Arquivo da tag: Marquinhos

AVAI 1 X 3 ATLÉTICO, PARA CONSOLIDAR A LIDERANÇA.

Quando os atacantes não fazem, as torres gêmeas vão lá e metem pra dentro.

Foi isso que aconteceu hoje.

Os zagueiros do Galo, não satisfeitos em defender a meta alvinegra, foram na área do Avaí e sacramentaram o placar de 3 a 1 a favor do Atlético.

Dentro de Florianópolis. Dentro do campo inimigo.

Uma vitória sem contestação.

Errou muitos passes? ok, errou. Levou o primeiro gol depois de uma blitz contra o Avaí? Levou.

E daí? O gol do Avaí só serviu para iludir os catarinenses, pois o comando da partida nunca, em nenhum momento, escapou dos pés atleticanos.

Perdendo ou ganhando, o Galo sempre deu as cartas. Em nenhum instante do jogo, deixou de atuar com zap e sete de copas escondidos na manga.

O Galo vem se destacando por um jogo extremamente sério e solidário.

Não tem firula, os atacantes voltam para marcar, os toques são de primeira sem privilegiar individualidades e a equipe tenta ser o mais aguda possível.

Não há críticas para a vitória sobre o Avaí, a não ser os excessos de passes errados.

Mas entendo que um time, quando é instruído a tocar de primeira, os passes equivocados tendem mesmo a crescer.

Você, que nunca jogou uma partida profissional, tente jogar de primeira numa pelada! Você vai entender o que estou querendo dizer.

Os dois times marcaram no campo adversário. Por causa da maior qualidade técnica, o Galo conseguiu se sair melhor na distribuição de bola partindo da defesa.

O Avaí nem tanto.

Mas o que sacramentou a vitória do Galo hoje foi a compactação do meio de campo, que não deu espaços ao time catarinense.

Tanto na defesa azulina, quanto no meio, o Avaí sofreu para armar jogadas. Sempre haviam dois ou três alvinegros a disputar cada bola dividida.

Isso é treinamento. Isso é metodologia de trabalho!

Não estou dizendo com isso que o time é o melhor do Brasil. Nem um dos melhores.

Mas quero dizer que faz tempo que não vemos uma equipe do Galo tão ajustada e afinada. E com jogadas ensaiadas! E com treinos de bolas paradas!

E isso não quer dizer que o time não precisa de reforços. Precisa muito!

Mas não posso negar que o conjunto atual tem enchido os olhos da torcida com passes de primeira, lançamentos rápidos, triangulações, 1-2 e uma recuperação fantástica de sua formação defensiva.

Enfim, gostei do jogo e principalmente da vitória, que certamente nos alçará à liderança do campeonato brasileiro neste momento.

Os destaques positivos são:

Réver, que marcou o segundo gol e nos livrou do sufoco. O capitão está a cada dia melhor. Disparou um festival de lençóis na zaga e sobretudo, foi cirúrgico nos desarmes durante toda a partida. Nota 9.

Leonardo Silva falhou, junto com Leandro, no primeiro e único gol do Avaí. Porém, no decorrer do jogo, soube se recuperar com sobras. Marcou o gol de empate e deu números finais à vitória atleticana em pleno Estádio da Ressacada. Dois gols de um zagueiro num mesmo jogo? O cara foi um monstro! Nota 9.

Richarlyson talvez tenha feito a melhor partida pelo Atlético. Esteve em todos os setores de campo, não errou passes e foi incisivo em direção ao gol. O cara está começando a tomar gosto pelas cores alvinegras. Nota 8.

O início está sendo muito bom.

Por causa da excelência de treinamento, não duvido que permaneça assim.

Alguém me viu dizer isso nos tempos do moleque?

Pois digo agora: Tanto defesa quanto meio e ataque estão recebendo tratamentos específicos.

E o Galo, além disso, e por conta disso, tem obtido uma vantagem que poucos notaram: VOLUME DE JOGO!

Foi uma vitória maiúscula.

Que seja consistente e estável!

Aguardo o seu comentário, caro amigo do L&N.

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios