ENFIM, TEMOS GOLEIRO! UFA!

Victor, chamado pela torcida do Grêmio de “A Muralha Tricolor”, é do GALO!

Um excelente goleiro, sem dúvidas, mas por si só, não representa a salvação da pátria. Nenhum jogador, isoladamente, a representa.

Entretanto, chega para suprir uma deficiência crônica desde a saída de Diego Alves e carrega a responsabilidade de dar fim às apostas em uma posição que se tornara um verdadeiro pesadelo para a Massa.

Victor é paulista de Santo Anastácio, tem 29 anos e mede 1,94 m.

Custou 3 milhões de euros (que serão pagos em 2 anos) mais 50% do passe de Werley que, convenhamos, dificilmente teria espaço aqui novamente. Contrato de 5 anos.

É um valor altíssimo para um goleiro? Aparentemente sim, mas no meu entendimento, não.

Já se foi o tempo em que goleiro era barato, apesar de sua extrema importância na equipe. E neste caso específico muito menos, pois a nossa necessidade era tão premente que o montante investido ficou em segundo plano. “Cada um sabe onde o calo lhe dói!”

Em 99% dos casos, um time campeão não se faz sem goleiro competente. Não adianta contratar o “escambau” lá na frente, meter gols em todos os jogos, se na retaguarda um goleirinho meia-boca entrega o ouro aos bandidos. E o que antes era barato sai mais caro do que o valor que o Galo paga no Victor.

A maior prova do acerto da contratação é o choro e ranger de dentes da torcida gremista, que, através das redes sociais, lamentou profundamente a saída de seu ídolo e capitão da equipe.

A vinda de Victor demonstra que Alexandre Kalil está pensando grande este ano. Há muito que eu o criticava. Entretanto, é chegada a hora de elogiá-lo.

A ambição é uma maiores virtudes em um clube do porte e da grandeza do Atlético. E constato que esta contratação só foi feita porque quem a fez traz consigo a vontade férrea de ser o melhor, de ser o campeão. A ambição está de volta!

Parabéns, Alexandre Kalil. Elias Kalil certamente faria o mesmo… e este é o maior elogio que um atleticano pode fazer!

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

11 comentários em “ENFIM, TEMOS GOLEIRO! UFA!

  1. Estou torcendo para o sucesso, vai ter que mostrar muito serviço mesmo, porque na minha opnião o Giovanne ja atendia razoavelmente. Nao vi falhas grotescas nele… massssssssss

    Nada do que termos um goleiro milagreiro como dizem o Victor ser!!! assim espero!!!

  2. Não espero milagres do Vitor, mas sim a regularidade, isto que se faz um grande goleiro.
    Espero que ele faça as suas defesas normais, mas primeiro nossa defesa não pode deixar atacante sair na cara do goleiro, ahí nem SANTO pega.

    Muitos dizem que o valor foi alto, mas só olhar pra traz , ano passado o Botafogo recusou uma proposta de 12 milhões pelo Jefersson.

    E se for colocar na ponta do Lapis, quanto o Galo já gastou com todos estes goleiros que passaram pelo Galo desde 2008

    E no Brasil ele está entre os primeiros, na prateleira de cima como o Fábio, Diego Cavalieri, Fernando Pras, Jefersson, e agora o Cassio que tem demonstrado regularidade.

    E com o Chiquinho o Vitor vai voltar a sua forma de antigamente, por que é o melhor treinador de goleiros, e por isto está na seleção.

    1. Concordo com você, a torcida do galo tá muito chata, e se não tomar cuidado por até queimar o Victor, que já é um grande goleiro, mas não podemos endeusar o Réver, o Rafael Marques, são apenas bons zagueiros, o Réver nunca foi e nunca tem futebol pra seleção brasileira, igual muitos aqui estão pedindo, o Dedé do Vasco, sem clubismo nenhum, é o melhor zagueiro do futebol brasileiro hoje, ele estava numa fase extraordinária, mas se contundiu e perdeu muito ritmo de jogo, quando ele voltar a sua forma física vcs vão ver que zagueiraço, odeio o Vasco, mas o futebol deste Dedé me impressiona muito,tanto que está sendo pretendido pelo Milan para suprir uma possível venda do Thiago Silva.

