CRUZEIRO 2 X 2 ATLÉTICO – PITIS SELVAGENS.

Um clássico jogado sob as vistas de uma torcida que protagonizou cenas da mais animalesca selvageria.

Ônibus do Galo apedrejado, policial ferido, brigas entre facções, tiros de copos d’água ao alvo (neste caso, o juiz), etc etc.

Enfim, um clima de guerra civil no Independência e fora dele. As boas regras de civilidade foram rasgadas e jogadas no lixo em nome do desespero suicida que a campanha do Atlético lhes provoca.

Estão em 8º lugar na tabela quando deveriam, com o time que possuem, estar na zona de rebaixamento. E, ao invés de comemorarem, se unham e se imolam em praça pública. Freud estudou profundamente a histeria e certamente teria a explicação na ponta da língua, se vivo fosse. Porém, como analisar pitis e rasgações de camisolas não é o nosso papel, vamos ao jogo:

Desde o primeiro toque na bola, via-se claramente que ambos os times estavam pilhados em campo. O Galo tentando suplantar o rival na técnica e o cruzeiro compensando suas limitações com muita correria.

Mesmo após o gol do cruzeiro, a sensação do atleticano era de que o gol de empate surgiria a qualquer momento, pois a equipe em campo não se abalou. A cada minuto que passava, o time melhorava.

Quando o intervalo veio com o empate assegurado, a virada era apenas uma questão de tempo. Só não sabíamos que teríamos 2 jogadores expulsos antes de acontecer. Bernard, se fosse mais experiente, não teria entrado na provocação. Em contrapartida, as faltas de Pierre foram necessárias.

E aí, com nove em campo, Ronaldinho Gaucho arrancou do meio de campo e fez um dos gols mais bonitos de sua carreira já recheada de gols antológicos. Naquele momento, a virada era fato!

Os 3 pontos estariam na sacolinha, não fosse um erro crasso do juiz, ao não marcar falta claríssima de Montillo em Guilherme. No prosseguimento da jogada, o cruzeiro empatou quando tínhamos apenas 8 jogadores no gramado. Júnior César estava sendo atendido fora de campo.

Um empate com gosto amargo de ressaca, pois era um jogo ganho com direito a firulas, mesmo com um jogador a menos.

Num ambiente hostil, com tudo contra, o Galo mostrou personalidade e atitude. Em termos físicos, deu tudo o que tinha pra dar. Foi em cada bola com apetite de forte candidato ao título e perdeu 2 pontos por uma fatalidade.

Fatalidade esta provocada por um juiz fraco, que se omitiu em lance importante e influiu diretamente no placar. Mas não seja por isso, seguiremos na jornada como líderes e donos do terreiro.

E quanto às constrangedoras cenas que fariam corar até o capeta, espero que o cruzeiro seja punido com uns 10 jogos sem torcida ou sem mando de campo. Nesse caso, terá valido a pena perdermos os 2 pontos em troca de uma ida segura da barquinha azul para a segundona.

Uma troca razoável!

(As fotos do post de hoje são uma homenagem à iniciativa da torcida atleticana em levar seu apoio ao time na porta do CT da Cidade do Galo, já que não podia entrar no Independência. São atitudes de extremado amor que nos emocionam e nos estufam o peito de orgulho. Esta é a nossa torcida, companheiro!)

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

18 comentários sobre “CRUZEIRO 2 X 2 ATLÉTICO – PITIS SELVAGENS.

  1. Temos que agir para que o erro do juiz não passe em branco (tem que ter punição severa) e que o ponto ganho na mão grande custe caro à elas.

  2. O clássico só me deixou preocupada com o garoto Bernard. A equipe de psicologia do Galo tem que ajudar o menino a se equilibrar mais. Pode até tomar como exemplo o R49 mesmo, que toma porrada ao esconder a bola, mas faz seu trabalho. Ele tem que entender que por ser muito habilidoso e acima da média, ele será perseguido.

    No mais, o time está forte, aguerrido. Só não pode esquecer jamais que pra ser campeão, terá que passar por cima de TUDO. De arbitragem, de descontrole da torcida adversário tentando catimbar o jogo.

    Pra cima de todos, Galo.

  3. Roberto, vc explanou uma coisa que o Alberto, no TT, já havia sintetizado, não foi coisa de marginais, foi coisa da torcida azul. Não há que se procurar bodes expiatórios, como a imprensa mineira já está tentando fazer, há que se punir o clube, pois praticamente todos entraram na onda de selvageria, dentro e fora do campo.
    A punição deve ser exemplar.
    Sobre o jogo, embora eu concorde com tudo o que foi dito, não consigo me acomodar. Primeiro, porque fico revoltado por termos perdidos 6 pontos para times inferiores tecnicamente e em posição consideravelmente pior na tabela.
    Segundo, porque, NA MINHA OPINIÃO, houve uma certa acomodação do Galo após o 2º gol. Galo não poderia ter permitido aquele abafa do cry no final do jogo, bem como não poderia, nunca, em hipótese nenhuma, com falta ou não, com 8 ou com 5 jogadores em campo, permitir que o único jogador real de linha, Montillo, entrasse sozinho na área do Galo. Isso me incomodou demais, ainda mais com 3 zagueiros em campo.
    A arbitragem influiu diretamente no placar, mas, por outro lado, que não se tampe o sol com a peneira. Erramos também. Dois lances do cry não poderiam ter originado dois gols. Nunca!
    Galo tem que parar de jogar fora esses pontos, porque tudo conspira contra. Espero que não, mas é possível que façam falta lá na frente, e não podemos desperdiçar a chance que se nos apresenta este ano.
    Saudações alvinegras.
    @Ruy Morato

