso e tentar assistir alguma coisa do jogo em pé, na antiga geral. Iam reclamar em todos os veículos da mídia…
    Nada contra os jornalistas e sua profissão, mas é raro ver alguém lutar pelo conforto do torcedor comum.

  3. Perdão injustificado de multa devida ao estado e ninguém fala nada.
    Enquanto isso, na procuradoria de justiça, o MP insiste em querer regular preço para assentos com pouca visibilidade. Deveriam dar uma olhadinha na lei e na constitução para verificar que o dever do fornecedor é informar o consumidor sobre o que é oferecido, não dar desconto. Se o ingresso estiver caro e os lugares são ruims, é só não comprar. Assim funciona o capitalismo.
    Simplesmente ridículo.

  4. __ Isto é … brazzzzzzillllll zzilll zzilll …_com z e minúsculo mesmo _ .Torcida e Clubes Mineiros prejudicados,politicaiada endinheirada .Vergonha !!! E o tal MM .sr. juiz marioso que quase arrancou as calças pela cabeça na parceria GALO/bwa , o que diz disto { ?} ,ahhh … já sei ,nada!!

  5. Infelizmente não se consegue achar um responsável por tal atraso, tovaia quando o independência for inaugurado, inúmeras “autoridades” irão comparecer ao jogo inaugural peliteado a paternidade da obra pública ou se fazendo de papagaio de pirata.
    Ainda de outro lado me sinto envergonhado por ter em nosso Estado uma imprensa tão manipulada pelo governo , que por interesses obscuros se quer tem coragem de criticar e fazer seu papel informativo imparcialmente.
    As obras do Indepencência é uma das inúmras facetas da incompetência da política mineira e da forma desrrespeitosa de como é trato o cidadão mineiro.

  6. Voces estão indo na agua errada, eu estou no lugar certo, e o Sr Perrela. Nada acontece por acaso,
    O Independencia é nosso, até prova em contrário. Os tempos mudaram, Graças a Deus.

  7. Em 2010 logo quando foram iniciadas as obras de reformas dos dois estádios eu comentava com muitos que era perigoso o Itaquerão (que ainda estava em discussão se iria ou não ser construído) ficar pronto antes dos nossos dois estádios.
    Na época o Itaquerão era motivo de chacota por muitos pelos motivos de atrasos no início das obras. Enquanto isso obras no Mineirão e Independência iam a “todo vapor”.
    O Indepêndencia seria entregue no mesmo ano do início das obras e o Mineirão em 2012, mas só seria reaberto em 2013 para a Copa das Confederaçoes.
    Mas como moramos no país que a bola da copa poderia se chamar impunidade e o boneco da copa poderia ser o João Mão Leve, só me restam duas perguntas.
    Onde está o responsável, ops quer dizer o irresponsável por todos esses atrasos?
    Será que está escondido no Spaço Ray Charles?

  8. O atraso desta vez pra mim foi colocado na imprensa pelo simples fato de dar tempo pra construtora acabar o estadio sem ter q pgar multa por isso, mas deve sair antes de 4 meses. Mas em MG temos poucos jornalistas q falam a verdade, o que vemos no twitter por ex é jornalista dizendo que sabe a verdade mas não pode falar que é só prestarmos atenção que entenderemos, ridículo isso. Agora quanto ao MP mandar cobrar 50% do valor do ingresso nos pontos cegos é o mesmo que a PM dizer que clássico tem que ser de torcida única, pura incompetência.

    1. Condordo plenamente, Marcus.

      Conversei há alguns dias com um dos engenheiros da obra do Independência e ele me garantiu que o estádio seria reaberto no jogo América x Boa. Eu brinquei com ele e disse que duvidava, pois estaria “em cima” demais. Ele me respondeu que o estádio já poderia até receber jogos naquele dia, e que daria para dar “os últimos retoques” durante o intervalo entre uma e outra partida.
      Quanto a visibilidade, ele me disse que será instalado placas de vidro, e que isso não leva muito tempo.
      O fato é que não sabemos de fato o motivo dessa palhaçada toda de atraso e mais atraso. A verdade é que quem está segurando o estádio não são os especialistas. Vai entender…

      Abraço!