      Vale lembrar que ano passado o Réver foi responsável por várias derrotados do Galo, como aquela do Cruzeiro, ele não jogou nada, chegava atrasado em todas. Ele é bom no simples, quando ele pensa que é craque ele complica, ele jogando o feijão com arroz, pra mim é um dos melhores do brasil, mas ele não é o melhor, o Leandro Castan está na numa fase extraordinária, por isto é melhor esta zaga parar de pensar que é a melhor do brasil e ter humildade, porque contra o Náutico que é uma equipe coletivamente fraca, mas individualmente com bons jogadores, ela bateu cabeça em certos momentos da partida.

    2. Concordo com você, a torcida do galo tá muito chata, e se não tomar cuidado pode até queimar o Victor, que já é um grande goleiro, mas não podemos endeusar o Réver, o Rafael Marques, são apenas bons zagueiros, o Réver nunca foi e nunca tem futebol pra seleção brasileira, igual muitos aqui estão pedindo, o Dedé do Vasco, sem clubismo nenhum, é o melhor zagueiro do futebol brasileiro hoje, ele estava numa fase extraordinária, mas se contundiu e perdeu muito ritmo de jogo, quando ele voltar a sua forma física vcs vão ver que zagueiraço, odeio o Vasco, mas o futebol deste Dedé me impressiona muito,tanto que está sendo pretendido pelo Milan para suprir uma possível venda do Thiago Silva.

      Vale lembrar que ano passado o Réver foi responsável por várias derrotados do Galo, como aquela do Cruzeiro, ele não jogou nada, chegava atrasado em todas. Ele é bom no simples, quando ele pensa que é craque ele complica, ele jogando o feijão com arroz, pra mim é um dos melhores do brasil, mas ele não é o melhor, o Leandro Castan está na numa fase extraordinária, por isto é melhor esta zaga parar de pensar que é a melhor do brasil e ter humildade, porque contra o Náutico que é uma equipe coletivamente fraca, mas individualmente com bons jogadores, ela bateu cabeça em certos momentos da partida.

    3. vale lembrar que a zaga que jogou contra o Náutico Léo Silva e o Rafael Marques não jogava junto, por isto temos de dar este desconto!

  3. Agora como disse o Kalil ” a torcida mais chata do brasil” concordo mesmo, esta torcida do Galo tem se superado em ser chata, principalmente em vaiar a equipe em plena partida. Agora quem tem o mínimo de conhecimento de futebol sabe que o Giovanni não é um goleiro ruim, ou fraco. E inegável a evolução que estava tendo, e no último jogo contra o Náutico, não vi falha dele. Primeiro que este negócio de goleiro sair do gol para tirar bola da cabeça de atacante está errado, foi falha da zaga do Galo, quem deveria está tirando a bola da cabeça do atacante era o zagueiro ou o Rafael Marques ou o Léo Silva, como os dois estavam batidos no lance, o Giovanni saiu para cobrir o erro.

    Giovanni contra o Palmeiras mesmo fez uma defesa dificílima, que só quem sabe faz, o juiz quis de qualquer forma empatar o jogo, mas Giovanni fez boas defesas. Discordo desta torcida que tenta achar um bode expiatório para todos os erros do Galo,o Victor é um baita goleiro, sem clubismo, acho ele melhor que o Fábio, a queda de rendimento dele se deve pela perda do preparador Chiquinho, desde que ele saiu do Grêmio ele caiu um pouco de rendimento, não caiu da forma que a imprensa da alterosa azul está falando, tentando até passar que foi uma contratação arriscada do Galo.Estou muito feliz, porque o Victor vai aposentar no Galo, há quanto tempo não tínhamos um ídolo no gol? Saudade do grande Veloso que já jogou no Galo contundido, e mesmo assim aguentou até a partida terminar. Victor é este tipo de goleiro, raçudo,vibrante ( não gosto desta palavra que me lembra uma maria , mas foi a que eu achei para definir rsrs).

