ATLÉTICO-GO 1 X 1 ATLÉTICO – PERDEMOS 2 OU GANHAMOS 1?

Na jornada de um aspirante a campeão, não se pode desprezar um empate fora de casa, ainda mais quando se atua em um campo de grandes dimensões, grama alta e fofa, cujo dono conhece todos os atalhos.

Entretanto, jogando contra 10 desde os 20 minutos do primeiro tempo, deduz-se que algo faltou ao Galo.

O time só dominou o jogo a partir da expulsão de Joilson, é bom que se diga. Creio _ e posso estar errado _ que faltou aquele sangue no olho que sobrou em outras partidas.

Não sei se os jogadores, por jogarem contra o lanterna, permitiram que se instalasse em seus subconscientes _ involuntariamente _ a idéia marota de que o jogo seria fácil.

Assistindo à partida, tive a impressão que a equipe trabalhou com a hipótese de o gol sair a qualquer momento, sem muito esforço. Penteava a bola no meio, não imprimia aquela velha velocidade e não partia para dentro do adversário.

A expulsão do jogador goiano pode ter vindo para o bem ou para o mal. Depois do fato, o Atlético-GO situou os 10 jogadores atrás da linha da bola o tempo inteiro. Congestionou o seu campo defensivo e com isso, reduziu drasticamente os espaços.

Mesmo assim, o Galo mandou 3 bolas na trave e perdeu inúmeros gols, o que está se tornando uma rotina preocupante. Podem fazer muita falta lá na frente, assim como fez ontem.

A falta que Danilinho faz é gigantesca. A sua ausência modifica o modo de jogar do time alvinegro. Como Guilherme não tem a mesma característica _ e não consegue recompor a lateral _ Cuca deslocou Pierre para a cobertura de Marcos Rocha. Com isso, concede mais espaços no meio e sobrecarrega Leandro Donizeti. E a proteção à zaga fica comprometida.

Pela primeira vez no campeonato, um time entrou em nossa área até com certa facilidade. Quase sofremos o 2º gol após uma tabela simples de destruir. E que não destruímos.

A principal virtude da equipe atleticana neste campeonato, além da técnica e do entrosamento, é a gana de vencer e atropelar a quem surgir pela frente. E é justamente o que vem fazendo a diferença até agora em relação à concorrência.

Enfim, foi um empate, que em situação normal, seria comemorado. Mas também não devemos criticar excessivamente. Afinal, mantém o Galo na ponta da tabela e tendo o céu como limite. O horizonte permanece o mesmo.

O apoio e a confiança da torcida estão intactos. Não há motivo para o contrário, longe disso. Acredito que O FOCO NO TÍTULO não será abandonado de forma alguma. Mas tem de ser exercitado, na prática, jogo a jogo. Batalha a batalha.

Mesmo que seja contra o lanterna do campeonato!

Fica a dúvida: perdemos 2 pontos ou ganhamos 1? Você sabe dizer?

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

15 comentários sobre “ATLÉTICO-GO 1 X 1 ATLÉTICO – PERDEMOS 2 OU GANHAMOS 1?

  1. Concordo com vc, Roberto. Não há que se desesperar e nem começar a cornetar o time inteiro, como já vi hoje aí pela internet. FIca o alerta pro time entrar ligado desde o 1º minuto, como não aconteceu ontem…Hoje e torcer pelo coxa e domingo, contra o Botafogo, entrar no gás desde o começo, com o apoio total da massa. E o Jô tem que aproveitar mais as chances!!! Saudações!

  2. Vendo o jogo fique p da vida, pois estava vendo a oportunidade de disparar na liderança, e realmente achei que faltou aquela gana do time, mas depois pensando friamente não penso que foi um mau resultado dentro do contexto do campeonato, pois o time não vai entrar bem em todos os jogos e não entramos bem contra um adversário que não será oponente direto nosso.

    O resultado serve ainda para ligar o alerta do time e do próprio treinador que no meu entedimento mexeu errado nas peças. Ontem tinhamos um grave problema na saída de bola pelo meio, e dos volantes quem tem melhor passe é o F. Souto. Precisávamos de velocidade, e Serginho seria melhor opção do que Carlos César, que estava sem ritmo de jogo.

