FUTEBOL, COISA DE RICO

Texto escrito por Marcelo Vargas, caricaturista que atende no twitter @CopoSujoDoGalo. Infelizmente, ele não vai ao clássico.

Colaboração de Tiago Gomes.

avatar-tristeLembra quando a gente ia ao Mineirão? A gente e mais aquele tanto de pé-rapado, sacolejando no balaio pela Antônio Carlos afora? A gente chegava e ficava concentrado do lado de fora, de chinelo, camisa pirata do time, comendo churrasquinho de gato, bebendo cerveja semi-gelada do isopor do ambulante, ouvindo música do som dos carros, falando alto e se acotovelando na multidão? É, o Mineirão já foi desse jeito!

Foi no início da década de 10, do século XXI, que tudo mudou. Fecharam o Mineirão, quebraram tudo lá dentro e reconstruiram, e desde então só quem estiver montado na bufunfa é que pode entrar. Nos dias de hoje, a gente só fica sabendo o que rola do lado de lá dos cercados através da televisão, das revistas e da internet. Só entram ricaços, artistas e convidados. Tipo um Castelo de Caras.

Por causa disso, todos os antigos hábitos tiveram que mudar. Agora que o Mineirão é lugar de rico, de bacana e de magnata, esse negócio de vender tropeiro seria um erro conceitual. Desse tempo em diante, o rango de estádio foi substituido pela Alta Gastronomia. Nada de bares, do tropeiro, do pão com pernil e cebola, cerveja e refri.

Agora o negócio é comida de patrão. Lagosta, escargô, cordeiro à moda dos Alpes, guardanapo de seda, tintos italianos para as senhoritas, whisky do mais puro escocês para os valetes. Agora tem lugar marcado, o mâitre o acompanha até a sua mesa. Volta e meia o garçon pode lhe pedir a atenção: “Seu time acaba de marcar um gol, senhor. Sugiro um Veuve Clicquot para acompanhar”, e o quarteto de violinos toca um trechinho do hino do clube.

Quem optar por assistir ao jogo de seu confortável assento revestido do mais macio couro de cabras albinas da Capadócia, naquele local onde em eras passadas já existiu uma arquibancada, pode contar com o serviço dos vendedores ambulantes.

Devidamente uniformizados com fraques e gravatas borboleta, com seu carregado sotaque britânico e munidos de suas bandejas de prata, eles lhe oferecem água Perrier meticulosamente gelada, um guardanapinho com suas iniciais bordadas para segurar a garrafinha, para o senhor não molhar os dedos, ou um petit gateau para degustar enquanto aprecia o match.

Depois da partida, todos são convidados para o baile que ocorre no lobby central, com direito a valsa, acepipes e canapés, onde os distintos senhores podem puxar o saco do governador, do senador ou dos acionistas majoritários das grandes corporações, e falar mal daquele diretorzinho que só tem três carros. E na hora de ir embora, o manobrista exige apenas a pequena gorjeta de cinquenta reais.

Mas isso tudo que lhe conto agora é só o que eu ouvi falar. Sou do tempo em que o Mineirão era de todo mundo e qualquer um podia frequentá-lo. Agora estão dizendo que o Mineirão evoluiu. E naquela época, me diziam que antigamente é que o futebol era elitizado. Acho que a ideia é justamente essa, um processo de volta às origens. Uma evolução pra trás! Já tiraram os não-ricos da roda. Agora falta chamar goleiro de goalkeeper e proibir a entrada de pretos (a não ser que seja pra trabalhar, claro).

PARA SEGUIR O AUTOR DO ARTIGO NO TWITTER, clique aqui.

clique aqui PARA SEGUIR O COLABORADOR NO TWITTER.

SIGA ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER clicando aqui

Anúncios

7 comentários sobre “FUTEBOL, COISA DE RICO

  1. Boa Noite!
    Esse video está circulando na internet e até agora a justiça não se pronunciou!

    Sinceramente não da pra entender o porque dessa omissão quando se trata da vândalos da torcida cruzeirense?
    E um outro detalhe,Porque os integrantes da Máfia azul, envolvidos na confusão próximo ao Chevrolt Hall não foram se quer citados pela justiça, já que eles foram pivor da confusão. Mas foram chamado pela justiça para serem testesmunhas.
    Se eles foram testemunhas da briga que eles estavam envolvidos, certamente eles fazem parte de uma quadrilha.

  2. Boa tarde!

    OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

    Alô imprensa PODRE e COMPROMETIDA com mundo sujo da bandidagem azul, PRINCIPALMENTE : jornal da alterosa, Alterosa esporte, Itatiaia.

