SANGUE NAS VEIAS E VERGONHA NA CARA!

Sob o estigma dos 6 a 1 de 04 de dezembro de 2011, data da vergonha, o Atlético volta a enfrentar o cruzeiro no próximo domingo.

A goleada de dezembro foi um golpe tão forte no coração do atleticano que, até hoje, passados mais de 3 meses, a relação torcida/time ainda se ressente daquela sinergia que existia antes.

Uma sinergia que quase se podia tocar com as mãos, tal a pureza de sentimento e de entrega que emanava das arquibancadas.

Hoje pode-se dizer que o amor permanece, porém, diante da traição ainda não perdoada, do vexame ainda não deglutido, se transformou em uma atração envenenada pela desconfiança.

Assim como na descoberta de uma mentira importante. Assim como quando você descobre que foi enganado por uma pessoa de sua inteira confiança.

A equipe entrará em campo sob uma pressão que o cruzeiro não terá. Sufocado pela acachapante derrota de dezembro, o Atlético só verá 3 caminhos à sua frente: vencer, vencer ou vencer. Nada mais será aceito!

Se o Atlético ganhar, tudo permanecerá como antes na Cidade do Galo. Afinal, nada terá sido feito além da obrigação. Todavia, se perder, o mundo virá abaixo.

Enquanto isso, do lado azul da enseada das garças, perdendo ou ganhando, tanto faz.

Portanto, veremos um cruzeiro explorando o lado emocional do jogo. Aliás, já iniciaram a tática com diversas entrevistas concedendo o favoritismo ao Galo. Jogo de cena para inglês ver.

Será uma partida tensa. De um lado, o carrasco de dezembro. Do outro, o executado.

Mas, sabemos que na vida, nada como um dia após o outro. O derrotado de hoje pode ser o vitorioso de amanhã. E se a vitória vier com requintes de crueldade, tanto melhor!

Em futebol, não existe esse negócio de oferecer a outra face. Desta vez, teremos de partir pra cima do cruzeiro com coragem, sangue nas veias… e VERGONHA NA CARA!

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

13 comentários sobre “SANGUE NAS VEIAS E VERGONHA NA CARA!

  1. Sinceramente, não sei o que esperar desse clássico no que se refere a resultado: se vitória de goleada ou apertada, se derrota de goleada ou apertada ou se empate.

    Mas o que tenho certeza que vou ver é sangue nas veias desses jogadores, pois até os que tiveram envolvidos naquela vergonha sabem que eles têm que amenizar a situação.

    Ou eu estou confiante demais?

    O que eu não quero ver é a equipe do lado fresco da lagoa com a mesma postura que o GALO teve no dia 04/12/2011. Pois se isso acontecer, vai dar vontade de largar o futebol de lado mesmo.

    Abraço!

  2. ► Roberto ! nós trocedores podemos encarar esta partida como uma revanche,porém aos jogadores cabe apenas e tão somente, jogar um bom futebol _coisa que não eles não vem fazendo_.Lendo o noticiário do GALO em sítios esportivos,depara-se com uma coluna dizendo que kuca _ com k mesmo ,pois ele deve estar lelé dela_ ainda tem dúvidas para escalar o time.Oras! findando uma competição na qual em 10 rodadas, ele escalou DEZ times diferentes é de se estranhar se fosse o contrário.Essa ¨dúvida¨que o kuca tem seria normal, caso estivéssemos no início do campeonato,não ao final dele .Com isto fica claro aquilo que muitos já detectaram e o kalil/MALuf maria fingem não ver ;este time ainda não está pronto,faltam peças nele ,portanto não inspira confiança em ninguém , nem mesmo no treinador .Por isso a dúvida na escalação . Tomara que estes camaradas,tenham mesmo VERGONHA NA CARA e joguem, não por eles e nem por nós,mas pelo CLUBE ATLÉTICO MINEIRO .Que tenham um pouco de ombriade e honrem a Armadura Alvinegra, é com ela que eles teem uma dívida enorme ;não só pelo desatre da 38a rodada do BR11,mas pelo mau futebol que teem apresentado até então . Outro porém , aqla partida da 38a rodada do ano passado só terminará, no dia em que tivermos outra chance de detonar as melindrosas para os cafundecos da 2a divisão,ai sim , a dívida conosco estará quitada; já a cicatriz… bem ,esta ficará gravada em nossas memórias,digo isto por mim e pelos meus. Jamais será apagada !

    ► Sabias que o MALuf maria foi expulso de uma suruba por falta de atitude ? rsrsrsrs…Nem para isto o cabron serve . Haja visto a morosidade em contratar reforços ; o tempo passou , o coelhinho da páscoa chegou e nenhum reforço efetivou.Eiiiita lerdesa sô …

    ► Shallon Roberto e amigos .Feliz Páscoa á todos .A Paz de Cristo esteja conosco . Abs.

  3. Concordo com o KRIKO, caro amigo Roberto.
    Aquela MALDITA partida do dia 04/12/11 ainda não acabou. Pelo menos para nós, atleticanos.
    Mas sinceramente, acredito que ela tenha tido um “singelo” benefício (por mais estranho que isso possa parecer) para o GALO: Uma ligeira mudança de postura de boa parte da torcida, que se cansou das recentes humilhações impostas pelo vaidoso rival.
    Não precisávamos dessas páginas humilhantes no livro da nossa bonita e já sofrida história.
    Há tempos digo entre amigos que somente uma mudança de postura da torcida (passando a cobrar mais e melhor dos nossos dirigentes e conselheiros sobre TUDO no clube) e um “FATO NOVO” poderiam mudar, a curto prazo, nossa realidade.
    Talvez, o Independência (com o sócio-torcedor) seja o fato novo. E tomara que essa derrota ABSURDA para o vaidoso rival, acarrete de fato nessa mudança de postura da nossa torcida, que infelizmente passou a ter como maior ídolo recente (pelo menos de grande parte dela), o presidente Kalil, co-autor de várias dessa páginas humilhantes, por mais bem intencionado que ele tenha sido.

