ATLÉTICO 4 X 2 NACIONAL/NS – CUCA E SUAS IDÉIAS DE JERICO…

Do mesmo jeito que constrói uma equipe, Cuca a desconstrói em questão de minutos.

Para ser exato, em questão de 45 minutos.

Pois no primeiro tempo, todo aquele entrosamento que o time vinha adquirindo no decorrer dos jogos foi pro ralo. A entrada do lateral direito Carlos César no meio provocou uma catastrófica mudança de ritmo, de tal monta que travou o time por completo.

Ora, Carlos César mal consegue render bem em sua posição de origem, vai deslanchar na meia? Desculpe-me o termo, mas isso foi idéia de jerico do treinador. Invenção de um professor Pardal masoquista doido para sabotar o próprio trabalho.

Resultado: Foi a pior partida do Galo neste ano. Pelo menos, enquanto Carlos César esteve em campo.

Mancini, que entrou em seu lugar, retirou o gesso que envolvia o meio e recolocou as coisas em seus lugares. Embora persistisse jogando mal, a equipe se distribuiu melhor em campo e o domínio do jogo surgiu naturalmente, mesmo levando o segundo gol.

Nessas alturas, a virada era mera questão de tempo, apesar de jogarmos com a zaga mais exposta do que em jogos anteriores. Não porque Filippe Soutto não esteja à altura da titularidade _ ele, por estar sem jogar, perdeu ritmo _ mas porque Pierre é praticamente insubstituível neste time.

E Pierre jogando com Leandro Donizeti _ que, inquestionavelmente, marca milhões de vezes melhor que Soutto _ forma uma parede de proteção muito difícil de ser superada, ao mesmo tempo que libera os meias para atacar sem medo.

Guilherme deu uma assistência e fez um gol consciente. Mas errou demais durante toda a partida. Errar tanto contra um Nacional da vida é uma coisa. Mas fazer o mesmo contra equipes fortes pode ser fator determinante de uma derrota.

Uma curiosidade: mal reconheço Danilinho em campo. Lento física e mentalmente, pisando na bola, sem mobilidade e sobretudo, sem aquela velocidade que sempre foi o seu ponto forte. Cadê o Danilinho, campeão e maior ídolo do Tigres do México?

Destaques do jogo: Pela regularidade nos 90 minutos, Leandro Donizeti. Pelos gols, André.

Uma novidade bem vinda: Neto Berola, apesar de ser puxado, agarrado e quase esgoelado, NÃO CAIU, pasmem os senhores. E, por não cair, armou um cruzamento primoroso para o quarto gol. Houve uma conversinha ao pé do ouvido lá na Cidade do Galo?

Enfim, uma partida teoricamente fácil quase jogada no lixo pelo treinador, responsável absoluto pela pífia atuação do time, sobretudo no primeiro tempo. Se depois corrigiu _ e tinha mesmo a obrigação de corrigir as besteiras que fez _ eu reputo como queima gratuita de, pelo menos, uma substituição.

Vai entender o que se passa na cabeça de um técnico. Céu de brigadeiro pela frente e o cara, insanamente, muda a rota para o meio de uma tempestade de granizo, com raios e trovoadas. Durma-se com um barulho desses…

Siga este blogueiro no twitter clicando aqui

Anúncios

17 comentários sobre “ATLÉTICO 4 X 2 NACIONAL/NS – CUCA E SUAS IDÉIAS DE JERICO…

  1. Até que enfim alguém que concorda que o Guilherme, apesar da assistência e do gol, errou pra caralho!!! Torço para que cresça, mas, por enquanto, ainda não merece os elogios que tenho visto… Galo!!!!

  2. Roberto, de inicio, achava que daria certo, por que o Carlos Cesar poderia jogar ao lado do Marcos Rocha, assim sairia tabelas e passagem e troca de passes, além das coberturas, mas não aconteceu.

    O Felipe Soutto, estava muito mal, no inicio do jogo, errando muitos passes, perdendo a bola fácil fácil e sem marcar, sobrecarregando o Leandro Donizete que acho que foi o melhor em campo.

    André, também pelos gols e pelas tabelas, mas não foi um bom jogador, mas deveria, pensar um pouco e não sair de dentro da grande área, assim poderia marcar mais gols e não deixar os zagueiros irem pro ataque e tbm segurar o volante adversário.

    Guilherme, deu a assistencia e marcou o Gol, mas muitos acham que por isto ele foi fenomenal, para mim não, precisa participar mais do jogo, melhorar na marcação, entrar sem fazer tanta falta, e melhorar nos passes, tá errando demais, saber jogar ele sabe, mas tem hora que esquece isto em campo e vira um jogador normal.

    Rever, tá errando demais, sua colocação, tá ruim demais, e com isto tem prejudicado o time, e parece que está sem recuperação, e olha que é um Nacional se fosse um Time grande távamos perdido.

