SAIBA PORQUE OS SENADORES QUEREM O GALO JOGANDO NO MINEIRÃO!

“Política é a ciência da governação de um Estado ou Nação e uma arte de negociação para compatibilizar interesses.”

Em qualquer atividade, a política se mostra presente quando você precisa angariar apoios em torno de um projeto bem sedimentado. Uma política bem realizada abre as mentes para as pessoas ouvirem o que você tem a dizer e a valorizarem o conteúdo do que você lhes propõe.

Se você tem crédito com a sua esposa, você pode, “politicamente”, negociar a liberação de todas as sextas-feiras dos próximos 10 anos! Não custa tentar, embora certamente não vá conseguir. Mas a simples tentativa demonstra que, até dentro de nossas casas, a política existe.

Até agora, eu falei da Política como essência de convivência e negociação entre pessoas e povos. Esta é absolutamente necessária! Política é uma coisa boa.

Porém, ainda não falei do outro lado da política, onde senadores usam de seus cargos e poderes para pressionarem de forma mesquinha uma instituição de futebol sagrada para mais de 6 milhões de pessoas!

Vou nominar, pois não tenho medo deles: trata-se do senador Aécio Neves e do senador que caiu de para-quedas no Senado Federal (às custas da morte do titular), chamado zezé perrela. O primeiro, multimilionário por família e sabe-se lá o que mais. O segundo, investigado pela Polícia Federal, dono de uma fazenda de mais de 60 milhões de reais obtida da noite para o dia enquanto o clube que presidia está mais quebrado que arroz de terceira. Convive com escândalos diários, como o  fornecimento fraudulento (em licitação) de marmitas para presídios estaduais e federais e outras coisas mais.

Esses caras se julgam no direito de obrigar o Clube Atlético Mineiro a jogar no Mineirão, mesmo que às custas de prejuízos claros e evidentes para o clube. Motivo? Necessitam cumprir o orçamento previsto e dar satisfação à sociedade para não perderem poder (voto = poder). E dependem fundamentalmente do Galo para que o plano tenha sucesso. No planejamento que fizeram, o Atlético era a principal fonte de receita. De repente, não é mais. Estão desesperados.

Vejam o Plano de Negócios que faz parte da PPP (Parceria Público Privada). Trata-se de uma projeção de faturamento utilizando públicos de 2004 a 2009 como base. E qual a maior torcida? Claro que é a do Galo!.

(Clique sobre a imagem para expandí-la – Imagem divulgada na Internet pelo Zeca1908, autor do Espora Afiada).

Como podem ver, a média do público alvinegro foi de 56%. A do cruzeiro, de 44%. O governo pode abrir mão de um público tão significativo? Claro que não. Sem o Galo, o Estado vai ter de continuar pagando o mínimo contratado à Minas Arena por seculae seculorum, pois a tal empresa oportunista não produzirá receita suficiente, está mais do que óbvio.

SEM O GALO, TODO O PROJETO FEITO POR POLÍTICOS  INCOMPETENTES, QUE DERAM O MINEIRÃO DE BANDEJA À INICIATIVA PRIVADA, VAI POR ÁGUA ABAIXO!

A Minas Arena, que não gastou um tostão furado de seu próprio bolso, pois a grana saiu do BNDES, não precisa nem se mover para receber, todo santo mês, no mínimo 3 milhões e meio do Estado! E nesse início, parece que muito mais!

Explico, com as palavras do Dr. Jarbas Lacerda:

“1 – Minas Arena vai receber no 5º dia útil de Fevereiro, a título de remuneração fixa, a quantia de R$7.752.632 já com a correção!

2 – No 5º dia útil de Março, a Minas Arena vai receber dos cofres públicos, a título de remuneração fixa, a quantia de R$7.723.331,00!”

Está claro que:

1 – O governo e os senadores citados pressionam o Galo para que jogue no Mineirão porque só assim se livrarão de perdas políticas. Querem trocar o prejuízo deles pelo nosso! No Mineirão, só o Estado pode entrar pelo cano. A Minas Arena está mais do que garantida, mesmo que durma 24 horas por dia. Não existe risco para eles.