    Talvez eu esteja sendo otimista demais, vendo coisas positivas nisso tudo.
    E sinceramente eu espero que não seja esse o caso.

    De qualquer maneira, o mínimo que podemos esperar dos caras que ganham fortunas para vestir a camisa em que pagamos tão caro, é o que diz o título do seu texto: SANGUE NAS VEIAS E VERGONHA NA CARA!

    Grande abraço meu amigo.

  4. Mais uma para a conta do Kalil, já se passaram três dias e não conseguiram vender 18.000 entradas para um clássico. Nunca vi isso antes. E confesso para vocês jamais pensei que veria isso. Tenho 53 anos vou ao Mineirão desde criancinha e sem meus pais desde os treze. A única coisa que me consola é ter certeza que a historia será implacável tanto com ele como aos outros personagens daquela vergonhosa partida. Onde nossa honra foi vendida.
    Digo a vocês com muita tristeza, enquanto Kalil, Maluf, Cuca e mais Rever, Rick e Leonardo Silva, nesta ordem de importância e culpa, estiverem no Galo janais irei aos estádios.
    Me estranha também à atitude da grande impressa quando fala da venda de ingressos para o jogo. Estão comentando como se fosse uma venda fenomenal e quando percebem algo vão logo desviando o foco e falam que “é o campeonato é que não esta interessante”.
    Outro dia um comentarista de radio falou assim, “ate parece que a torcida do Galo esta de greve”. Será que só ele não percebeu isso?

  5. Particularmente, acredito que o clássico será um jogo relativamente normal. Não foi o time que se vendeu, mas alguns jogadores. Logo, o que pode pesar é essa guerra de nervos. No mais, até acho que o conjunto do Galo é melhor. Acho que ganharemos, mas não acredito em placar elástico. Vamos ver…
    Roberto, não tinha reparado que vc escreve cruzeiro com letras minusculas… hehehe Achei ótimo!

    Abraço.

    @RuyMorato

  6. Ja vi coisas mais feias que o diabo se tratando do Atletico, ou como dizem por ai…coisas que so acontecem com o Galo,okok…Jogo contra o Flamengo na Libertadores de 81, as Semi finais do BR87 contra o Flamengo, ou em 1977 contra o SPFC no final do Brasileiro, ou mais recente o jogo da conspiração mercenaria no final Da Conmebol de 1995 ( na visão dos sóbrios e honestos o titulo estava na mão).O jogo ods 6 a 1 foi fichinha perto diss…

  7. Robertao estou aqui junto do meu amigo Roger atleticano de coracao so esperando pra empurrar nas marias meu amigo.Ea unica coisa que aceito desses caras VITORIA

  8. Ótimo conhecer pessoas como vc, capazes d definirem tão bem o sentimento q nós atleticanos temos atualmente. Nada a acrescentar. Parabéns pelo post.

  9. Vamos ver logo mais se esses caras tem VERGONHA NA CARA.

    Mas tb temos um goleirim muito chinfrin tomando conta do nosso gol. Tomou seis e não deu esporro na zaga e nos caras do time.
    Ziza vendeu o Diego baratinho e depois disso estamos penando para encontrar o dono do gol.

    Se liga turcos.

  10. O próprio Atlético se colocou numa situação em que praticamente nenhum resultado deixará a torcida plenamente satisfeita. Até uma sonora goleada do Galo vai ficar parecendo resquícios de uma possível mutreta do ano passado. Na minha opinião, para a atual situação, só uma ótima campanha na copa do Brasil ou Brasileirão para que tudo seja como antes no quartel de Abrantes…

  11. O que esperar de um técnico cagão e de um ex-maria que nitidamente não estava querendo marcar nenhum gol nas bichas ???
    O pior é ter que ouvir um pseudo goleiro, frangueiro, fdp dizer que a torcida nunca está satisfeita !!
    É enfiar as duas mãos e rasgar com as unhas mesmo !!!! VPQP !!!

  12. Olá ,

    Com estes elenco não vamos ganhar nenhum título este ano,
    aí eu pergunto aos senhores: a culpa é de quem?

    Só pra reforçar o coro: precisamos de um goleiro melhor, um camisa 10 craque e um atacante matador, daqueles que a bola
    bate nele e entra no gol, tínhamos que neste espaço aqui sugerir nomes para ajudar o falastrão do Kalil a enxergar,
    porque se depender deste maluf maria estamos fudidos.

    Goleiro: Neto que esta na Fiorentina, o cara é muito bom e seguro ou na pior das hipoteses o experiente Gomes.
    Atacante: Eduardo Vargas que esta no Napoli ou na pior das hipoteses o Figueroa do Emelec, o cara mete gol sem dó.
    Camisa 10: Gustavo Lorenzetti do Universidad de Chile ou D’Alessandro do inter.

    Ficar buscando nego só pra compor elenco não vai resolver!, tem que ser cara decisivo pra chegar jogando em alto nível e
    como titular.

    É isto, espero que todos dêem sugestões ou que se abra um espaço aqui para elucidarmos as ideias de
    contratações em vez de só ficarmos reclamando e chingando sendo que estamos carecas de saber o que tem que ser feito.

    Saudações!

Os comentários estão desativados.