    Rafael Marques, jogou mal, Richarlysson como sempre nada produziu, Danilinho jogou nada, não concordo, com este negocio de rotmo, se eles treinam, conversam, vivem juntos, almoçam, concentram, será que não simulam um jogo entre se, nos meus tempos nós combinávamos jogadas, e muitas vezes, acertávamos todas.

    Os caras treinam lá no CT cobrança de escanteios, e faltas, na hora do jogo os zagueiros sobem e colocam a altura na área, vem o jogador e bate a falta rasteira, pode isto, haaaa neeeem

    No gol, segundo do Nacional, eu acompanhei a jogada, erros do Soutto, errou o passe, e não dei combate, o adversário aproveitou a indecisão do Rever, tava fora da posição e lançou na direita, Rever não aguentou correr, Rocharlysson não marcou, Reinaldo alagoano, cruzou, bola devagar na área, rasteira, o Rafael Marques não tirou a bola , mas se tirasse seria gol contra, para mim atrapalhou o Renan, e o jogador Nacional, colocou pra dentro, mão acho que foi falha ÚNICA do Renan Ribeiro.

    Berola entrou e novamente, mudou o ritmo do jogo, foi bem, sem ser fominha, deu assistencia e é um jogador que não tem bola perdida, e quando não fica no cai cai, é muito útil ao time.

    Claro, estamos com 6 partidas sem perder, mas ainda não temos um time, confiável, um time para Copa do Brasil e Brasileirão, pro Mineiro dá pro gasto, vôo mais longe, não acredito.

    Necessitamos de Goleiro, Lateral Esquerdo, Armador e Centro Avante

  3. Caro, Roberto.
    Mesmo estando longe hoje por um motivo importante, assisti ao jogo. Não pude tuitar durante a partida, mas a leitura do jogo é exatamente essa.
    A definição de masoquista p o Cuca é perfeita.
    Triste mesmo é ficar nessa angústia, pré-brasileiro, de não saber em qual quarto da metade inferior da tabela iremos lutar em 2012.
    Ou posso estar muito enganado e esse time vai ficar acima do 10o. Lugar?
    Tomara q eu esteja muito errado.

  4. Concordo plenamente com a sua análise, agora pra mim o Danilinho é um peladeiro, sem compromisso, objetividade, vontade.

  5. Se jogar assim contra equipes mais qualificadas,toma na tarraqueta . O réver tem de entender que ele é um zagueiro,não armador .Se continuar querendo sair jogando, vai dar com os burros n’água .Diversas vezes o Donizete encostou para recber a bola , e o mesmo não passou p/ ele. Isto vem sendo uma constante .O cuca tem de parar de fazer ‘cugadas’ ,tá certo que campeonato regional é para testar o elenco, agora inventar … sei não , já vimos esta história acontecer com dois de seus antecessores e o resultado foi bão não . Carlos César já é fraco na posição de origem , fazendo uma função que não é a sua … pior ainda .Ano passado nas vezes em que atuou pelo meio tomamos ferro,inclusive na última partida . Este time tem passado uma falsa imprensão de ser forte e isto é perigoso ,não me iludo com ele .
    Abs Roberto e #GaloSempre

  6. Eu não esperava muito mais do Danilinho mesmo não. Jogador mediano quando passou por aqui.
    Ser destaque no México não é lá muita vantagem, né?

  7. Realmente não dá pra entender o Cuca. Será que ele não chegou a reparar que, no final do ano passado, todas as partidas que o Carlos César jogava no meio campo, o Galo não ia bem???
    Como diria o ditado: “Insistir no erro é BURRICE!!!”

  8. Concordo muito com a análise, mas se é pra fazer experiências que seja agora.
    Mas que não seja durante o campeonato todo.

  9. Meus comentários:

    1. Por mim o Dorival foi “boicotado” ano passado por ter inventado demais. Jogador não é tão burro assim. Se as coisas que o técnico faz começam a não fazer sentido, os jogadores perdem a fé na sua liderança e aí já era!! Tomara que o Cuca não entre nessa. Garanto que essa do Carlos César não foi bem aceito pelo grupo, por não fazer sentido.

    2. DANILINHO voltou ao galo simplesmente para fazer média para a torcida, por ele ser querido, mas não é jogador para titular de série A, nem com ritmo de jogo.

    3. Se o esquem do Cuca diz que a robustez da defesa vai ser ancorada em 2 volantes muito pegadores, é URGENTE trazer um reserva para substituir L. Donizete ou o Pierre, quando saírem por contusão ou 3 cartão. Não me venham com Serginho, pelo amor de Deus.

    4. Quanto ao Guilherme: ele tem futebol. Precisa é de confiança e ritmo. Eu daria uns 7 , 8 jogos para ele no mineiro, para aí sim concluir.