  4. Sem palavras aqui pra expressar qualquer coisa a não ser parabenizá-lo mais uma vez pelo publicado! Saudações atleticanas… Em tempo, o primeiro turno terminou para 18 clubes apenas, pois, ainda nos resta comer os 3 pontos em cima da urubuzada apavorada que foge, foge mas está chegando a sua vez de provar a dor das esporas de um Galo Forte e Vingador!

  5. Passou…! Agora é a Ponte e o segundo turno…Bola pra frente, vamos pra cima da Ponte, queremos e precisamos dos 3 pontos!!!

  6. Uma outra coisa: acho que o Galo errou ao não pressionar a arbitragem desde o início. Nos últimos clássicos temos visto um festival de faltas grosseiras e cotoveladas delas. Além do mais, os times do Roth são violentos. Era previsível que elas tentariam levar o jogo na violência e no grito, era a única chance que tinham.

    Acabamos apanhando mais e tendo mais jogadores expulsos.

  7. Belo texto.

    Meus comentários:

    1. Concordo com o Varela. Nos últimos clássicos o cruzeiro vai no estilo sul americano (desonesto e anti-ético , especialidade da casa , diga-se de passagem): pressionando arbitragem, com intimidações, agressões e etc. O galo tem que responder à altura, infelizmente.

    2. Se o Guilherme rendesse em termos práticos 10% do que rende o R49, ganharíamos esse jogo ontem.

    Agora PASSOU. E falando em bola para frente:

    3. Tem muita gente da imprensa dizendo balela. O Kalil tem que blindar esse time!! Se o galo não é o maior favorito, quem é???? Quem está na frente? Quem garante que haverá queda de rendimento no 2 turno? Quem garante que o fluminense não vai cair de rendimento no segundo turno?? aff…..

    4. O jogo extra contra o FLAmerda virou FUNDAMENTAL. Bater 03 pontos de bônus aí vai ser ótimo.

    O galo não precisa ser perfeito, só precisa ter rendimento acima de flu e grêmio, e acabou.
    Temos 20 FINAIS pela frente.
    O time está bem.
    Otimismo e bola para frente.

    gaaaaloooo

  8. Vou dizer uma coisa aqui que muitos não vão gostar, mas é a pura verdade. Foi o empate da raça contra o talento. O talento fez a parte dele (Leo Silva e R49), mas o time do Galo por medo perde a raça em frente ao cruzeiro, a verdade é que o time do Galo borrou de medo, em outros tempos era o cruzeiro que tinha medo do Galo, agora depois de anos e anos (década de 2000) com o cruzeiro com time muito melhor infringindo uma sequencia de derrotas humilhantes em cima de um fraco time do Galo, a logica perversamente se inverteu, e infelizmente hoje somos um time que teme o seu maior rival. Isto está claramente em campo, o Galo jogou travado com medo, no primeiro tempo só duas bolas foram ao Gol do Fabio, uma de Danilinho de cabeça para fora e outra do Leo SIlva que foi gol, fora isso o Galo não deu um chute a gol no adversario, nem ofendeu o mesmo. Temos um grupo muito superior ao do rival, temos talentos bem superiores, temos futebol bem melhor, o time do rival é ruim de dar dó, e continuamos perdendo, porque o empate ontem foi mais uma derrota para rival, e não adianta culpar o juiz por não ter marcado a falta no Guilherme no ultimo lance, porque o cruzeiro com este time ruim tinha caixa para levar uma goleada, no minimo uns quatro, mas o medo segurou o Galo, os 6 x 1 pesou nas costas do time, e pelo jeito se não começar a ganhar logo os clássicos vai levar tempo para Galo tirar essa sina do medo perante o seu maior arquirrival…

    1. Cara, respeito sua opinião, mas este time do Galo atual não teme ninguém. Não discuto sobre outros times nossos q eram claramente inferiores. Mas este de hoje… acho q vc está redondamente enganado.

    2. Vc é cruzeirense enrustido só pode! O cruzeiro até as expulsões tinha dado 2 chutes a gol. Os jogadores do Galo não aceitaram nenhuma provocação, bateram de frente em todas jogadas. Muito diferente daquele jogo fatídico que todo mundo acorvadou. Não sei qual jogo vc assistiu. Sinceramente e com todo respeito a vc.