  9. Politico Sério kkkkkkkkkk hahahahahaha heheheheheh

    Realmente, o cara só rí quando tá dando o traseiro.

    O atraso, é compactuado, como é as autorizações para construção de hoteis na beira da Lagoa da Pampulha, (que vai estoura esta semana) como foi na construção do Boulevar Shopping, isto mesmo o shopping no terreno do arco iris cueio, o dinheiro rolou solto lá, e ninguem fez nada, ou povinho sem vergonha, e daquí a uns dias estarão ahí pedindo voto, cambada de safados.

    Mas os Presidentes dos clubes federação e também das associação de imprensa, é que deveriam ter tomado, alguma providencia, mas nada que pode colocar o interlocutor meio nervoso, ninguem fala nada, cadê a coragem de intestar com algum politico, ou rico, ou famoso.

    Mas nós simples viventes, temos que nos adequar, acostumar, com esta turma, há não ser que façamos uma revolução, ahí a PM tá prontinha para proteger os famosos e politicos.

    Mas jogar ovo podre e tomate pode não!!!!!!!

  10. Caro, Roberto, fica até difícil comentar isso. Que as falcatruas e falta de respeito imperam nesse país não é novidade. Deprimente mesmo é constatar q grande parte da imprensa mineira é vendida e politizada e compactua com tudo isso.

  11. … enquanto isso, nos rincões (???) de Portugal, toda a população está dando cambalhotas de tanto rir da nova piada de brasileiros: as grades “protetoras” da aquibancada do Independencia. Ah, deve ter também uma charge correndo entre os pequenos, em que um senhor, chamado Sergio Barroso, está no canto da sala de aula, com um cone na cabeça, com inscrições de BURRO, BURRO, BURRO … mas que no fundo deveria ser ESPERTALHÃO. Que vergonha !!!

  12. Palhaçada é a palavra certa! Agora fazer o que?
    Os donos da imprensa Mineira, os senhores Aécio Neves, Zezê Perrela, João Vitor Xavier, Gustavo Perrela entre outros estão todos eleitos aí…

  13. Já sei o que aconteceu: fizeram o Independência pro América. Daí, tanto faz ter 20 mil pontos cegos e 5 mil pontos de luz. Os 5 mil pontos de luz seriam mais que suficientes.

    Só que, agora O INDEPENDÊNCIA É DO GALO. Aí, apertou o Governo. Acorda Anastasia!! A Massa vai invadir esse Terreiro!!!

    abços.

    1. Ademir

      Construtoras e Concessionários de Transporte Coletivo são INTOCÁVEIS, afinal temos eleições a cada 2 anos!
      A competência administrativa em Minas Gerais é um espanto: fecham Delegacias de Polícia em diversos municípios do Estado, outras tantas nos finais de semana, doam ambulâncias para transportar doentes para a Capital (que não consegue atender os próprios doentes), brigam com professores para impor salários miseráveis ou cargas elevadas de trabalho, etc….
      As obras dos 2 estádios de Belo Horizonte ao mesmo tempo são apenas consequências dessa pérola denominada “choque de gestão” que, infelizmente,conta com o apoio do presidente do Atlético.
      Os prejuízos não atingem apenas os Clubes e torcedores mas toda a população que está pagando pelos atrasos e acréscimos aos custos, causados por erros ou situações inexplicáveis de falta de responsabilidade e zelo com verbas públicas.
      O episódio da “visibilidade prejudicada” é mais uma oportunidade para protelar a entrega definitiva da obra, desta vez com o aval do MP, do Defensor dos Direitos do Consumidor, que “inocentemente” entraram no caso e desviaram o foco das atenções.
      Estamos na “ILHA DA FANTASIA”.

      Saudações Alvinegras!

Os comentários estão desativados.