JUIZES, ESTAMOS VIGIANDO VOCÊS!

A camuflagem dos fatos tirando os méritos de um líder incontestável.

Os dois últimos jogos do Galo deixam claro o quanto teremos que lutar contra tudo e contra todos para chegar ao título. Já sabíamos? Sim. Mas nem por isso iremos apanhar calados, sem expressar nossa indignação.

Erros acontecem e sempre irão acontecer. Mas porque eles, em sua grande maioria, são contra o Galo?

Vamos iniciar no jogo contra o Santos, na última quinta feira, onde a qualidade e a raça do time, superou os “erros” da arbitragem.

A arbitragem da partida foi de Antônio Denival de Morais (PR), auxiliado por Roberto Braatz (Fifa/PR) e José Carlos Dias Passos (PR).

O Sr. Denival de Morais segurou a partida com inversão de faltas e deixando de aplicar cartões, o que tem sido corriqueiro.

Mas o que mais chamou atenção foi o 1° impedimento da partida, quando o jogo ainda estava 0 x 0, e o auxiliar José Carlos Dias marca um impedimento em uma lançamento do R49 para Jô, onde o mesmo tinha, no mínimo, 1 metro de condição.

Os outros dois lances são na mesma linha. Um gol de Bernard anulado pelo auxiliar Roberto Braatz, que estava na mesma linha em sua visão. O outro, em mais um lançamento de R49 para Jô, que sai no meio de dois zagueiros e o mesmo Roberto Braatz marca novamente o impedimento. Nesse lance Jô não chega a concluir, mas estava cara a cara com o goleiro, a metros de distancia do último zagueiro.

O que intriga nos lances de mesma linha é o porque de, na dúvida, anular (vejam no video abaixo, os três lances citados com tira teima, bem como os lances printados).

Link vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=YNXehFdzF1s&feature=context-gau

Pois bem, passada a terrível arbitragem do jogo contra o Santos, já estávamos preparados para o que poderia vir no jogo de 9 pontos (essa seria nossa diferença em caso de vitória) contra o Fluminense.

Esse jogo eu faço questão de destrinchar, e desmascarar toda essa onda que está sendo criada, dizendo que o Galo foi beneficiado.

Pois bem, o GALO foi PREJUDICADO e 3 pontos eram o correto ontem. Vejam abaixo:

1° – Logo aos dois minutos de jogo, Bernard sofre falta maldosa de Walace, que já tenta intimida-lo, dando uma cotovelada por trás, em um lance no meio campo. O arbitro, Sr. Rodrigo Braguetto (SP), marca apenas falta.

2° – Aos 6:50min do 1° tempo, falta inventada pelo auxiliar Carlos Berkenbrock (SP), onde Welington Nem se joga, na lateral do ataque do Fluminense, e o arbitro “entende” que houve carga por trás. Essa falta foi uma dos agravantes para o cartão que alguns minutos depois, Jr. César receberia.

3° – 10:30min do 1° tempo, cartão para Jr. César por falta seguida e por trás em Welington Nem. Atentem não para o cartão, mas para um detalhe importante, que será comparado a um lance capital do jogo. O Fluminense tenta bater essa falta rapidamente e o juiz manda voltar, pois ESTAVA ANOTANDO O CARTÃO QUE HAVIA DADO EM JR. CÉSAR.

4° – Aos 13:35min do 1° tempo, Gum corta um lançamento com a mão, onde a bola iria sobrar para Jô e Bernard, sozinhos, na entrada da área. O Sr. Rodrigo Braguetto marca apenas falta. Este cartão deixaria o zagueiro do Fluminense pendurado por todo o jogo, sem poder matar jogadas com faltas, como o fez em algumas oportunidades. (veja no vídeo abaixo.)

Link vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=JOS1f51MzBI&feature=context-gau

5° – 15:40min do 1° tempo, Walace comete falta por trás em Marcos Rocha, fora do lance de bola e leva cartão amarelo.

6° – Deco, aos 16:35min do 1° tempo, entra de forma maldosa, pisando no tornozelo de Pierre, na intermediária do ataque do Galo. Falta que, dependendo da interpretação do juiz, poderia ser expulsão. Mais uma vez, o Sr. Rodrigo Braguetto contemporizou e marcou apenas falta.