    O que o time precisa é parar de perder tantos gols por afobação, igual foi o guilherme, jo e bernard ontem. Na hora de concluir tem q ter sangue frio.

    DE qq forma nossa caminhada é longa e alguns tropeços acontecerão, só temos que saber levantar depois e seguir em frente. Acredito que o time vai entrar com sangue nos olhos contra o Botafogo!!!!!!!

  3. Perdemos os dois pontos, né Roberto. Chances e mais chances de gols desperdiçadas. Seria o momento de abrirmos uma folga e seguir mais fortes rumo ao objetivo do título. Mas, com o resultado do Flu, não ficou de todo ruim. O pior foi pra quem esteve em Goiânia acompanhando o time. Acho que Jô não é o atacante para nos trazer este título. É brigador, um bom pivô, mas perde na qualidade do arremate. Ele seria sim uma ótima sombra pra um jogador como Obina. Mas acho difícil trazer alguém assim agora, então seguimos torcendo pra Jô.
    Abraços,
    Gésio

  4. O empate, nas circunstâncias, foi sim muito ruim. Se Flu empatou e Grêmio perdeu é problema deles. O Galo tinha uma grande oportunidade que jogou pelo ralo. Mas que sirva delição aos jogadores e treinador, que também errou muito. Bola prá frente que não há tempo para lamentações, como disse o eterno Marques. Estou #FechadoComoGalo

  5. Parabéns Roberto! Gosto muito das suas analises.Na minha opinião perdemos 2 pontos,o campeonato é muito equilibrado para disperdiçar chances tão reais para liderar com folga.
    A campanha do galo é extraordinária,só que ainda estamos no primeiro turno.Confio plenamente  
    no elenco,comissão técnica,diretoria e principalmente na    torcida para a conquista do título. Mas para isso acontecer,os
    erros cometidos pelo galo contra o Atlético GO,não poderão se repetir:
    1-O time líder, não pode respeitar tanto o lanterna ao ponto de não relacionar nenhum atacante para o banco.Isso aumenta a confiança do adversário.Atacante precisa de uma sombra o tempo todo para não se acomodar.Por isso o ataque perdeu tantos gols.O jogador mais ofensivo no banco era o Escudero,que é um meia.O Cuca levou o Leleu e o Paulo Henrique, cortou os dois do banco mesmo sabendo que o Guilherme ainda não está 100% fisicamente,e relacionou Carlos César,Richarlyson,Serginho e Felipe Soutto.São 4 jogadores que podem executar as mesmas funções.Com tantos cruzamentos na área,o Paulo Henrique seria muito útil.No jogo contra o Bahia,foi uma ocasião muito parecida,e ele foi muito bem.Se o Cuca não confia nele,não deveria ter liberado o André.Tem que encontrar urgente uma sombra para o Jô.O time já acostumou a jogar com um pivô,fazendo a parede e brigando com a zaga adversária.Temos quase nada de opções disponíveis no mercado,talvez o Souza do Bahia ou Marcão do Atlético Pr.
    2-O Pierre é o Pitbull,tem sido impecável e dado muitas alegrias!Mas no gol,ele e o Victor não foram bem.O chute foi em sua direção,dava para interceptar,mas preferiu se abaixar.Claro que isso atrapalhou um pouco o Victor,mas a bola foi quase no meio do gol, e ele demorou pra saltar.
    3-Com a entrada do Richarlyson,o time ficou muito embolado no lado esquerdo,com o próprio,Ronaldinho,Escudero, e as vezes o Bernard,todos jogando quase na mesma faixa de campo.
    O Serginho tinha melhores condições para executar a função que o Cuca delegou ao Carlos César.O Serginho tem jogado,o Carlos César não,e o ritmo de jogo faz muita diferença.

  6. Olha tb compreendo que perdemos dois pontos, mas acho que pesou o espírito do Serra Dourada, acredito nessas coisas… É um local nefasto ´para nossa história e há males que são duros de serem virados. Não vejo outro campo que mais nos atormenta no atual campeonato. Os fantamas que lá moram não gostam do GALO. Me pergunto se uma daquelas mil bolas em outro palco não teria entrado, acredito que sim, em outros ares um sopro de bondade não nos teria tocado.
    Pensem bem, se há uma porta do inferno para o atleticano, essa seria o Serra Dourada.

