Arquivo da tag: classificação

ATLÉTICO 3 X 2 SANTOS. POR POUCO NÃO NOS CLASSIFICAMOS NO MINEIRÃO.

O Galo venceu o melhor time do Brasil.

Essa equipe do Santos ainda vai dar o que falar neste ano.

Mas o Galo também vai dar o que falar. Escrevam e me cobrem depois.

Ganhando ou perdendo em Santos na segunda partida, eu estarei satisfeito. É bom demais ver o Galo defender esse escudo sagrado com honra e com dignidade.

Foi um jogaço. Coisa de enviar corações fracos para o Incor. Pau que dava em Francisco por aqui, dava também em Chico por ali.

O Santos parecia dominar o jogo, mas quem oferecia perigo de verdade era o Galo. Aliás, o Atlético está se especializando nisso. Parece subjugado e de repente, parte pra cima de uma forma rápida e incisiva. Foi o time que mais criou chances de gols no primeiro tempo.

Na minha opinião, o Galo fez uma partida muito boa. Tivemos menor posse de bola, mas temos de reconhecer que o Santos tem como característica principal ter o domínio da bola, embora o seu predomínio tenha sido mais no meio, na troca de passes.

Eles ensebam a bola. Bola pra cá, bola pra lá, toques aqui, toques acolá, o time paulista é enjoado até não mais poder.

Mas o Galo jogou muito. A pegada do time foi excepcional no meio e na defesa, com estocadas rápidas para o ataque.

Foi assim que fizemos 3 gols. Pegando a defesa do Santos meio dormindo, meio cochilando.

E novamente perdemos gols, mas não tantos quanto nos últimos jogos.

O Luxemburgo está de parabéns. Armou o time na exata medida de se enfrentar a molecada do Santos.

Só acho que, no momento em que decidiu colocar Renan Oliveira no lugar do Fabiano, nós passamos a jogar com 10. E aí levamos o segundo.

Sei que vou ser acusado pelos renanoliveiristas, que parecem torcer mais por ele do que pro Galo, mas não posso, por uma questão de consciência, deixar de falar o seguinte: o cara não tem a mínima condição de jogar no Atlético!

Ele entrou como se fosse atuar em uma partida entre amigos num clube de veraneio. Enquanto seus companheiros comiam grama, ele passeou em campo. Só faltou fazer pose para fotos.

Muitos podem achar que persigo o cara, que vivo cornetando o sujeito, mas eu não suporto sangue de barata no meio de muita raça e muita luta. Renan Oliveira é o maior chupa-sangue que eu vi nos últimos tempos. É pior que o chupa-cabra de Varginha!

Uma substituição é feita para incendiar o time e enriquecer a dinâmica de jogo.

Mas quando se coloca Renan Oliveira para jogar, é como jogar um balde de gelo na equipe. Depois que ele entrou, nós perdemos o meio de campo completamente.

A partir daí, além de levarmos o segundo gol, quase sofremos o empate. Porque Renan Oliveira é um amador de fins de semana, disposto a se divertir sem compromissos com o resultado.

Vocês, que o defendem de forma insana, são capazes de me citarem uma só  jogada em que ele fez a diferença? Apontem uma só e eu juro que passarei a defendê-lo em todos os post’s futuros!!!

A meu ver, foi o único erro de Luxemburgo. No mais, foi perfeito.

A equipe se portou como o Clube Atlético Mineiro deve se portar diante de sua torcida. Tocou a bola, lançou, deu combate no meio e até no ataque, foi bem por cima e por baixo. Teve lá seus problemas, mas foi se superando na base da raça e da extrema vontade de vencer.

Eu destaco 4 jogadores que fizeram uma excelente partida, embora todos os outros (menos R. Oliveira) tenham jogado bem:

Aranha: Está se tornando, a cada dia que passa, o Aranha da Ponte Preta.

Zé Luis: Muitos duvidavam de seu futebol. Mas ele está jogando uma barbaridade!

Tardelli: Além de 3 gols maravilhosos, ainda ajudou a combater nas laterais. Estava com tanta fome de bola, que se deixassem, ele ajudaria o Aranha debaixo das traves.

Junior: O bom velhinho está com todos os neurônios em ordem, correndo muito e dando aqueles passes que parecem feitos com a mão.

E a torcida do Galo? Que espetáculo. Assisti o jogo arrepiado com o time dentro de campo e a torcida fora dele. Os cânticos alvinegros embalaram a equipe. Posso dizer que a torcida mais fanática do mundo abraçou o time e respirou o mesmo oxigênio, numa sintonia emocionante.

Enfim, temos todas as chances de nos classificarmos em plena Vila Belmiro.

O segundo gol do Santos complicou um pouco a nossa vida, mas vamos nos classificar assim mesmo. Por pouco não encerrávamos a partida com 2 gols de diferença e aí seria duro para o Peixe buscar.

E o melhor:  Nós que, até então, não tínhamos parâmetro para medir a quantas andávamos em termos de equipe, podemos dizer agora:

_ O Galo está em um nível acima da grande maioria dos times brasileiros. Vai dar um trabalho-monstro no campeonato brasileiro.

E vamos partir para as cabeças. Hoje podemos dizer, com o peito inflado, que o Atlético já é, de novo, o Galo Forte Vingador que todos nós conhecemos!

FINALMENTE!!!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE ->-> @robertoclfilho

Anúncios