7° – Aos 22:29min do 1° tempo, Walace dá um rapa por trás em Bernard, quase na grande lua, do lado direito de ataque do Galo. O juiz dá a vantagem e, no fim do lance, não adverte Walace com o 2° cartão amarelo.

8° – O PENALTI: 24:26min do 1° tempo, em lance pela esquerda, Jr. César cruza a bola para área a meia altura, a bola resvala na coxa de Walace, que continua com o movimento do corpo para frente e deixa o braço para interceptar a bola, dentro da área. Além do penalti, mais um lance de cartão amarelo para Walace, que seria expulso. O comentarista André Lofredo teve a mesma opinião no momento, porém o lance caiu no esquecimento e não foi mais comentado na transmissão. Na Globo Minas, Marcio Rezende de Freitas não quis voltar atrás em sua 1° opinião, e permanece informando que nada houve. (Veja o lance no vídeo abaixo.)

Link vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=FGrgU8c6lzk&feature=context-gau

9° – 34:27min do 1° tempo, Deco mais uma vez, comete falta dura. Dessa vez, na beira do campo, Jr. César saindo em velocidade, Deco lhe dá um pontapé. Juiz marca falta e mais uma vez não aplica cartão amarelo, pois seria expulsão.

10° – O Sr. Marcio Rezende de Freitas, comentarista de arbitragem, tenta justificar no progama MG Esporte Clube, sua opinião a respeito do penalti cometido por Walace, comparando-o com um lance de Danilinho, que aconteceu aos 14:35min do 2° tempo, onde à queima roupa, o mesmo toma uma bolada dentro da área, a bola batendo em sua barriga e no braço, que está junto ao corpo, sem tempo de movimentar para trás.

11° – Aos 17:10min do 2° tempo, Walace chega de sola atingindo a coxa de Bernard (as câmeras flagram a marca deixada), e o juiz sequer marca falta. Mais um lance de amarelo, que prorrogou a permanência de Walace em campo.

12° – O LANCE DO BENEFÍCIO AO GALO – Já aos 42:07min do 2° tempo, Pierre comete falta em contra ataque do Fluminense e é advertido com cartão amarelo. O Fluminense bate a falta rapidamente, com o juiz ainda com cartão na mão para anotação. Ele guarda o cartão e deixa o lance seguir, quando é marcado impedimento errôneo pelo auxiliar e o gol de Fred é anulado.

Pois bem, voltem ao 3° tópico do texto, onde digo que aquele lance da falta de Jr. César seria capital para interpretação desse lance de gol anulado do Fluminense. Sim, ele usou outro critério e NÃO mandou voltar a falta para anotar no cartão (conforme havia feito no 1° tempo) e conforme está nas Regras do Jogo e Diretório para Árbitro (regra 12), pág 88, que pode ser lida no http://www.cbf.com.br/media/58890/regras%20de%20futebol%202012-internet-ok.pdf

No vídeo abaixo, que eu mesmo gravei no VT que foi exibido no canal PFC, o lance está completo, e nota-se claramente o juiz guardando o cartão, sem nenhuma anotação, e correndo em direção ao lance. Nos melhores momentos, editado pela Globo/Sportv, o lance inicia no passe dado para o Fred, e esconde que o LANCE ERA IRREGULAR.

Link vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=MNrusiL1GHg&feature=g-upl

E agora, será que a imprensa tem coragem de falar sobre tudo que coloquei acima?

Ainda teremos Atleticanos dizendo que fomos beneficiados? Para quem duvidar da veracidade do que escrevi acima, basta ver o VT COMPLETO da partida.

No jogo contra o São Paulo, fiz uma análise, e disse que a diretoria e a torcida têm que tomar uma atitude agora, enquanto há tempo.

Esse jogo com o Fluminense deve ser desmascarado e essa onda de “beneficiado” tem que parar.

Contra tudo e contra todos? Essa frase é pouco perto da guerra que estamos enfrentando.

Com fé e humildade, vamos em frente, e de olhos abertos!!!

COM O GALO VOCÊS NÃO BRINCAM MAIS!!

Abraços!

PARA SEGUIR O COLUNISTA NO TWITTER, clique aqui

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

19 comentários sobre “JUIZES, ESTAMOS VIGIANDO VOCÊS!