    Não sei se é só eu aqui que vejo isto ou se tem alguma outra pessoa aqui também não gosta do Marcos Rocha, eu acho que o Galo merece um lateral melhor, temos um bom lateral esquerdo, tanto que o Flamengo se arrependeu profundamente de ter emprestado ele, inclusive o comentarista Júnior, disse que foi uma burrada do Flamengo ter liberado ele. Eu fiquei surpreendido como um clube pode liberar um lateral tão regular como o Júnior César( Não é nem um craque) e ainda bem que veio pro Galo. Mas o Marcos Rocha não me passa confiança, odeio o futebol dele, acho ele fraco, não gosto do apoio dele, e nem dele na defesa. Acho que o Kalil não deveria se acomodar, ainda acho que o Danilinho é fraco, ele é importante para equipe, realiza algumas funções táticas, como a cobertura da lateral direita, e mesmo ele tendo feito dois gols na última partida acho ele muito fraco. Acho que o Galo deveria investir pesado na contratação de um meia-atacante, como o Taison, aí sim poderia fechar o elenco.

  4. ”saudações alvinegras”
    Ótima contratação,precisávamos de um goleiro de verdade,e acho que o vitor vai dar conta do recado.
    foi caro?sim,mas eu pergunto quanto vale aquele peru que o geovani tomou contra o goiás?que poderia nos levar a ganhar a copa do brasil,ou aquela bola defensável contra o bahia,que nos daria a liderança do brasileirão?
    geovane não admite suas falhas,e pra quem joga ou jogou, sabeque toda bola na pequena área é do goleiro,e ele não sai em nenhuma.

    “sou mais galo que a seleção brasileira”

  5. No começo do ano era consenso entre a torcida atleticana que necessitávamos de um goleiro, um lat esquerdo, um meia e um atacante nato. Victor, Júnior César, Ronaldinho e Jô chegaram e até o momento estão suprindo bem estas necessidades (no caso do Victor, estou botando fé). Tanto que chegaram, viraram titulares e ninguém discute isto mais. Então dou razão ao Kalil quando diz que ao menos por enquanto o grupo está fechado (apesar de achar que com a liberação do Lima temos que ter muita fé para que nenhum zagueiro se machuque seriamente. HJ no sul o Luis Eduardo é o reserva imediato. Osssssssssssss).
    Agora é nossa parte. Torcermos, apoiarmos e como disse acima, termos fé. Acredito que esse time se acertando melhor com um jogador conhecendo mais o outro e não perdendo nunca a raça que demonstrou nos últimos jogos, podemos sim ter esperança. E mesmo que não seja agora, a grande maioria das principais peças deste time possui contratos longos, o que nos dá folêgo também para o médio prazo.

    Galo sempre!!!!!!!

  6. Não acho que tenha faltado ambição ao Kalil em nenhum momento desde que assumiu a presidência em 2008.
    A diferença é que este ano ele fez apenas contratações pontuais e certeiras. Não é fácil contratar Ronaldinho Gaúcho, Júnior César, Jô e Victor da noite para o dia. E outra grande contratação este ano e que não foi fácil foi a do Pierre, mas poucos lembram de elogiar.

    É bom lembrar que se dependesse de boa parte da “torcida internauta”, este elenco teria sido desmanchado por completo depois do 6×1, e esses ainda exigiam contratações bombásticas “para ontem”. Administrar um clube que estava praticamante falido não é simples como alguns torcedores gostariam que fosse.

    Parabéns, Kalil! E muito obrigado por TUDO que fez pelo GALO!

    Abração!

Os comentários estão desativados.