Arquivo da tag: Neymar

ATLÉTICO 2 X 2 SANTOS. UM EMPATE CATASTRÓFICO!

No momento em que mais necessitamos somar pontos, de 9 obtivemos somente 2 nas últimas 3 partidas.

Está difícil demais a jornada.

O time patina, patina e não sai do lugar. É como se tivesse despencado para dentro de um poço profundo de areia movediça.

Eu nem posso dizer que o time jogou mal ontem. Não, seria injustiça.

Tampouco posso concluir que faltou empenho, pois não faltou.

O que falta à equipe do Galo é atitude de time vencedor!

Para alguns jogadores falta técnica, para outros preparo físico, mas nota-se que todos se esforçam em busca do resultado.

Contudo, aquela alma vencedora que atropela e machuca o adversário, passou longe da Cidade do Galo.

Pois não basta dominar o jogo e nem ter maior posse de bola, como ontem.

O objetivo do futebol é botar a bola para dentro das redes sem tremer e não ficar ciscando e trocando passes estéreis.

Ainda mais quando se sabe que a qualquer momento podemos tomar um gol bobo, assim como se morre um passarinho. Basta um sopro de nada!

O nosso sistema defensivo é de uma fragilidade absurdamente inacreditável!

Qualquer ataque do oponente, por mais desorganizado que seja, nos deixa desarvorados e batendo cabeças.

E ontem à noite, por mal dos pecados, Renan Ribeiro, o goleiro que vinha se constituindo na tecla “delete” dos erros da retaguarda alvinegra, também teve o seu dia de Fábio Costa.

Porém, o garoto tem um crédito enorme. Tomara que aprenda com a falha bisonha que cometeu. Aquela bola nem precisava ser socada, bastava encaixar e sair jogando com o lateral. Mais nada.

Cá entre nós _ e que ninguém nos ouça _ é difícil acreditar em sucesso quando se tem de recorrer a Ricardo Bueno para vencer um jogo.

É bizarro e assustador, além de escancarar as nossas limitações!

Afinal, Neto Berola, com uma perna amarrada, joga muito mais do que o pseudo-centroavante. Ricardo Bueno é digno de risos sarcásticos… ou de choro e ranger de dentes.

Enfim, o que está feito está feito. Resta-nos orar, como eu disse na última crônica e pelo jeito, serei obrigado a continuar repetindo até o fim do campeonato.

Os destaques positivos de ontem foram Réver (como sempre), Serginho e Tardelli.

Tardelli, em especial, finalmente resolveu incorporar o espírito guerreiro de 2009. Além de produzir muito para a equipe, se doou em campo. Espero que não se resuma a somente uma partida.

Os destaques negativos foram RAFAEL CRUZ (a sua ruindade chega a doer na gente), Leandro, RICARDO BUENO (cruzes!), Diego Souza e Obina (apesar do gol).

Agora vamos torcer para que os outros ameaçados percam no dia de hoje.

A que ponto chegamos!

PARA SEGUIR ESTE BLOGUEIRO NO TWITTER, CLIQUE >>> robertoclfilho

Anúncios