  1. É isto aí DU. Estamos de olho. Toma cuidado com a gente senhores do apito. Este ano não, este ano não, este ano não … CHEGA.

  2. Faltou dizer que se ele não amarelou e depois expulsou os jogadores do flu em relação ao Galo agiu de forma diametralmente oposta e não se eximiu de amarelar logo no começo do jogo vários dos nossos jogadores deixando nosso poder de marcação comprometido o jogo todo.

  3. Tem o vt do jogo na internet? Fiquei interessado no lance que o juiz manda voltar aos 10:30.

    E mais, revendo a jogada, dá pra notar que a coisa é planejada pelo Flu: Pierre pega a bola, para segurar enquanto toma uma bronca do juiz, esta lhe é tomada, ele é empurrado, fred sai, pede a bola e recebe, quando Pierre está tomando o cartão. Então, a gente tem que insistir nesse debate sim, protestar e etc, nem que seja para, caso a comissão de arbitragem brasileira considere o lance legal, fazer a mesma coisa quando o time adversário toma o cartão.

    1. Varela, não encontrei o VT na internet, mas estou vendo a possibilidade de postar. Verifique na programação do Canal PFC, que está sempre passando os VT’s.

      Abs!

    2. Varela, está aqui a programação:

      Para quem não viu o VT de Galo X Flu, no canal PFC hj as 17:30h, amanhã as 15:10h, dia 03 as 5:30h e 13:00h.

  4. Nem precisamos mais dizer alguma coisa. Vimos, percebemos todos os detalhes que você aqui, sabiamente destrinchou… Que fiquemos mais que atentos sim, pois se fosse outro time qualquer de Minas ou outro estado fora do eixo do mal Rio/SP., fariam a mesma coisa… A CBF continua a mesma, corrupta, a colocar nos gramados, árbitros e bandeirinhas mal intencionados, a beneficiar a corja de sempre… E o que me choca e me revolta, é que a monopolizadora Globo, ainda contrata para comentaristas de arbitragem, indivíduos que outrora, prestaram os mesmos serviços sujos em detrimento de uma competição justa e do povo…
    Além, claro,de ser compromissada com os patrocinadores de peso, que tem sua parcela de domínio sobre estas entidades e mídias, a comandar e determinar que este ou aquele time ( do eixo, claro), seja beneficiado ao máximo,para que haja retorno financeiro, do capital investido.
    Mas se esqueceram que, quando um time como este hoje, do Atlético, está determinado, compromissado, que tem goleiro, defesa. meio e ataque, e principalmente que não se deixa dominar em campo ou fora dele, com um presidente correto, que peita o errado e obscuro e com o apoio de todos nós, torcedores e observadores…não se brinque ou se vence…
    Uma derrota pode acontecer, queda de rendimento também, claro,é possível, mas, nunca entregar o ouro “literalmente aos bandidos”, a troco de favores…”isto nunca”…
    Parabéns, Roberto C Filho, pela clareza e detalhes do artigo…
    Estamos com você, com a verdade e com o Galo!

  5. ATLETICO BENEFICIADO PELA ARBITRAGEM?? Só se for contra o Democrata ou Caldense…..

  6. Boa noite.
    temos que dar um basta nesse Dario (dadá) programa alterosa esporte. Esse babaca só sabe apoiar os representantes dos nossos rivais. Concorda com tudo que é dito por eles! Nos lancves polêmicos, percebemos que os nossos rivais distorcem as imagens em prol do timinho azul e contra o glorioso e o babaca do dadá apoia os caras.
    Nos jogos galo x flu e raposinha x Verdão, todos viram que o a raposinha foi beneficiada e o galo prejudicado, mas essa imprensa não pensa assim, Alterosa esporte por exemplo. Todos da bancada só viram erros de arbitragens a favor do galo, inclusive o dadá.
    Os representantes da raposinha falida e do meleka sempre estão torcendo contra o galo e isso é o mais lógico. Já esse bobão do dadá torce a favor dos nossos rivais. No programa de hoje esse bobão além de dar o placar favorável ao melekinha disse que a cmisa do melekinha é mais bonita do Brasil.
    THá muito tempo que esse babaca vem prejudicando o Galo. Ao contrário do Blivar e principalmente do Dudu. Esse sim defendia o galo com unhas e dentes e soltava os podres do timinho azul. Por isso não ficou lá.
    E ainda tem gente que defende esse babaca por causa do gol de 71. Na verdade temos que agradecer ao Wanderley paiva que roubou a bola e lançou para o Humberto ramos que foi a linha de fundo e cruzou na medida para esse sujeito fazer o gol. disso ninguém fala!