2 – Por uma questão moral, há a OBRIGAÇÃO de instaurar uma CPI que investigue TUDO sobre a licitação do Mineirão, mesmo que o presidente Kalil tenha se declarado contra. As suspeitas de que os senadores Aécio Neves e zezé perrela têm ligação com a Minas Arena são escancaradas demais para serem ignoradas! Esse duto escandaloso de dinheiro público não pode seguir impune. #CPIDOMINEIRÃOJÁ

3 – Por fim, o Galo joga aonde quiser. Tem estádio, tem torcida e não depende de contratos lesivos ao patrimônio público. O Galo, hoje, NÃO TEM O DIREITO de ser fantoche de nenhum político!

ELES NÃO CONTAVAM COM O CONTRATO COM A BWA, NO INDEPENDÊNCIA, essa é que é a verdade. Acharam que regras escravagistas seriam impostas ao Galo da mesma forma que foram enfiadas goela abaixo do cruzeiro. E agora apelam para medidas sujas que forcem o Clube Atlético Mineiro a se render.

Senhores senadores, NÓS, ATLETICANOS, NÃO PERMITIREMOS QUE ISSO ACONTEÇA! SOMOS FORTES DEMAIS PARA VOCÊS!

Entenderam agora a diferença entre a arte da Política (com letra maiúscula) e a podridão dos politiqueiros?

(Há muito mais que se dizer a respeito. Nos próximos dias, estaremos detalhando tudo).

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

44 comentários sobre “SAIBA PORQUE OS SENADORES QUEREM O GALO JOGANDO NO MINEIRÃO!

  1. Li o anexo V, apenas uma vista d´olhos, mas parece que existe uma remuneração acessória variável a esta do artigo que é a remuneração fixa. Assim sendo parece que o valor é maior ainda.

    1. Parabéns ao autor do texto, muito claro. Não é à toa que falei que não vou ao Mineirão. Para ver o Galo jogar prefiro a Arena do Independência, ou mesmo num fundo de quintal, mas nunca dando dinheiro pra estes caras de pau. A Minas Arena agiu de esperteza, o time azuleco caiu na lábia. Que ele arque com as despesas.

  2. Este Aécio ainda acha que estamos nos tempos de Coronelismo, não adianta Andréa Neves calar a imprensa as mídias sociais estão ai e cada atleticano tem como mudar esta situação mostrando sua revolta contra estes bandidos, o Kalil pode calar mas nos atleticanos não podemos sim jogar toda esta mutreta por água abaixo com nossa força. Mexeu com o Galo agora aguenta Aécio e linguiceiro.

  3. Qual a diferença de contrato de Bwa com o atlético e Minas Arena com o Cruzeiro?

    1. O Galo é sócio da empresa que administra e toca o estádio. O cruzeiro é simples locatario do Mineirão, nos moldes do contrato oferecido pela Minas Arena. Essa emrpresa não possui nenhum vínculo em sociedade comercial com o Cruzeiro, apenas aluga o estádio para o time jogar e possuir ocupar outros espácos . Apesar do Independencia ser do Ame’rica, é o Atlético que explora em parceria com a Bwa.

  4. CPI Já!

    O coronel Aécio Neves há muito manda e desmanda em MG, infelizmente é um “ótimo” politico, ótimo para ele, para os seus interesses, sabe como poucos a arte da manipulação, até mesmo através da coação e repressão, o zezé é o seu pupilo, bandido da pior especie, isso tem que acabar, infelizmente as grandes massas são facilmente manipuladas por esses calhordas, mas que aproveitemos a internet para anunciar o quão podres eles são.
    reparem que é só começar um reboliço na internet, no twitter que eles ficam incomodados, as noticias contrárias surgem.
    Quando começaram os pedidos de CPI do mineirão, o João Leite apareceu no Twitter elogiando o Aécio, dizendo que ele foi quem mais fez pelo futebol, o João é um bom homem, diferente destes ai, e eles sabem que podem usar a sua credibilidade para manipular a massa!

  5. Não entendi!! A Minas Arena não gastou para construir e ainda vai receber três milhões e meio do Governo. Qual é o papel dela nesse convênio então? Somente administrar?

    1. O Minas Arena pegou o dinheiro emprestado junto ao BNDES. Possivelmente devem já estar pagando os valores parcelados ao orgão. Mas é notório que terão muito mais lucro que prejuízo diante disso tudo. Nós atleticanos deveríamos imundar a mídia incansavelmente com esse texto para que eles possam divulgar isso ao público. Mesmo sabendo que a mídia é financiada pelo governo estadual.