    Pensando no futuro, o jogo cria uma situação interessante: vários times jogaram na defensiva contra o GALO, mas o ATL/GO foi o 1º a abdicar-se de atacar. Seus ataques eram realizados por um/dois jogadores no máximo, para não atrapalhar a recomposição da defesa, o que permitira o GALO usar sua velocidade – vide os jogoscontra Vasco/Coritiba/Inter. Assim, vimos um jogo de linha contra defesa que o time não estava habituado a jogar e não sabia como resolver esse problema.

    Penso que se o GALO continuar assustando os adversários (Deus assim o quererá), será uma situação que veremos por diversas vezes. Caberá ao CUCA, assim que a semana o permitir, treinar essa situação de jogo e mostrar aos jogadores os caminhos para a vitória. Veja que o próprio Cuca ficou perdido, pois ao retirar o Donizete o time desmontou sua estrutura tática e, inclusive, diminuiu sua força de ataque.
    SDS alvinegras,
    Com Deus e com o Galo, por toda a eternidade!
    @marceguto

  7. A bola pune e o GALO ontem foi punido por ela . Concordo com vc Roberto , nas últimas partidas estamos abusando em perder gols,uma hora eles – os gols deixados de serem convertidos – iriam fazer falta ,e foi ontem . Deixamos de ensacolar dois pontos,por não saber jogar contra um time armado para jogar atrás da linha da bola , com duas linhas de quatro bem fechada, e apenas um atacante para puxar os contra ataques.Era jogo para ser jogado pelos flancos do gramado, e nem isso conseguimos fazer, insistimos em tentar entrar pelo meio da defesa adversária, justamente onde a concentração de jogadores rivais era muito grande ,facilitando o rechace da bola e anulando as investidas do nosso time . Danilinho vem fazendo falta neste time sim, muitos não veem a importância tática dele para o esquema do Cuca ,Guilherme não é um marcador ,por isso não exerce muito bem a função á ele designada . Liderança assegurada pelo revés dos concorrentes , a confiança ainda é alta e tropeços irão acontecer ,o que não pode, é ficar perdendo gols … abs e #GaloSempre

  8. Acho que ganhamos 1 pt. Perdemos 2 foi no empate com o bahia no independencia.Por coincidencia nos 2 jogos tomamos gol por falha do goleiro( contra o bahia o geovane podia pegar aquela bola e contra o atletico\go o vitor deveria pegar aquela bola; ou seja falha grave do goleiro). Agora e um campeonato dificil onde todos querem ganhar, o gremio em ascençao perdeu em casa para portuguesa, e com media de 2 pts por jogo nos que restam(vitoria em casa e empate fora), ainda faremos 44 pts, que somados aos nossos nos garantem tranquilamente o campeonato.
    Temos e que domingo começar de novo a nossa final(todo jogo vale 3 pts, contra o vasco ou contra o atletico\go), e esquecermos os nossos adversarios para o titulo, em cada rodada um ganha ou perde (times muito equilibrados) e pensarmos so em fazer o nosso papel, ou seja media de 2 pts por jogo.
    Um abraço

  9. Oi Roberto.. a verdade é que perdemos 2 pontos sim.. também não vi a mesma vontade presente no jogo contra o vaxxxco, mas acho que isso irá acontecer algumas vezes.. acho que o time não dá conta de manter essa velocidade em todos os jogos, e, inevitavelmente, mesmo que involuntariamente, isso tende a acontecer em alguns jogos…
    vejo o time jogar e fico pensando em como seria Tardelli ali na frente.. meu Deus.. ia ser demais..
    mas Roberto me responde uma coisa: qual a explicação pra Kalil ter vendido/emprestado André? Semana passada fiquei um dia sem acessar a net e me aparece isso..

    Ab. Valéria.