    5. Conclusão final: o galo tem um time melhor que o de 2011. O problema é que os outros subiram muito mais (Fluminense, Palmeiras, etc). Para o Brasileiro é ficar em 10, e olha lá. Algum outro clube até poderia ser campeão com um elenco desse do galo, no esquema de “dar liga”, motivação, sorte, etc, mas no galo não. O Galo só será campeão quando (se) tudo estiver muito redondinho, e estamos longe disso……

    O que acham?

    abs

  10. A ausência do Pierre evidenciou um erro grotesco e antigo da zaga: a marcação por zona, que julgava abolida no futebol há décadas. Os zagueiros dão um espaço desnecessário aos adversários.
    Outro problema é a insistência ridícula em se tentar sempre um passe para jogadores marcados, funciona co

    1. Continuando (já que o texto saiu truncado por erro deste tosco operador do teclado):
      funciona com Messi e Iniesta, funcionava com Reinaldo e Cerezo, mas com o time atual? Falta muita qualidade esta para isto dar certo.

  11. Primeiro tempo horroroso! Campeonato Mineiro já desanima pela fragilidade dos adversários, ainda mais com o GALO nesse desânimo maior ainda. Não dá né?
    Discordo quanto ao Carlos César. Não o acho fraco em sua posição de origem, pelo contrário. E também não acho que ele foi o grande culpado pela má atuação do time, ele até correu, se movimentou bastante e tentou as tabelas com o Marcos Rocha, a qual o Guerra se referiu. O Rocha é que estava muito desinteressado nisso. Quem não fez nada no primeiro tempo foi Escudeiro e Soutto, por isso a escalação do Cuca para o meio não deu certo.

    Galo precisa mesmo de goleiro, lateral esquerdo e armador com urgência. E esses caras deveriam chegar ainda este mês. Só acho difícil encontrar lateral esquerdo de alto nível. Já começo a concordar em testar o Soutto ou um dos laterais direitos por alí. E a hora é esta, nesse campeonatozinho medíocre que é o nosso.

    Abraço!

  12. Acompanho os outros campeoatos estaduais e estou vendo times grandes tropeçando e perdendo pontos em jogos fáceis , pelo menos o galo não tem feito isso. E o Cuca tem todo o direito de fazer testes , pelo menos no Mineiro, pois se der errado, como no caso do Carlos Cesar, ainda há como corrigir. Tomara que ele não faça mais essa invenção e jogue simples, pois na copa do brasil esses erros podem custar caro , apartir das oitavas de final.
    “Uma novidade bem vinda: Neto Berola, apesar de ser puxado, agarrado e quase esguelado, NÃO CAIU, pasmem os senhores. E, por não cair, armou um cruzamento primoroso para o quarto gol.” Meu caro Roberto, muito bem lembrado, e Mancini falou do Berola no Meio de campo, “Se ele fosse sempre assim ano passado o galo tinha feito muitos gols. Perfeito a colocação,o Neto sabe jogar e tem que ver alguns videos do Messi e parar de ver os do Neymar de 2011, pois agora até ele está deixando de ser cai-cai.

  13. Não vou mentir: estou muito temeroso em relação a este time do Galo. Para mim, foi mais do mesmo, do que temos visto nos últimos jogos. É esperar alguma coisa diferente por parte da direção.
    Abraços.
    @RuyMorato

  14. COncordo com quase tudo que disse o Lance e Nuances. Entendo que o Carlos César é ótimo na lateral direita, inclusive melhor que o Marcos Rocha e deveria ser o titular. Vocês esqueceram a qualidade que ele deu ao time no final do ano passado, resolvendo o problema da lateral-direita? Por favor, tenham memória! Acho que o Cuca fez bem em arriscar, em tentar algo novo, ao colocá-lo no meio, já que ele é rápido e tem bom passe. Aliás, qualquer tentativa é melhor do que o Mancini, que deveria aposentar urgentemente.

    Parabéns pelo blog, que acompanho de perto.

  15. Kd os reforços kalil? entrei na pagina com noticias do Galo e sou obrigado a ler q o meia bernado foi oferecido ao Galo, e q pode aparecer por aqui. kD o meia matias fernandez??? fora o andre q nao é de confiança, e o guilherme maria nem se fala, mto ruim! quem defende o kalil só vai mudar de ideia quando o mesmo rebaixar o Galo, e olha q ele vem tentando faz tempo, mais fazer o q, o negocio do kalil é ter somente o melhor CT do universo, e salarios em dia, titulos q é bom nada.

  16. O Carlos César fez um bom fim de temporada. Mostrou futebol em outros times, mas é reserva do Marcos e jamais será um meia.
    Roberto, meu medo é o jerico inventar assim numa quartas de final, no Morumbi, contra o São Paulo, pela Copa do Brasil

Os comentários estão desativados.