  6. Tem gente aí em cima pedindo para mostrar a arrecadação dos anos de 2005 a 2009, se possível, peço ao criador do blog que mostre tais dados, com o intuito de explicar ao Cruzeirense que as maiores rendas foram do CAM?

    1. Não é necessário, pois os preços dos ingressos serão completamente diferentes. O número de público apenas serviu como base de dados para o governo fazer a projeção de faturamento. E essa projeção em dinheiro não aparece no Plano de Negócios. Valeu, amigo.

    1. Obrigado por avisar o Chico Maia, amigo. O blog Torcedor Atleticano copiou o texto e o divulga sem créditos, o que é deplorável. Valeu, cara.

  7. Meus Avós sempre falavam, cuidado com estes ahí, são MAQUIAVÉLICOS KKKKKkkkkkkkkkkkkkkkk por isto não gosto de politica e nem de politico são tudo maquiavélicos, que meus antepassados já avisavam, são ruins, pilantras, mal carater , sem vergonhas, resumindo LADRÕES. CUIDADO COM ELES MEU Fiiiiiiooo, num anda com gente ruim não.

    E eu sou bom filho e bom neto, aprendi direitinho o que meus antepassados me ensinaram, só falta eles levantarem da COVA e dizer, cuidado com o anão de jardim perrela e cm o aécio neves.

    1. Sou atleticano mas considero as retiradas dos pitis cruzeirenses algo bem anti-democrático. Reveja seu conceito para o bem do seu blog.

  8. Tacada de mestre esta do Kalil com a BWA.Desejo sinceramente que o Turco esqueça esta história de Mineirão, ao menos por uns dois anos, só pra dar tempo do cruzeiro passar o chapéu.Até lá, se o Galo precisar jogar no Mineirão, que use as condições previstas no edital.Que ele fique firme e que MA, os senadores e tudo o que eles representam arquem com as consequencias.

  9. É por isso que não entendo os atleticanos que “vão na onda” das marias e criticam o Kalil .

    Muitos jornalistas vendidos vomitam na mídia algo do tipo “O Kalil tem que assinar com o Mineirão de qualquer jeito ” e pregam que é pelo bem da torcida do Galo e tudo mais .

    O Kalil NÃO TEM que assinar NADA com a Minas Arena que não for bom para o Galo .

    Estou com o Kalil .

    Se querem que o Galo pague pelos erros do governo como as marias estão fazendo , podem enfiar o Mineirão no cú do Aécio .

  10. Excelente Texto. Grande fonte de informação e de fatos!!!
    Isso é pra calar as bocas dos perseguidores do Glorioso, Kalil e da massa atleticana: Emanuel raposa e sua trupe,puxa sacos do timeco falido e da “XANA AZUL” que é tão decantada por esses patetas.
    Parabéns Roberto!!!

  11. esperem sentados a rendição, nossa vitória não será por acidente! #GaloSempre

  12. Na minha opinião, para afirmar categoricamente que “SEM O GALO, TODO O PROJETO FEITO POR POLÍTICOS INCOMPETENTES, QUE DERAM O MINEIRÃO DE BANDEJA À INICIATIVA PRIVADA, VAI POR ÁGUA ABAIXO!” temos que saber os valores dos ingressos usados na projeção e os valores que serão praticados pelo cruzeiro. Sou atleticano e não defendo aqui o playboy ou o açougueiro e é claro que ao final do ano já poderemos saber se o valor recebido pela Minas Arena será lesivo ou não ao Estado de MG mas, por enquanto, não podemos ter a certeza disso.

  13. João Flávio,
    É óbvio que o valor recebido pela Minas Arena é lesivo aos cofres públicos. Até agora, ou seja apartir da inauguração 21/12/2012 a 02/02/2013 ela receberá R$7.000.000,00, mesmo com o mineirão sem atividade. E ela ainda receberá R$3.500.000,00 em julho (Copa Confederações)quando o estádio será cedido obrigatoriamente a FIFA, e em Dezembro de 2013 quando o BR/2013 terá terminado. Portanto só em 2013, ela receberá R$14 Milhões sem fazer nada.Dinheiro do contribuinte que poderia ser destinado a saúde,educação…..