  10. Tropeços vão ocorrer. O corintians foi campeão ano passado oscilando muito no segundo turno.
    Bola para frente!

    A preocupação é realmente os gols perdidos já em vários jogos, especialmente pelo Jô, e a falta de um reserva para ele. Tem que arrumar um reserva para os jogos mais complicados ou para se a fase piorar.

    Mas bola para frente!!! O galo é o melhor de 2012. Isso é indiscutível.

  11. Ficaria preocupado se o Galo não tivesse criado oportunidades. Mas não dá pra cornetar um jogo onde a trave foi o melhor jogador em campo. O Corínthians no ano passado caiu de produção bem nessa época, e contou com a sorte dos adversários que não o passaram. E vejam que os 5 primeiros colocados do campeonato simplesmente não ganharam nessa rodada, ou seja, seguimos tão líderes como antes. Campeão tem que ter sorte com dos outros adversários não pontuarem também na hora certa.

  12. Perdemos dois pontos pelo momento do jogo com um atleta a mais em campo. Ainda mais um campo enorme como o Serra Dourada.
    Mas como disse a um tempo atrás o Jô ta perdendo muitos gols e contr ao xará foi mais um tanto de gols perdidos e que sem duvida fez muita falta.
    Mas tropeço acontece e aconteceu contra os goianos e serviu tb como alerta para o time. Tem que entrar focado desde o primeiro minuto em campo.
    O gol que levamos foi de uma infelicidade danada tb. O Pierre abaixou em uma bola que podia meter a cabeça e mandar pra longe mas abaixou e vendeu o Victor que se tivesse visto a saida da bola eu acho que o mesmo denfederia.
    Mas o resultado da rodada foi muito bom para a gente e no mais o empate foi apenas um aviso de alerta para o time e para o Cuca.

  13. Perdemos dois pontos, mas este ano está ocorrendo uma novidade: o Galo tem dado sorte, lembra aquele gol do Guilherme que a bola bateu na trave e depois nas costas do goleiro? Pois é, o Galo perdeu dois pontos mas a diferença dos concorrentes se manteve ou aumentou se considerarmos também o Grêêmio como concorrente…

  14. A minha opnião é simples… O time foi bem, não foi excelente como vinha vindo e não teve a pegada “sangue nos olhos”. Mas o principal eu achei foi pelo motivo de ter um adversário totalmente fechado com 10 dentro da grande área. E o galo não conseguiu triangular por falta de um atacante de bola no chão. Mas foi um bom resultado sim!

    Moro no rio e tenho uma notícia, que ouvi hoje na radio local aqui, o botafogo está temendo o poder de nossa torcida, a imprensa aqui admite que o GALO criou um grande caldeirão e que a torcida é insurdecedor… VAMOS PRA CIMA DELES GALO!

    Jogar com time aberto é muito melhor… nosso forte é jogar com time que joga para frente… e nao fechado!

  15. Concordo com suas palavras, foram sensatas. Sentí o Galo meio que com o freio de mão puxado, mas enfim, não jogou para merecer perder mas sim, se manteve como líder, pois os dois times a seus pés na classificação tb não se deram bem e continuamos com um jogo a menos que eles, ou, que todos!
    Perdemos a oportunidade de aumentar ainda mais a diferença para com os concorrentes, porém, somos ainda líderes. Tivemos o azar de perder sim inúmeros gols, bolas na trave e tudo o mais. Mas tivemos a compensação de não levar mais gols, por competência e sorte, que tem de acompanhar qualquer time na liderança.
    E como você disse muito bem e isto toda a torcida alvinegra tem consciência e concorda, é que o “quase gol” que levamos e este empate, servem muito bem de alerta pra que todos mantenham os olhos abertos e com sangue dentro, assim, mantendo esta diferença de pontos sobres os demais, poderá nos levar ao Bicampeonato, algo maravilhoso com quebra de recordes de aproveitamento e toda a alegria que nós atleticanos há muito merecemos vivenciar…Um verdadeiro presente de Natal!!! Que todos nós, torcedores, continuemos com este apoio, com este pacto com time e diretoria, e que não dispersemos nosso foco no campeonato, e sem dar o mínimo valor às fofocas e invenções por parte da mídia negativa e sensacionalista!

Os comentários estão desativados.