    Fora dadá puxa saco de marias e dos melekinhas!

    1. Zero a zero na final de 71 já dava o campeonato para o Galo, quem fez o gol do título foi o Oldair, contra o São Paulo. Vamos estudar e divulgar a HISTÓRIA do Galo, tem muita “gente”(?) querendo reescrevê-la fajutamente.

  7. O pior disse tudo eh q a imprensa “imparcial” como sempre, nem se quer torcaram nesse assunto, do cartao no pierre, e a falta cobrada rapida de maneira irregular, e se nao fosse voce Roberto eu nunca saberia desse lance, pq a imprensa do eixo do mal nem toca no assunto, nem o Marcio rezende de freitas comentou sobre isso, mas a tonica eh essa pra ser campeao contra tudo contra todos. Agora a pergunta q fica no ar sem querer ser arrogante, mais qtos gols vamos precisar fazer no flamerda para darem umzinho?…..

  8. @Du_galo : um ‘assoprador de latinhas’ mal-intencionado, não precisa anular um gol legítimo, ou então, dar um impedimento que não foi ,para prejudicar uma determinada equipe. Basta a ele,inverter faltas,amarrar o jogo interrompendo-o á todo instante, marcar faltas que não foram, perto da área da equipe ‘por ele marcada para morrer’, distribuir cartões á torto e direito,sem que eles sejam necessários e, por aí vai . Somos vacinados contra arbitragens ‘tendênciosas’,não é de hoje que sofremos com elas e, pelo visto – com a boa campanha do GALO e as péssimas, dos queridinhos da grobu/cbf – neste campeonato não será diferente. O movimento #DeOlhoNoApito,pode ser um bom aliado do GALO nesta empreitada,é como tu bem disseste:- Com fé e humildade, vamos em frente, e de olhos bem abertos, sobre os ‘assopradores de latinha!!![…] Estamos pintados para a guerra ,se é guerra que querem [?] a terão. Sendo assim, verão que um filho do GALO, não foge da luta. abs e #GaloSempre

  9. Lamentável! Espero que o Altético entre com uma representação desse jogo contra a CBF, assim como a Flor falou que ia fazer. Rede Globo/Sportv são corruptos e defendem interesses próprios!

  10. Maravilhosa explicação, que no entanto todos nós já tínhamos percebido. Acho inclusive que o comentário do Cuca após o jogo do Santos apesar de educado, surtiu efeito contrário ou seja aí é que estão tranquilos para fazer o que quiserem pois o Galo vai achar normal errarem. NUNCA. Devemos colocar a boca no trombone. Principalmente nas vitórias. Agora temos a internet que nos faz mais livres para pressionar. Antes meus caros não sei se tem alguém da minha época, engolíamos tudo pois a imprensa do eixo rio-são paulo nos massacrava. Não podem imaginar o que o Galo já sofreu. Gostei da matéria muito lúcida.

  11. Sou um Geralista, saudosista geralista, Maldita Historia pois Liberdade ainda que Tardia…e um dia teremos um pedacin de litoral e ai seremos Independentes do resto do Brasil…Por pouco o Sr. Joaquim Jose da Silva Xavier não fez do Campeonato Mineiro um Campeonato Nacional. e ae nao precisariamos mendigar a participar de forma coadjuvante graças as ditaduras deste Pais Chamado Brasil onde os protagonistas ja sao eleitos bionicos eternos…Clubes do Exu RJSP.

  12. Com jeitão de decisão, a partida também era pegada, com muitas faltas, reclamações e tensão. O Atlético-MG recebeu dois cartões antes da metade da etapa (Danilinho e Junior Cesar) e reclamou dos critérios do árbitro. Um lance em especial criou polêmica: a bola bateu no braço de Wallace dentro da área, desviando sua trajetória. Mas Rodrigo Braghetto tratou como acidente e mandou seguir.

Os comentários estão desativados.