    Ps: Essa PPP do mineirão foi um “negócio da China”……, pras construtoras que o compõe o consórcio Minas Arena. Não tem ônus, só participam do Bônus!

  14. Pesquisem mais sobre a Construcap!
    a empresa faz parte do consórcio Minas Arena.
    essa mesma empresa ganhou licitação para a construção da cidade administrativa.

  15. A campanha do governador reeleito do Estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB) arrecadou R$ 38.024.733. Já os gastos chegaram a R$ 38.016.382. Os dados estão registrados no Tribunal Regional Eleitoral de Minas (TRE-MG) e representam a movimentação de dinheiro que o tucano usou na corrida ao Palácio da Liberdade.

    Entre os recordistas de doações aparecem, principalmente, construtoras, empresas de engenharia e empreiteiras de obras, além de bancos. Uma das principais doadoras para o tucano foi a Galvão Engenharia, que contribuiu com R$ 800 mil. Já o banco Itáu Unibanco fez uma doação de R$ 700 mil, em uma só tacada.

    Tradicional no ramo de engenharia, a Mendes Júnior contribuiu com R$ 600 mil. Do mesmo setor, a OAS engenharia entrou com R$ 300 mil. Mas Antonio Anastasia também foi beneficiado com dinheiro de empresas ligadas a uma das principais atividades econômicas do Estado: a mineração. Foram, por exemplo, R$ 500 mil vindos da Usiminas Mecânica, e outros R$ 400 mil da Votorantim.

    Já os dois candidatos eleitos para o Senado este ano por Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PPS), que praticamente fizeram campanha juntos, arrecadaram no total cerca de R$ 23,5 milhões. Foram 11,9 milhões direcionados à campanha de Aécio e R$ 11,5 milhões doados a Itamar.

    http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4771008-EI15328,00-MG+Anastasia+gastou+mais+de+R+milhoes+para+se+eleger.html

  16. O governador reeleito de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), arrecadou mais de R$ 38 milhões em sua campanha, de acordo com a prestação de contas entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nessa segunda-feira. A maior parte dos recursos, cerca de R$ 18 milhões, está registrada como doações do diretório estadual do partido.
    Entre as doações de empresas privadas…..
    ….. Entre as empresas que contribuíram para a campanha tucana em Minas, destacam-se as construtoras….

    As empreiteiras e contrutoras que trabalharam na obra do Centro Administrativo também foram responsáveis por doações de valor alto. As três empresas do Consórcio responsável pela construção do lote 1 do Centro contribuíram…..

    Senado

    O senador eleito Aécio Neves teve receita de R$ 11,9 milhões e despesa de R$ 11,9 milhões. Já Itamar Franco teve receitas de R$ 11,5 milhões e despesas de R$ 11,5 milhões.

    link para a matéria: http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2010/11/02/interna_politica,189909/anastasia-arrecada-r-38-milhoes-em-campanha-eleitoral.shtml

    1. Muito obrigado por sua participação e por sua ajuda, Júnior. Os links enviados são de extrema valia. Abraços, amigo. 🙂

      1. é um prazer meu caro, espero poder contribuir de alguma forma.
        se o nosso interesse fosse só o Galo já seria o suficiente para ir fundo nessa história e apurar, mas acima de tudo este é um caso de interesse público, é dinheiro público sendo utilizado e é dever de cidadão apurar como estão gastando os nossos recursos.
        na parte da tarde espero trazer maiores contribuições, estou apurando quem são os sócios dessas empresas, qual a ligação política deles, vamos começar a dar “nomes aos bois”.

  17. Nota do blogueiro:

    Deixo claro a todos os leitores que o post não foi escrito para criticar política partidária. Fossem o governo deste Estado (e os senadores citados) pertencentes ao PT ou outro partido qualquer _ e adotassem a linha de atuação mesquinha como estes do PSDB adotaram _ a reação deste blogueiro seria a mesma.

    Nós não somos massa de manobra de político nenhum, de nenhum partido e de nenhum governo. O nosso partido aqui é o Galo e o defenderemos seja lá contra quem for, sempre ajudados por todos os atleticanos.

    Obrigado.