  9. Clássico é Clássico e vice -versa . Este empate,onde o GALO perdeu dois pontos importantes para o ‘árbitro’, não muda em nada o campeonato .GALO mais do que nunca brigando pelo título e smurfets purpuríneas, no meio da tabela para baixo ,fato ! . E vamu prú jogo ! 4a feira tem mais … # PráCimaDelesGalo .
    P.S : “Não há graus intermediários entre o medíocre e o pior.” abs Roberto e #GaloSempre

  10. O Galo foi superior a cada momento, tamanha técnica em campo que me deixava mais nervoso, pois o Galo este ano não tem correria, lembra um pouco alguns clubes europeus, que mesmo em clima hostil se comporta com se estivesse jogando em um estadio vazio…tamanha frieza de quem já sabia que iria vencer, mas temos neste Pais uma impunidade arbitral graças as pressões
    externas e provincianas, logico que o arbitro em questão já destrinchou tudo na sumula.

    O GALO FARÁ UM RETURNO MELHOR QUE O PRIMEIRO!!!!!! PARA DESESPERO FRESCO ALHEIO!!!!!!POIS TEMOS ELENCO!!!!

  11. O segundo gol do Fluminense (da vitória) foi irregular. O segundo gol do yale (do empate) foi irregular. O GALO estaria agora com 5 pontos a mais que o segundo colocado, e com um jogo a menos, não fosse a arbitragem que insiste em prejudicar o Atlético. A arbitragem já vem tentando tirar pontos do GALO desde o início do Brasileiro, mas pela primeira vez ela conseguiu. Perdemos dois pontos para um time ruim, como disse muito bem o Kalil.

    Achei que o GALO não apresentou o mesmo futebol de jogos anteriores na Arena do GALO, mas o jogo foi muito tenso. Não me lembro de um clássico com os jogadores tão nervosos como esse de ontem.

    Bernard ficou devendo. Danilinho sem ritmo e Guilherme irreconhecível. Ronaldinho não apareceu muito, mas craque é craque e quando acerta é decisivo. R49 deu mais 2 assistências não terminadas em gol, para Danilinho e Guilherme. Depois fez aquele golaço que merece uma placa. Obra prima do Gaúcho! Marcos Rocha jogou demais.

    Não fosse a incrível tensão dos jogadores do GALÃO, teríamos aplicado uma goleada nas marias.

    Vamos aguardar a punição do yale. Esse timinho não fica nem entre os 10 do Brasileiro.

    Abração!

  12. Primeira vez que postarei alguma mensagem aqui. Então, primeiramente, parabéns ao Roberto pelo blog, muito bom!

    Sobre o jogo contra o Yale: Fomos superiores e elas tremeram, assim como sua torcida.

    Domingo ficou claro o tanto que o GALO está pertubando a enseada das garças, foi uma histeria coletiva, sem o menor exagero da minha parte.

    Elas empataram, mas sob quais circunstâncias?? Erro grotesco de arbitragem e o GALO com 7 JOGADORES!! Sim, 7. Dois expulsos, um machucado fora de campo e outro derrubado no chão pela falta. O lance foi tão bizarro, que a jogada foi armada pelo prórpio jogador faltoso que deveria ter sido expulso pelo segundo amarelo.

    Vi uma brincaderia no Twitter ontem, mas que é a pura verdade: o Ipiranga, com o seu time completo(os 10 jogadores + o juiz), conseguiu empatar contra o time de futsal do GALO.

    Agora, o mais importante, na minha opinião, é o seguinte:

    PONHAM UMA COISA NA CABEÇA, O GALO SERÁ CAMPEÃO BRASILEIRO EM 2012!

    Não dêem valor para o que a imprensa purpurinada e do eixo estão dizendo. Toda hora é falado: Impossível o GALO manter o padrão, uma hora vai cair, etc… E o Flor e o Grêmio??? Não vão cair!!??? Se não fosse o GALO, o Flor estaria com a melhor campanha da história e, se não fosse por estes dois, o Grêmio estaria com campanha de campeão também. Então, qual o motivo de somente o GALO cair de rendimento?

    Além disso, tanto o Flor como o Grêmio terão que medir forças com o GALO DENTRO DO NOSSO TERREIRO!! Não se esqueçam deste pequeno detalhe.

    Então, meus caros, com muita humildade e fé, YES WE CAM!

    Vamos lotar a Arena GALO DOIDO quarta e ajudar o GALO a bicar mais uma vitória, GALOOOOO!!!!!!!

  13. “Não dêem valor para o que a imprensa purpurinada e do eixo estão dizendo.” Campeão 2012, só acho que, hoje, a maior parte do eixo torce por nós descaradamente. Grande parte da imprensa mineira, no entanto, quer a queda do Galo. Me surpreende que não hajam pedido punição ao RG por incitar a torcida do Cruzeiro com a sua jogada e sua comemoração.

    É surreal, mas é isso que está acontecendo.

    1. Concordo que a mídia nacional reconhece muito o time do galo atual e suas revelações, bem como está torcendo por nós.

      Quanto à imprensa de MG, tirando raras exceções (dentre elas o Chico Maia), é horrível e movida por interesses. O Perrella sabia como ninguém jogar com esses interesses.
      Já morei em SP e a diferença das imprensas é gigante. A imprensa de MG é nojenta.

      gaaaalooo

Os comentários estão desativados.