    Sou contra qualquer tipo de violência, mas não da pra ficar calado com as atitudes nojentas e mesquinhas dessa imprensa que protege em demasia a bandidagem travestidos de torcedores do Cruzeiro, ESPECIALMENTE a máfia azul!
    Esses marginais estão sempre aprontando. Cometeram vários assassinatos de torcedores atleticanos, quebram ônibus do galo, ônibus transporte coletivo, Vagões de metrô, veículos, lojas, e até sede e lojas do próprio clube e a imprensa Não faz nada. NÃO cobra da justiça punição para esses vagabundos aos rigores da lei!
    Esses vagabundos bateram numa senhora idosa (mãe do Dudu pitbull) dentro do estádio e ninguém fez nada!
    Sobre a confusão entre galoucura e máfia azul que gerou a morte de um DESORDEIRO que tem sido tratado pela imprensa e justiça como ele se fosse pessoa de bem.
    E que na verdade era só mais um do meio da bandidagem.
    VOCÊS e a justiça só culpam os integrantes da Galoucura e isentam os bandidos da máfia que foram lá num evento da galoucura para brigar, matar ou morrer. Porque isso?
    Porque vcs insiste em dizer que integrantes da galoucura mataram um TORCEDOR do cruzeiro e NÃO um INTEGRANTE da máfia azul?
    Acesse: http://www.youtube.com/watch?v=3P08OkII_dI
    E ontem essa bandidagem do lado azul aprontou novo quebra-quebra ,
    CONFORME AS IMAGENS: http://www.youtube.com/watch?v=cP2saJpfLW8
    saqueou lojas e ninguém preso? E o povo mineiro até agora não entende porque que essa imprensa PROTEGE TANTO A BANDIDAGEM AZUL? ESSA PODRE E COMPROMETIDA imprensa com a bandidagem azul continua fazendo vistas grossas para os crimes praticados por marginais!
    Acompanhamos todos os programas de rádio e TV E NINGUÉM DESSA PODRE IMPRENSA COMPROMETIDA COM MUNDO SUJO DA BANDIDAGEM AZUL DIVULGOU A SELVAGERIA E AS IMAGENS DO QUEBRA-QUEBRA, COM EXCEÇÃO DO PROGRAMA GOLAÇÔ DA BAND-MINAS!!!
    O JORNALS DA ALTEROSA QUE VIVE MONITORANDO E PERSEGUINDO A GALOUCURA, MOSTRANDO IMAGENS E DIVULGANDO INCIDENTES ,NÃO COMENTOU E MOSTROU IMAGENS DABANDIDAGEM AZUL COMETENDO ESSA BARBÁRIE QUE CIRCULA NA INTERNET
    E O PIOR , A JUSTIÇA TAMBÉM ESTÁO MISSA!
    Cadê as câmeras olho vivo?

    Quando se trata de galoucura toda imprensa se mobiliza e cobra da justiça punição imediata. E A JUSTIÇA ATENDE RAPIDAMENTE
    Mas estamos constantemente levando todos os verdadeiros fatos para toda imprensa NACIONAL!!

    Sinceramente não da pra entender o porquê dessa omissão quando se trata dos vândalos da torcida cruzeirense?
    E outro detalhe, Porque os integrantes da Máfia azul, envolvidos na confusão próximo ao Chevrolt Hall não foram se quer citados pela justiça, já que eles foram pivô da confusão. Mas foram chamados pela justiça para serem testemunhas.
    Se eles foram testemunhas da briga que eles estavam envolvidos, certamente eles fazem parte de uma quadrilha.
    Se esse País fosse um país sério, esses vagabundos que estão servindo de testemunhas já seriam condenados lá dentro do Tribunal.
    Porque o juiz, promotor, etc. façam as seguintes perguntas aos vagabundos “testemunhas”:
    O que vcs foram faze lá???
    Porque vcs mudaram o itinerário do Rio de Janeiro para esse local de evento da torcida adversária?

    ESSES DEPRAVADOS MANCHAM O NOSSO ESTADO E PROFISSIONAIS DE CARÁTER DE TODOS OS SEGMENTOS

  3. ‘Então vamos vender ingressos a 5 reais, vender patrocínio barato para qualquer banco. Assim, todo mundo entra no estádio para ver um time amador e fiquemos mais 40 anos sem ganhar nada….’
    Nêgo reclama de tudo, impressionante! O time cresceu, a demanda ficou forte e o preço sobe. É assim que funciona no mundo capitalista. Se quiser mudar para Cuba e assistir futebol de havaianas, lá deve rolar… Ou então ir ver jogo do Tupi, em JF. Desculpe-me se tenho dinheiro para comprar e, agora, tenho vontade de ir ao estádio.

  4. Roberto, curto muito seu blog e acesso semanalmente.
    Mas nos últimos posts o pessoal está colocando muitos pontos políticos, administrativos, financeiros, e nada de futebol! Essas questões são sim muito importantes, e os artigos servem até pra esclarecer algumas coisas que nós não ficamos sabendo através da televisão e do rádio.
    Mas cadê as resenhas e os comentários do time, do futebol, dos jogadores, das atuações? Sinto falta da resenha depois de cada jogo!

    Aproveitando para cornetar, queria deixar minha indignação com o Cuca e o esquema que ele vem usando nos jogos. Marcos Rocha, seu protegido é muito ruim, nao marca ninguem e continua correndo pra todos os lados do campo. Atrapalhando o posicionamento dos outros jogadores e deixando o seu setor desprotegido. Já temos craques no time. E Marcos Rocha está longe de ser um deles!
    Nosso atacante Jô precisa de 10 oportunidades pra fazer um gol!
    Nosso meio campo tem o melhor meia da América, e o destaque do último ano e mesmo assim insiste em chutões pra frente e bolas rifadas.
    Qualquer técnico faria um trabalho melhor que Cuca!!! FORA CUCA!

    Abraços Roberto e Massa!

    1. Vc tem razão, amigo. Pouco a pouco vamos botando o blog nos eixos novamente. E os jogos serão comentados sim. Obrigado. Abraços. 🙂

  5. Boa noite
    Cadê a diretoria do clube que está assistindo parte da imprensa fazendo pressão para o tribunal punir o Leo silva que deu um soco no assassino anselmo ramon?
    CadÊ A TV GALO ? ELA NÃO FILMOU A ENTRADA COVARDE DO ASSASSINO ANSELMO RAMON NO RÉVER ? E ASPROVOCAÇÕESDESSE ASASSINO COM OS NOSSOS JOGADORES?
    ACESSEM E ESPALHO ESSA ENTRAD CRIMINOSA DO PAULÃO CAVEIRÃO NUM JOGADOR DO AMÉRICA-TO

Os comentários estão desativados.