  18. Valeu…

    Estes bandidos , que ocupam cargos publicos, eleitos por um povo que infelizmente não sabe votar,deveriam amargar uma cadeia.Eles só pensam em tramoias e bandidagem.O Kalil não tem que ceder não.Vamos ver agora, se o galo realmente tem um cabra macho no comando. Não recua Kalil.Manda este projeto mal acabado de governador e este Perrela, fumarem mulambo.

  19. Excelente texto! E diante de tudo isso, massa alvinegra, se o Kalil está sendo ameaçado ou pressionado a levar o Galo pro Mineirão, vamos agir pelo nosso lado com as armas que temos, que é exigindo a CPI do Mineirão. Eles pressionam de lá, nós respondemos de cá. Todavia, não podemos nos esquecer também que temos interesses que ultrapassam as questões puramente futebolísticas. Galo acima de tudo, mas trata-se, inclusive, ou principalmente, de uma questão de cidadania, fiscalizando como estão sendo empregados os recursos públicos, que em última instância, saem do nosso bolso.
    Parabéns Roberto.

  20. Sr. Blogueiro, me esclareça o seguinte:
    3 – Por fim, o Galo joga aonde quiser. Tem estádio, tem torcida e não depende de contratos lesivos ao patrimônio público. O Galo, hoje, NÃO TEM O DIREITO de ser fantoche de nenhum político!

    ELES NÃO CONTAVAM COM O CONTRATO COM A BWA, NO INDEPENDÊNCIA, essa é que é a verdade. Acharam que regras escravagistas seriam impostas ao Galo da mesma forma que foram enfiadas goela abaixo do cruzeiro. E agora apelam para medidas sujas que forcem o Clube Atlético Mineiro a se render.

    Como você me explica a maracutaia do Kalil no independência. Onde a licitação dizia que nenhuma agremiação esportiva poderia participar e ele aproveitou de brechas na lei e firmou o contrato com a BWA?
    Me ajuda aí né amigo.

  21. A quem interessa a não divulgação deste caso na imprensa mineira? Vamos mandar isso para a imprensa paulista e carioca.

  22. Espero que o Galo não jogue no mineirão este ano pra eles aprender a não fazer contrato pra só um time e ainda mais um time que não tem nem torcedor direito absurdo espero que o mineirão tome na cara e esse minas arena perca milhões.

  23. O que seria correto era o governo ter passado o Mineirão para Atlético e Cruzeiro administrarem.Fica claro que esses políticos ladrões estão se beneficiando disso.

  24. Não vejo , como você diz, ninguém obrigando o CAM a jogar no Mineirão . Quem disse isso ? O CAM só joga lá se o Kalil quiser e acertar com o Consórcio Minas Arena . Acho que você está colocando palavras e situações nos olhos dos outros . Essa história é polêmica e controversa , veja bem :
    * O Aécio alguns anos atrás disse que daria o Mineirão para CAM e cruzeiro administrarem
    * Criaram a PPP e todos sabiam no que ia dar
    * Por qual motivo os presidentes, tanto de CAM, como cruzeiro , na e´poca de eleição permitiram aqueles adesivos de apoio ao PSDB ?
    * E aquela história do “reembolso”, pelo CAM ter jogado em Sete Lagoas , enquanto o mineirão estava em obras ?
    * Porque o cruzeiro não acertou então com a BWA, já que foi procurado , como disse o Gilvan , no ano passado ?
    * Isso é um balaio de gato e só espero que aquele 6 x 1 não esteja relacionado com essa tramóia
    * Parece teoria da conspiração, mas se voce juntar os pedaços ….
    * Agora voce dizer que senadores estão querendo obrigar o CAM a jogar lá , vai uma grande diferença

    Sds alvinegras !!!

  25. Acho que nós Atleticanos devemos nos moblizar, e exigir em ato público, uma CPI do Mineirão!!!
    Um absurdo esse acordo entre o Governo de MInas e a Minas Arena, que foi firmado no governo do então governador Aécio Neves com a ciência do fraudulento pseudo senador Z.P.
    Um aviso para ambos!!! Deixem o Galo em paz!!! Se partirem para retaliação contra a nossa instituição, saberão a força do torcedores do Galo nas urnas e nas
    ruas!!!!
    Temos que nos moblizar nas redes sociais, e fazer uma grande manisfestação
    nas ruas e nos jogos do Galo!!!

Os comentários estão desativados.